Trepando com porteiro enquanto o marido estava no futebol

Sou Raquel, 41 anos, casada a 5, moreninha clara, petinhos grandes, bundinha média e com o cuzinho igual casa de mãe, sempre cabe mais um. Liberada pelo maridinho para procurar outros pirócas para nos satisfazer, e cada vez mais viciada em sexo. Já fazia 2 meses que tinha chupada a pica do porteiro, mas outra oportunidade ainda não tinha acontecido para trepar com ele. No inicio ele insinuava alguma coisa, mas com o tempo foi deixando de lado. Acho que esta com medo de perder o emprego. Neste dia o marido tinha combinado um futebol com os amigos, então se vestiu e lá pelas 20:30 ele saiu. Eu nem disse nada, mas desci com ele até a portaria, já que ele iria de carona, pois costumam beber e ele não dirige quando bebe. Eu estava louco para saber se era o dia do porteiro safado. Quando desci logo vi ele na portaria. Meu marido de um paradinha e eu olhei para ele com uma cara de safada. Ele logo entendeu o que eu queria e foi me ajudando.
Mor: – Tchau mor, não precisa me esperar para jantar não, vou chegar por volta de meia noite.
Eu: – Ta bom mor, vai se divertir, vai.
O porteiro, safado puchou conversa: – O patrão gosta de futebol?
Mor: – A gente se diverte.
Puxaram converta sobre futebol e eu ali do lado olhando para o porteiro com aquela cara de safada que quer dar a buceta. Dali a pouco a carona do mor chegou e ele se foi. Me cheguei na porta da guarita que estava aberta, abaxei o calçãozinho que vestia e mostrando a bucetinha.
Eu: – Ela esta com saldades, não quer matar a saldade dela no final do espediente, como vc viu o corninho volta muito tarde.
Roberto (nome do porteiro) : A senhora não presta mesmo
Eu: Como vc sabe se presto ou não, nem esperimentou.
Roberto: – Vai lá, vai tomar banho pro seu comedor vi, quero sua buceta cheirosa.
Eu: – E vai estar… pode deiar, mas não esquece que vou quer ess piroca gostosa no meu cú;
Ele riu, olhei pros lados e pedi para ele se aproximar, pois onde ele estava a camera pegava. Coloquei a mão por cima da calça e senti a pica já duro: – Hum, delicia. Vou te esperar vestida de puta, tá.
Subi, tomei um banho gostoso, mas não antes avisar o corninho pelo watsapp que o chifre iria crescer mais um pouquinho. Safado nem recebeu, devia estar jogando. Aproveitei o banho para arrombar o cuzinho com um dos meus consolos, assim a pica do porteiro entraria mais forte. Não sei se vcs sabem, mas dentro do banheiro meu corninho instalou uma camera escondia para filmar os banhos e é claro, deixei filmando eu enfiando o consolo no cu e gritando na camera que ele o porteiro iria almentar a sua galhada.
Não deu 10:03 o porteiro subiu e toca a campanhia, eu já vestida para matar, arrastão vermelho no corp todo, saldo alto, batõm vermelho sangue, maquiagem carregada, como puta mesmo. Olhei pelo olho magico e vi que estava sózinho e abri a porta inteira, me mostrando completamente nua, ali no hall. Dei uma voltinha mostrando o corpo todo.
Eu: – Gostou.
Roberto: – Amei.
Puxei ele para detro da casa e tranquei a porta. Joguei ele no sofá e me joguei por cima, toda no ciu, esfregando os peitos na sua cara.
Eu: – Chupa, chupa seu safado, chupa a sua puta, chupa. – Adooooro ser chupada nos seios.
Sentada no seu colo senti a piroca crescer. Ele louco para fuzer foi abaiando as calças e queria enfiar ali mesmo. Eu disse não, não, precisa emcapar a danada da piroca. Sou puta, não burra.
O danado encapado e o porteiro já todo pelado, sentei na piroca ali no meio da sala, e é claro as cameras todas filmando. Cavalgava feito puta e gemia gostosoo.
Eu: – Fode, fode gostoso, fode. Arregaça a buceta da sua patroinha, arregaça. Aiiiii aiiiii aiiiii, que pica gostosa. Fode safado, fode.
Roberto: Quero seu cú sua safada.
Eu: – Hummm, assim que se faz, macho tem que ter pegada.
Me coloquei de quatro no meio da sala, sob o tapete e ele veio com a pica no meu rabo. Como estava alargado entrou facinho.
Roberto: – Cararalho, que rabo largo, quantos já entravarm aqui.
Eu: – Muitos, que até já perdi a conta.
Roberto: – Safada mesmo, enteu sente até o talo.
O safado com bombava feito loco no meu rabo que até sentia as bolas batendo na minha bund. Mas como sou viciada em dar o cú esta amando.
Eu: – Soca no meu cú, soca, soca forte macho safado, soooocaaa…. caraaaalhoooo, que goooooostoooooossoooooooooo, e gosei com a piroca enfiada no cú (ultimamente gozo toda vez que sou emrabada)
Pedi para ela gozar nos meios peitos, e para isso fiz um belo boquete, e eu como uma boa putinha de corno, me virei para onde eu sabia que estava a camera escondida e declarei em voz alta: – Adoro porra de macho nos peitos…
Roberto: – Vc é muito safada mesmo.
Eu: – safada não, puta mesmo
Sentamos no sofá e ainda era 11:00, coloquei na TV num canal porto que assinamos. E passava um filme de gang bang.
Roberto: – Já fez com ais de um.
Eu, rindo: – Gang, já fiz com 8, já rua já trepei com 10 desconhecidos.
Roberto: – Caralho, a senhora gosta mesmo de um pau.
Eu: – Senhora não, aqu vc pode me chamar de putinha.
Roberto, rindo: – A putinha então gosta de um pau.
Eu: – Amoooooo. Bem duro no meu cú.
Não passou muito e a pirca do Roberto cresceu novamente. Cai de boca e enquanto ele assistia ao filme porno eu me deliciava com sua pica.
Roberto: – Se a senhora quiser podemos marcar com uns amgios meus, tudo gente boa.
Eu, me levando: – Opa, vou querer sim, quantos?
Roberto: – Sei lá, uns 5
Eu: – Cinco é pouco, se conseguir 10 a gente faz um gang-bang, Kkkk.
Roberto: Tá, assim que conseguir eu aviso putinha.
Não sei se era só garganta, mas fiquei só imaginado essa suruba. Mas voltndo a conta, é claro quenão desperdissei aquela pica dura ao lado e fui ele me comeu denovo ali na sala, e pedi novamente no vcú e novamente gozei gostoso juntinho com ele, que até sentia a porra gente invadinho a camisinha.
Pedi para ele escrever de batom no meu rabo, Putona, roberto já comeu aqui. Com uma setinha par o meu rabo. Já era quase meio noite quando ele se foi, foi para cama e domi ali mesmo, com o rabo para cima para o maridinho ver quando chegasse. Acordei com um jato de porra na minha bunda. Era o maridnho, exausto do futebol punhetando sobre a mensagem do comedor.
O safado ainda fodeu meu cú naquela noite, assistindo as filmagens das cameras escondidas. Safadinho!!!

LibidGel

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.