O primeiro sexo a três nós nunca esquecemos

Amigos e amigas, hoje ocnto outra passagem real e deliciosa da minha vida sexual, tudo começou quando resolvi me casar, mas antes disso conheci Nadja pela internet, uma mulher na época com seus 44 anos e uma gordeliciosa, mulher para ninguém botar defeito, mulher com M mesmo, trocavamos idéia todos os dias pela internet que na época ainda era discada, ela em Salto e eu em São Paulo capital, eu saia de uma fase dificil de namoro com Swellen, uma garota que cometi o erro de me entregar de corpo e alma numa relação e até prometer casamento eu prometi à ela, Swellen vem em outro caso, este em particular é só sobre Nadja que acabou se tornando minha primeira esposa e parceira de confidências e realização de fantasias, hoje já não somos casados, mas sempre que sobra um tempo nos encontramos e transamos.


Bem, um belo dia ocnversando com Nadja resolvi que era hora de conhecê-la e combinamos o dia em que nos encontrariamos, era um feriado e estava muito calor, detalhe eu iria até Salto para vê-la e passar o dia com ela,já estavamos muito apaixonados um pelo outro, Nadja era 18 anos mais velha que eu, mas isso me excitava muito.
Bem chegando na rodoviária eu estava a sua espera, foi quando ela chegou toda bela com uma camisa azul, cabelo loiro bem cortado curtinho, calça branca colada ao corpo com seus quadris largos e seios volumosos sem contar suas coxas grossas e muito grossas, quando nos vimos a reação foi de nos abraçarmos e ela tomou a iniciativa de me beijar que logo respondi.
Fomos para sua casa em seu carro, ela é uma bela Carioca que veio morar em Salto, divorciada e com uma filha aborrecente na época que fora viajar para ver o pai dela no RJ.
Então chegamnos em sua casa e como estava muito calor pedi um copo de água e ela me disse que poderia ficar à vontade, eu então tirei o sapato e sentei no sofá logo ela me trouxe a água e ficamos no sofá da sala conversando e admirando aquela maravilha com carnes bem distribuidas que deixava louco, tomei toda água e agrdeci, ela foi logo levando o copo para cozinmha e não pude deixar de repara em seu belo e enorme raboque chegava quase a ser desproporcional para os seus 1,63m., mas isso me deixou excitado e já pensando no que fazer com ela, pois estavamos ás sós em casa, pois bem logo começamos a nos olhar mais profundamente e sem demora meu pau já estava duro e comecei a beijá-la que logo gemia e pegava no meu pau com força e quando ela sentiu e viu o volume nas calças logo disse:
– Nossa, mas o que é isso? será que aguento tudo?
Eu respondi:
– Relaxa amor, que tudo dará certo.
E ela dizia:
– Eu nunca tive um namorado bem-dotado.
E me beijava loucamente.
Logo ela abriu meu ziper e eu fiquei de pé e ela com pressa foi baixando minha calça com rapidez e vontade libertando meu pau, quando ela olhou, sorriu, respirou fundo e vi seus olhos brilharem, meu pau tava melado e pingava, ela foi logo caindo de boca e gemendo, fazia massagens no meu saco e gemia me chupando com meu pau batendo na sua campainha, ela dizia:
– Que rola gostosa e grossa quero logo ela dentro demim.
Eu respondi:
– Não sem antes provar teu gosto gata.
Ela ficou de pé e foi logo se despindo, que visão!
Tirou toda roupa e eu fiquei louco, não queria perder tempo cai de boca em seus seios rosados, mas eu chupava igual um bezerro louco de fome e ela gemia alto, eu mapertava e apalpava seu corpo inteiro e ela gemia, nus mesmo corremos parao quarto onde ela se deitou na cama e cai de boca em sua buceta carnuda ela estava tão encharcada que parecia que havia se urinado, que delicia, ela logo gozou na minha lingua, então me puxou para ela com as pernas abertas segurnado meu pau e mirando na entrada da sua buceta, não deu tempo de por camisinha, o pau deslizou igual manteiga para dentro batendo logo no fundo e ela gritou de dor.
só queo tesão era maior e ela dizia:
– Não pára seu puto!
E mordia minha orelha e pescoço,logo ela gozou e eu também, acabei gozando dentro, depois de tudo ficamos na cama deitados, onde logo me reanimei e fui para cima, ela logo disse:
– Não amor, me deixa tomar um banho.
Quand voltou foi logo me chupando e transamos à tarde inteira, depois disso ficamos conversando sobre tudo e então ela me confidenciou que nunca na vida havia tido um namorado bem-dotado e que a fantasia dela tinha se realizado, pois o pau do ex-marido dela era muito pequeno media cerca de 10cm e ela nunca se satisfazia tinha smepre que se masturbar escondida e que não sabia como havia engravidado de um pau minusculo daquele.
