No ano novo só tomei no cuzinho

Olá, voltei aqui depois do meu primeiro relato porque senti a necessidade de relatar sobre meu ano novo, tenho 43 anos, loira, divorciada, peitos medios, corpo malhado, bunda grande, gosto de ser tratada como puta, ser usada e humilhada, faço de tudo pra satisfazer um macho e esse fim de ano não foi diferente, fui feita de putinha novamente, dessa vez um homem bem charmoso de um pouco mais de 30 anos, alto e forte, uma pessoa bem legal, nos conhecemos a alguns meses mais até então estava me fazendo de dificil, ele tem um jeito bem másculo então quis ficar provocando só para aumentar o desejo é ver no que ia dar, a gente nunca passou de uns beijos rápidos, sempre impedia de rolar algo mais. Faz algumas semanas que estávamos falando sobre o ano novo, ele disse que não iria fazer nada, eu já nem me importo com ano novo, então convidei ele para passar o ano novo no meu apartamento. Acredito eu que dessa vez ele sabia que iria rolar. Estava vestindo uma camisa regata branca (sem sutiã haha) é um shortinho jeans. Ele chegou umas 21:00h, trouxe bebidas, estava muito charmoso e cheiroso, bebemos, comemos e conversamos muito, pois além de ser muito bonito ainda é um cara super divertido é claro nos beijamos mais ainda estava evitando qualquer coisa além disso. Teve um momento que fiquei um pouco exitada e meus mamilos ficou marcando na camisa, ele ficou passando a mão por cima da calca toda vez que me olhava pro meus peitos. Acho que era umas 23:30, nós estávamos um pouco alterado, eu já queria dar pra ele, estávamos no sofá é só rolava umas passada de mão e beijos, eu queria ver ele perdendo a paciência e vir pra cima, então pra provocar mais quebrei o clima e disse que iria pegar mais bebida na geladeira, fui pra cozinha e abri a geladeira, a bebida estava bem embaixo então tive que me curvar pra alcançar, mal sabia eu que ele tinha me seguido na cozinha e aproveitou que estava de costas e curvada pra chegar pro trás sarrando o pau duro na minha bunda, estremeci na hora, fechei a geladeira e começamos a nos beijar, já estavamos tirando nossa roupa e dirigindo pro meu quarto, empurrei ele na minha cama ajoelhei no meio de suas pernas e tirei a cueca e logo saltou o pau dele duro e babando, fiz um boquete bem molhadinho, chupei da base a cabeça, chupei tanto as bolas que ficaram pingando, eu como uma boa vagabunda peguei suas duas mãos e coloquei na minha cabeça, queria que ele controlasse minha cabeça e acho que ele entendeu, forcou minha cabeça até engolir tudo, cheguei a engasgar várias vezes, quando terminou estava com a cara toda suja, então eu disse que todos esses meses eu estava querendo provoca-lo e por ter aguentado todo esses meses de provocação eu iria dar só o cuzinho, afinal de contas esse merecia eu praticamente torturei ele por uns 4 meses fazendo doce e ele sempre sendo muito cavalheiro kkk, quando eu disse isso ele já me pegou e jogou na cama de frango assado e colocou no meu cu sem dó (ainda bem que tinha babado muito na rola dele) no começo doeu um pouco mais era tanto tesão que aquilo nao era nada, metia com uma força como se não visse uma mulher a anos, ele não diminuía o ritmo, pegava com as duas mãos no meus peitos e apertava, doía mas era tanto tesão que só me fazia gritar igual uma puta, só pra provocar mais fiquei apertando o cuzinho e ele urrava de tesão quando fazia isso e apertava mais meus peitos nos dois gritavamos de tesao. Trocamos de posição, ele queria comer meu cu de ladinho, agora ele metia devagar e mordia meu pescoço, eu sorria de tanto tesão sentindo sua mão passando no meu corpo inteiro e me masturbando. Ele tirou do meu cu e deu uma cuspida e logo após me botou de quatro, fiquei segurando na cabeceira da cama e começou a meter de novo com força e num ritmo tão intenso quanto na primeira posicao, aquilo estava tão descomunal que a cabeceira batia na parede fazendo muito barulho, os fogos tinham comecado lá fora, é 2017 e eu estava dando o cu gritando como uma cadela, a cama fazia mas barulho que os fogos, lembro que os fogos já tinham acabo e ainda estávamos naquela posição, minha sorte é que no prédio não estava quase ninguém pois foram viajar porque gritei muito e na hora que gozamos foram os dois urrando de tesão, estávamos os dois suados meu cu transbordava leite e sujava toda a roupa da cama, depois de um tempo voltei a dar pra ele, sentei com cu na rola dele até gozar, saia porra com sangue do meu cu mais nem liguei pois estava exausta. Acordamos hoje de manhã, tomamos banho dei uma chupada antes dele ir embora e combinamos de manter contato. Conclusão disso tudo: Tenho que trocar e lavar roupa de cama, estou andando toda torta e assada e esperar que ninguém tenha escutado o escandalo kkk. Espero que seu ano novo tenha sido tão bom quanto o meu.

Desculpa por qualquer erro e falta de detalhes, estou escrevendo pelo celular e tbm queria que fosse algo rápido pq como disse queria relatar essa foda pra alguem. Vou deixar também uma fotinha minha 😀