Estou Adorando Ser Putinha do Chefe do Meu Marido

Estou cada vez mais safada. Estiu adorando andar com roupas curtas, bem justas, salto alto, sem sutiã. Adoro ver os homens me comendo com os olhos quando eu passo e falando coisas pra mim, fico molhadinha de tesão. Sábado passado meu marido foi convidado para festa de 50 anos do presidente da empresa na casa dele em Alphaville. Fui com um vestido preto bem decotado, uma calcinha minúscula e sem sutiã, até porque o vestido era todo aberto nas costas. Eu imaginei uma festa com umas 30 pessoas mas chegamos lá e tinha umas 120. A casa do cara é uma mansão, gigante. A festa estava rolando na área externa, em volta da piscina, com DJ, garçons, tudo de primeira. Eu só conhecia 2 colegas dele e a esposa de um, nunca conheci o chefe dele, que é o presidente da empresa. Qdo meu marido me apresentou ele logo falou: nossa Carlos, não sabia que tinha uma esposa tão linda. Não é a toa que vc esconde ela. E beijou a minha mão. Eu agradeci e tremi com aquele beijo, o cara é todo sedutor, grisalho, charmoso, um gato, e ainda por cima riquíssimo. Ele chamou a mulher pra apresentar e ela deve ter mais ou menos a idade dele e um pouco gordinha. Meu marido cumprimentou e ficou elogiando a festa etc, enquanto isso o chefe dele veio pro meu lado e perguntou se eu aceitava uma bebida. Eu disse que sim, ele pediu ao meu marido se podia me mostrar onde estavam os bartenders. No caminho até o bar eu elogiei a casa dele, a festa, foi quando ele disse: e o dono da casa, não vai elogiar? Eu disse sorrindo: claro, o senhor é muito simpático, mas é que adorei a casa, é realmente linda. Ele respondeu: Posso te mostrar ela inteira se quiser. Fiquei sem saber o que responder mas disse que adoraria, mas que era melhor deixar pra outra hora. Ele deu um sorriso bem sacana e pegou um vinho pra mim e um uísque pra ele. Me encarando muito ele disse: o Carlos é um homem de muita sorte mesmo. Eu agradeci e não aguentei, logo respondi: sua esposa também é uma mulher de muita sorte. Ele bem direto falou: pode me dar seu celular? Eu nem titubiei, passei o nr pra ele na hora. Ele falou: posso te convidar pra um almoço um dia desses? Eu: pode, vou adorar. Ele tem um olhar e um sorriso bem safado, eu simplesmente fico de 4 com homens assim. Nos afastamos na festa claro e fiquei dançando, jantando, e sempre que dava trocava olhares com ele com um sorriso, e ele me medindo inteira com aquele olhar que me deixa molhadinha. Na 3ª feira, umas 9 hs, atendo o celular e era ele. Me convidando pra almoçar. Eu disse que só poderia na 5ª feira, não queria dar mole pra ele ainda mais presidente e chefe do meu marido. Marcou pra 5ª feira, ontem, e disse pra eu me encontrar com ele no shop. Iguatemi. Pensei: bom, acho que vamos almoçar por ali mesmo mas achei estranho um lugar tão público. Assim que nos encontramos falou pra eu deixar o carro ali pois não o almoço não seria ali. Nesse dia, eu coloquei um vestido que tenho curto, bem decotado, salto bem alto, bem cheirosa, uma calcinha fio dental bem minúscula. Assim que entramos no carro ele disse: nossa, vc está linda demais, muito linda. Eu agradeci e fiquei na minha, pensando onde o cara ia me levar. Confesso que sou muito safada, adoro homens safados loucos de tesão pra me foder, e aquele, por ser chefe do meu marido, por tabela me deu muito mais tesão. Eu só ficava pensando nele olhando pro meu marido na empresa lembrando de ter fodido a mulherzinha vadia dele bem gostoso. Isso me deixa louca, adoro ser putinha assim, não resisto. Ele me levou em um flat na Vila Olímpia, bem perto, e percebi que era onde levava vadias só pra comer. Logo que entramos ele me agarrou e já foi me beijando. Eu falei: calma, que pressa. Ele me olhou e disse: que é, vai dar uma de certinha agora? Vc me dá a maior bola na minha casa, me dá o nr do celular na hora, aceita meu convite pro almoço na hora, e quer dar uma de difícil agora? Eu falei: só pedi pra ir com calma… Ele com um sorriso bem irônico disse: conheço piranhas como vc, que adoram se mostrar pra machos, rebolar, mostrar as tetas balançando gostoso o rabo deixando todos loucos. Vou dar o que vc quiser e alguns presentinhos de vez em quando, vou te tratar bem, fica tranquila, é só ser boazinha