Metendo com o surfista dotado

Vemos a bela paisagem, composta de aguas cristalinas e belos coqueiros que dividem espaço com um pequeno quiosque e algumas casas de madeira. Alguns pescadores com seus Caicos, jogam suas redes ao mar a fim de pegarem peixes, puxando logo em seguida, onde atrai a atenção de vários banhistas e surfistas do local.

LibidGel

LUTERO – Vamos homens, me ajudem, rápido, temos que retirar essa rede antes que a maré suba.

Os demais pescadores, junto a Lutero puxam a rede mas os peixes se deva tem bastante tornando difícil a pesca, Jonas, um belo surfista se aproxima e ajuda os pescadores a tirarem a rede.

LUTERO – Moço, vá ate aquele casebre e peça a minha filha para que traga os caixotes para armazenamos os peixes.

Sexshop

JONAS – Pode deixar, senhor!

Jonas sai correndo do local em direção ao casebre, varias banhistas o olham com desejo.

CENA 2. CASEBRE DE LUTERO. INT. DIA

Jonas bate palma e ninguém sai, ate que ele resolve entrar afim de encontrar alguem. Ele anda pelos cômodos ate que ao chegar no quintal ele fica adimirado ao ver uma moça de saída de banho curta mostrando sua calcinha enfiada no cuzinho. A moça se vira e toma um susto ao ver Jonas em pé a lhe olhar.

JONAS – Perdão se te assustei, é que seu pai me pediu para vim te chamar para levarmos os caixotes…mas, qual seu nome mesmo?

LAILA – Meu nome é Laila gato, entra comigo.

Laila entra com o cesto de roupas e Jonas lhe segue, ela dobra as roupas e pede para Jonas sentar-se. Ele a encara e ela fica excitada ao ver aquele homem lindo com o corpo definido devido a atividades físicas usando apenas uma sunga vermelha apertada, ela passa próximo a ele e finge cair e ele a segura em seu colo.

LAILA -Desculpa, sou sempre desastrada.

Jonas nada conseguiu falar, apenas ficou olhando para os grandes seios de Laila que estavam praticamente em seu rosto. Ela com um sorriso safado segurou o rosto dele e lhe tascou um beijo.

JONAS – Vamos para o quarto, eu preciso fuder muito, estou ha dias sem dar uma trepada.

LAILA – Calma Safadão. Temos que ir ajudar meu pai senão ele desconfia ai estragara nosso lance.

Laila se levanta e pega os caixotes dando a Jonas e saindo junto com ele que parece ansioso.

CENA 3. PRAIA DOS COQUEIROS. EXT. DIA

Jonas e Laila chegam. Os pescadores logo se unem a eles ajudando a organizar e guardar os peixes. Algumas pessoas que passam também pegam peixes. Apos encher os caixotes, Laila entra para dentro do mar e mergulha. Jonas a observa junto com os outros pescadores que ficam segurando o pau por cima da calça. Jonas tenta conter sua erecao mas logo adentra a água indo próximo a Laila.

JONAS – Você sabe como provocar!

LAILA – Você ainda não viu nada surfista. Hoje a noite vou te mostrar. Notei o volumao na sua sunga e quero provar essa delicia de rola.

LUTERO(Impaciente) – Laila sai já da agua e vamos para casa, não tou com paciência para te esperar.

Laila sai e atrai todos os olhares. Logo, ela vai com seu pai e os outros pescadores. Jonas fica na praia a mergulhar.

CENA 4. CASA DE LUTERO. INT. NOITE

Laila finge estar dormindo, Lutero acaba de fumar seu charuto e o poe no cinzeiro se dirigindo para a sua rede, logo em seguida apaga o candeeiro. Laila espera um tempo e ouve três batidas de leve na janela, ela abre devagar e pula sendo agarrada por Jonas que lhe beija ardentemente.

JONAS – Não aguentava mais esperar minha tesuda.

Jonas e Laila correm para a praia, chegando no local mais distante e esquisito eles retiram suas roupas ficando totalmente nús sobre a luz da Lua. Laila olha vidrada para o corpo do surfista enquanto ele a olha como um lobo sedento vendo seus seios grandes com os bicos rosados durinhos. Ele não demora a cair de boca deitando-a no chão ela força sua cabeca enquanto leva a mao do mesmo a sua buceta e ele começa a enfiar dedos aos poucos enquanto ela segura seu pau que cresce em sua mão. Logo ela não resiste e cai de boca lambendo a cabecinha rosada que chega a babar de tanto tesão. Logo ela poe toda rola em sua boca sugando cada parte chupando com a vontade que uma criança chupa um pirulito. Ele não perde tempo e também cai de boca em sua buceta enquanto enfia dedos no seu cuzinho. Ambos gemem de prazer e tesão.

LAILA – Fo de minha buceta safado, quero ver se você é macho mesmo.

Jonas se levanta e poe Laila empinada, com suas maos ele abre a buceta dela e roça seu pau entre sua buceta e seu cu fazendo seu pau latejar logo em seguida ele começa a enfiar devagarzinho todo seu 22cm de rola na buceta de Laila em seguida começa a meter com força onde ouvimos gemidos e o barulho dos corpos se batendo por estarem suados. Laila enquanto recebe pica fica com a mao na buceta tocando siririca.

JONAS – Agora vou comer teu cu safada vou te mostrar o poder da minha prancha.

Laila tenta segura-lo mas é em vão. Para não correr o risco dela fugir ele atola toda sua rola no cuzinho da mesma e começa a meter com bastante forca enquanto segura e aperta seus peitos com forca mordendo-os e mama do neles. Ele a bota para cavalgar nele e logo a fo de de ladinho onde vemos o cuzinho e a buceta apertadinha recebendo rola. Logo em seguida ele se levanta deixando-a de joelhos.

JONAS – Vou gozar gostosa quer Leitinho quer?

LAILA – Eu quero meu surfista tesudo, vai da Leitinho pra sua putinha Safadão.

Jonas não demora muito na punheta ate seu pau latejar e disparar jatos de gala que caem no rosto de Laila, logo em seguida Laila segura a rola do seu macho e chupa lambendo toda gala dele enquanto Jonas urra de tesão. Logo em seguida eles se levantam e seguem nus para o mar.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.