Esposa puta e arrombada

Eu já estava nu, deitado em nossa cama. Esperava ansioso pela volta de minha putinha particular. Ela estava no banho. A Ninfetinha gosta de tomar banho antes, para que sua bucetinha esteja bem cheirosa enquando a chupo. Eu a vi levando o enema para o banho, então tinha certeza que poderia arregaçar o seu cuzinho hoje, como ela gosta, o que me deixava ainda mais ansioso.
Finalmente ela volta. Estava vestida e insinuando-se como uma verdadeira puta. Pouparei a descrição pois as fotos desta noite encontram-se abaixo, tirem suas próprias conclusões. O fato é que foi a primeira vez que a vi com as meias arrastão e ver minha Ninfetinha daquele jeito, vestida e comportando-se como uma verdadeira puta, fez com que meu pau pulsasse de tesão. Felizmente para os leitores deste conto, eu tive a frieza de tirar algumas fotos

Sexshop

enquanto ela realizava um sensual strip tease. Mas a frieza não durou muito, acabou assim que vi que ela já estava usando um plug anal embaixo da calcinha! A puta já estava preparando o cuzinho para ser arregaçado! A partir de então não consegui tirar mais fotos, mas quem conseguiria pensar em fotos numa situação assim?
Ela pede para que eu retire o plug anal de seu cuzinho lentamente, o que faço com muito prazer. Depois ela me empurra sobre a cama e literalmente salta sobre mim. A puta começa a cavalgar com violência, ela não estava com a menor dó do próprio cuzinho, que estava sendo arrombado enquanto ela cavalgava com força… Foi assim até ela gozar, o tesão que senti ouvindo seus gemidos, vendo seus olhinhos virarem e sentindo seu cuzinho apertando meu pau enquanto ela gozava não pode ser descrito.
Depois mandei que ela buscasse um pênis falso que possuímos e sentei na cama. Mandei que ela sentasse em meu pau fazendo penetração anal, abrisse bem as pernas e começasse a chupar o pênis falso que estava em suas mãos. Comecei a fazer fisting vaginal e rapidamente minha mão estava quase inteira em sua bucetinha. Assim estava minha putinha, minha mão arregaçando sua bucetinha, ela rebolava para meu pau arrombar seu cuzinho ainda mais e seus gemidos abafados pelo pênis que ela chupava com tesão, tudo isso enquanto eu sussurra a em seu ouvido:
-Assim que a puta gosta, né? Ser BEM PUTA! Ter o cuzinho e a bucetinha arregaçados e ainda chupar uma pica! Tu é muito puta, sabia? Vagabunda, vadia, PUTA!
Continuamos até gozarmos juntos, enchendo o cuzinho da Ninfetinha de porra. Depois ela foi tomar outro banho, pois seu cuzinho arregaçado estava pingando porra.
Por fim dormimos juntos, abraçados, para que no outro dia ela acorde como uma dama respeitada na sociedade, sem que ninguém saiba o quão puta ela é na cama comigo.

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.