comigo e me obedecer… Me agarrou de novo me engolindo com o beijo dele, logo ele abaixou meu vestido e começou a mamar meus seios, sugando os biquinhos tão forte que eu gemia muito. Fico louca de tesão em ter os biquinhos sugados, eu chego a gozar só de ter os biquinhos mordidos e sugados. Ele meteu as mãos por debaixo do vestido e começou a alisar minha buceta, lisinha e encharcada de tesão. Eu toda entrega a ele, aí meteu um dedo e começou a me foder enquanto sugava e mordia meus bicos, que já estavam ardendo. Eu gemia demais, me contorcia toda na mão daquele cachorro. Ficou me fodendo com 2, depois 3 dedos, olhando meu rosto delirando de tesão e falava: isso….geme…goza na minha mão vagabundinha gostosa. Como eu amo vagabundinhas como vc, putinha safadas como vc tem que dar o que vcs querem. Não é isso que vc quer? Aposto que eu te comeria fácil na minha casa aquele dia né vadiazinha? Vc é do tipo facinha, que adora um macho te tratando como puta não é? Eu só gemia e me contorcia toda com os dedos dele fodendo forte minha buceta. Depois que parou, ele chupou os dedos dele, melados com meu gozo e mandou eu ajoelhar. Eu simplesmente amo homem assim, bem cachorro, mandão, me ajoelhei na hora e ele meteu o pau duro dele na minha boca. Ele gemia e falava: mama cadela, putinha gostosa…. mama….Eu obedecendo, mamando e babando naquele pau delicioso pensando nos presentes que ia ganhar dele, pensando que estava dando pro chefe do meu marido, qto mais pensava nisso mais sugava aquele pau duro delicioso, lambendo as bolas enormes, cheias de leite, fiquei uns 15 min mamando sem parar, atolada na garganta por aquele mastro delicioso. Ele me levantou e dando um tapa na minha bunda mandou eu ir pro quarto, deitar na cama, tirar o vestido e abrir totalmente as pernas. De novo obedeci quietinha e fui. Em seguida ele apareceu com uma garrafa de vinho branco e mandou eu me masturbar. Enquanto eu alisava meu grelinho e acariciava meus seios, ele bebia, olhando minha buceta, meu rosto, meus seios. Enfiei os dedos na buceta e me masturbei até gozar. Ele mandou eu sentar e beber. Mandou eu virar a taça, beber de uma só vez. Eu falei que não conseguia, e ele disse: faz o que eu mando vadia. Bebi de uma só vez, ele encheu de novo e mandou eu virar a segunda taça. Obedeci de novo mas fiquei zonza na hora. Ele me empurrou, abriu minhas pernas, em pé, apoiou uma mão na cama e com a outra ficou esfregando o pau na minha buceta olhando meu rosto, eu doida pra ser aquele mastro me fodendo como uma puta não aguentei e falei: mete, mete bem gostoso…Ele meteu com força, o prazer dele era olhar meu rosto delirando de tesão, ficava me fodendo e me olhando enquanto eu gritava com aquele cachorro me fodendo sem respeito nenhum, com muita força, eu gritava, gemia, ele pegou meu rosto, cuspiu um mim e falou, vira de 4 vagabunda. Eu fazia tudo que ele mandava, aí começou a bater na minha bunda e falava: empina esse rabo lindo putinha gostosa. Aí ele disse: nossa….que rabo lindo, essa marquinha de fio dental….que rabo lindo vc tem putinha….aí deu uns 2 tapas e disse: Se eu tivesse em casa uma vagabundinha gostosa como vc com um rabo desses fodia esse rabo lindo todo dia, e começou a cuspir e lamber meu cuzinho. Ele lambia com tanto tesão que eu gemia e quase implorei pra ele foder logo meu cuzinho. Fiquei muito doidinha ontem, nunca um homem lambeu tão maravilhosamente bem meu cuzinho, ele lambia como um cachorro, dava uns tapas e voltava a lamber e cuspir, me deixando cada vez mais pirada, empinei a bunda, fiquei louca pra sentir aquele homem lindo, presidente e chefe do meu marido, metendo no meu rabo, fazia tempo que não me sentia a cadela que eu sou, eu queria ser a puta perfeita pra ele fazer o que quisesse comigo. Antes de meter, me deu mais uma taça do vinho, mandando eu beber de uma só vez. Ele estava alucinado. Fiquei com a bunda bem empinada pra ele e senti ele forçando a cabeça do pau dele no meu cuzinho apertado. Eu disse: ai…. seu pau é grosso…mete devagarzinho no meu rabinho…Mas o cara tava alucinado e deu uns 3 tapas fortes na minha bunda dizendo que ia me arrombar, que ia me foder como nenhum homem fez, e forçou o pau dele no meu rabo. Senti meu cuzinho rasgando com aquele pau imenso, comecei a