Continuamos a trocar idéias foi quando surgiram vários assuntos sobre sexo e revelamos nossas experiências sexuais inclusive incestuosas tanto eu como ela, passei uma semana com ela pois eu estava de férias transavamos todos os dia até que resolvi inaugurar seu cuzinho, ela me garantiu que era virgem no cu e que nunca deu o rabo, hoje em dia é viciada em me dar o cu.
foi quando ela me contou de Mirian, sua cunhada adultera e revelei a vontade de transar com ela e mais uma pessoa.
Ela disse que podia realizar, mas o que o destino nos revelou é que mais tarde eu já familiarizado e morando já com ela em Salto eu ela e sua cunhada transamos os três e foi muito bom, um dia Mirian precisava ver seus e-mails e foi em casa, estavamos somente eu e Nadja e nada foi combinado, mas mirian também me deixava excitado pois tinha um rabo enorme e quando ela foi para o nosso quarto onde ficavao PC eu fui para sala com Nadja para deixar mirian mais à vontade, o que ocorreu é que Nadja começou ocm tesão e eu também, e fomos nos tocando na sala e então Nadja tira meu pau para fora e mesmo deita em meu colo começou a me chupar e chupar forte fazendo barulho, eu havia perdido o ocntrole de tudo e deixei acontecer, foi quando Mirian apareceu na sala de surpresa para perguntar algo que não me lembro e viu a cena e sorriu, Nadja disse:
– Vem cá olha isso.
Mirina ficou Maravilhada e eu sem vergonha alguma disse:
– vem cá.
Mirian veio, se ajoelhou, pegou meu pau punhetou e começou a chupar com vontade e força e eu sem acreditar no lucro fiu deixando, elas se revezavam entre elas, foi quando Mirian começou a tirar sua roupa e Nadja também, eu sentdo só apreciando aquilo foi quando fomos para o quarto os três nus , deitei na cama enquanto Mirian sentava na minha cara e eu achupava e Nadja me chupava,n ão pensava em mais nada só em comê- las Mirina logo gozou na minha boca e Nadja sentava sem dó no meu pau, daí trocaram e nem pensei em camisinha, Mirian foi sentando lentamente em meu pau enqunto Nadja chupava meu pau e dava tapas na bundona grande de mirian, que delicia foder dua bundudas, foi quando Mirian gozou então a pus de quatro e fui colocando lentamente em sua bucetinha quente logo fiz o vai e vem e miran não parava de gozer, ficou louca quando atolei meu polegar em seu cu e Nadja ficaval ouca ao ver ees cena e dizia:
– Faz comigo o que vc tá fazendo com ela.
Então Nadja ficou de quatro e a penetrei e Mirian chupando meus peitos e mordia meus ombros, naquele momento os três estavam louco de desejo um pelo outro, logo Nadja gozou e então eu conseguindo ter calma e controle fui tirando o pau todo molhado da buceta de Nadja e posicionando no cu dela que não ofereceu resistência e foi me alojando dentro que visão linda e Mirian veio por baixo me chupando o saco, depois ela tirou meu pau do cu de Nadja que nessa hora estava em transe e chupou meu pau, minha reação foi dizer:
– Chupa mesmo vadia, sente o gosto do cua da tua chunhada, logo é você assim também!
Miriam gemia e brincava colocava meu pau no rabo de Nadja que estava em transe de tanto que gozava pelo cu e chupava meu pau e eu aproveitava para ver o arrombo no rabo de Nadja, foi quando sai de Nadja e coloquei Mirian de quatro lambi muito seu rabão e fui entranod lentamente e segurando Mirian forte pela cintura posi queira fugir, quando entrei todo, fiquei quieto um tempo dentro dela enquanto Nadja me beijava, foi quando Mirian rebolou no meu pau para mim foi o sinal de tudo ok.
Então comecei o vai e vem bem devagar, foi quando Nadja entrou por baixo chupando e lambendo meu saco e com outra mão masturbava a peuquena xana de Mirian que estava encharcada, vermelha e inchada e Mirian não parava de gozar pelo cu, era uma sensação emciam da outra foi quando Nadja tirou meu pau do rabo de Mirian e chupava dizendo:
– Suco de cu.
E voltava a colocar no rabo de Mirian que já para eu gozar, então foi quando eu tirei o pau para fora, as duas deitaram na cama e eu fiquei em pé me masturbando e gozei fartamente fazendo chover porra nas duas.
Que visão!
E desse dia em diante quando há oportunidade transamos os três juntos também.
A história não pára por ai, abraços.

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.