gritar e mandar ele parar, e ele metendo cada vez mais, qto mais eu gemia mais ele ia metendo, ficou num vai e vem alucinado, segurando forte minha cintura enquanto arrombava minha bunda. Eu gritava com uma dor e um tesão incríveis, eu queria e não queria sentir aquela tora me rasgando, me arrombando. Eu gritava alto e ele adorava, falando: isso vagabunda, ta doendo mas ta gostando né. Grita vadiazinha, grita…o corno do maridinho não te trata como a puta que vc é né? Toma sua piranha rabuda…..e me fodia sem dó…Eu estava tonta pela bebida, demais…e tonta por estar sendo currada por aquele fdp. De repente ele falou: vou encher seu cu de porra cachorra, vai pra casa com o cuzinho cheio da minha porra…eu senti qdo ele gozou dentro do meu cuzinho. A sensação é demais, sentir aquele leite quente te enchendo o rabo. Na buceta quase não se sente, mas no rabo, por ser apertado, dá pra sentir a porra enchendo. Assim que acabou, ele mandou eu ajoelhar e limpar o pau dele. Bem submissa eu lambi e deixei bem limpinho, mostrei pra ele que eu era uma puta completa. Ele mandou eu me vestir, falou que não era pra eu tomar banho pq queria que eu fosse embora com o rabo cheio da porra dele. Deu um beijo na minha boca e com um tapa na bunda mandou eu ir pra recepção e pedir um táxi pq não queria dar bandeira no carro comigo. Qdo eu estava saindo ele me puxou pelo braço e bem cachorro falou: vc é a mais puta de todas que já comi sabe por que? Porque deu pro chefe do corno do maridinho, e tem que ser muito vagabunda pra fazer isso. Vc sabe que agora vai ser minha a hora que eu quiser pq eu tenho câmeras aqui no meu apto e vou ver esse filminho sempre que eu quiser. Vai gostar de ser minha puta, vc não vai se arrepender, vou te dar uns presentinhos, mas quero foder esse rabo muito mais….Disse isso alisando minha bunda. Deu um tapa na minha cara e mandou eu descer. Eu gelei qdo ele falou isso. O cara é um fdp, poderoso, e agora me tem na mão dele. Pensei na hora: onde eu fui me meter? Eu tinha que dar pro chefe dele? Mas dei pra ele justamente por isso, por ser poderoso, por ser o chefe dele, rico, lindo. Ele pode ter a vadia que quiser mas com certeza na cabeça dele eu vou ser a mais vadia de todas. Peguei o táxi com um sorriso enorme no rosto. Qdo parei no shopping iguatemi pra pegar o carro, fiquei andando por ali pra me exibir um pouco. Parecia que todos machos sentiam o cheiro da porra no meu rabo, o cheiro de fêmea que foi fodida como uma puta, o cheiro de cadela submissa. Eu fui até a rua, entrei em uma lanchonete do outro lado da rua, meio bar até, e pedi um café, eu estava tonta pelo vinho, 3 homens que estavam em um canto ficaram me olhando e cochichando, olhando minha bunda, meus peitos quase pulando do vestido. Parecia que estava na minha cara que eu tinha sido currada há poucos minutos, que meu rabo estava arrombado e cheio de leite daquele macho canalha. Atravessei a rua, puxei o decote mais pra baixo quase aparecendo os mamilos. Só me lembrava daquele homem me tratando sem respeito, me chamando de puta e vagabunda, e me senti maravilhosa. Queria que todos os homens, motoristas de ônibus, de taxi, todos, ficassem me olhando me achando uma puta gostosa. Ontem fui embora pra casa realizada, como há meses não me sentia. A noite fiquei louca de vontade de dar pro meu marido, mamei ele bem gostoso, bem demorado, e falei que queria o leite dele na minha boca. Ele ficou louco e encheu a minha boca, eu engoli tudinho com o maior prazer. Depois ele disse que adorava a esposa putinha dele. Eu pensei: mal sabe a puta que é sua esposa, mal sabe que seu chefe arrombou o rabo da sua mulherzinha e gozou dentro. Hoje na hora do almoço ele ligou e disse que foi dormir pensando no meu cuzinho arrombado. Falou que eu era uma puta deliciosa, que amava vagabundinha obediente como eu por isso comprou uma jóia e quer me dar semana que vem. Não sei onde vai dar essa historia, só sei que adorei dar pro chefe do meu marido, vou adorar ser uma putinha bem submissa pra ele, e confesso que adoro mais ainda por ele ser rico, ter grana. Me dá mais tesão dar pra homem maduro, rico, e ninguém resiste a um presentinhos né? Vou contando por aqui.

Sexo por Telefone

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.