Vizinha Coroa Safadinha

Olá, Me chamo Willians, atualmente tenho 23 anos, 1,83, 88Kg, branco com olhos castanhos e corpo atlético… E venho contar o que aconteceu comigo quando tinha 19 anos!
Em um certo sábado por volta das 10:00 da manhã, estava eu indo jogar como fazia frequentemente, e ao sair de casa avistei no final da rua minha vizinha Rosangela, cerca de 53 anos, um pouco acima do peso por conta da idade, cabelos ruivos até o ombro, olhos verdes(usa óculos que parece aquelas profª), seios grandes e pernas e bunda normal para uma coroa daquela idade. Enfim, uma coroa que ainda desperta tesão em muitos homens…
Eu não tinha tanto contato com ela, mais sempre nos falava, seja com comprimentos e as vezes até elogios.
Ela ao me ver me chamou, fui de encontro a ela no final da rua e chagando perto ela veio me pedir desculpa dizendo que achava que eu era o seu filho e iria pedir para ele levar uma sacola pesada com tapete que ela havia acabado de comprar, eu como já estava ali disse que ajudaria ela a levar a sacola até a casa dela! Ela feliz me agradeceu, e disse que tinha esquecido que seu filho já tinha saído para trabalhar e fomos em direção a sua casa.
Ao chegar na sua casa vim reparar a roupa dela, uma saia um pouco acima do joelho soltinha e uma camisa de botões, um pouco sexy, mais nada vulgar, enquanto ela abria o portão eu comecei a sentir um tesão por ela e meu short de jogar bola começou a marcar o volume, tenho certeza que ela percebeu, no momento falei para ela que ajudaria a levar o tapete porque havia degraus até a sua sala.
Conforme ela foi subindo os degraus eu fui tentando olhar por baixo da saia dela, mas sem sucesso, creio que ela já tinha percebido que eu já tava à olhando meio diferente, porque ela já começou a se insinuar também!
Após subir as escadas, deixei a sacola enquanto ela foi a cozinha dizendo que iria pegar um suco para mim que estava muito calor, aguardei um pouco e ela disse que eu poderia ir pegar o suco na cozinha que ela ia no banheiro, como o banheiro ficava entre a sala e a cozinha ao eu ir pegar o suco vi que a porta do banheiro estava meio aberta, acho que intencionalmente e a Rosa se secando pois acabava de mijar, consegui ver a parte de cima da pepeka dela, e ao nos ver demos um sorrisinho um para o outro e eu fui para a cozinha tomar o suco.
Quando ela chegou na cozinha se deparou com o volume em meu short, deu mais um sorrisinho e me chamou para a sala para ajudar a colocar o tapete novo. Ao colocar o tapete ela deu uma abaixada sem dobrar o joelho e me deu uma visão muito boa da sua bunda ainda coberta com roupas. Nesse momento eu já tinha esquecido o futebol e só pensava no que ainda poderia rolar. Minha vizinha é daquelas que tiram foto de tudo, e me pediu para tirar uma foto do tapete novo pra mandar pra filha dela já casada!
Eu prontamente tirei algumas fotos e enquanto eu tava tirando a Rosa com tom de brincadeira pediu pra eu tirar uma dela sentada no sofá em frente o tapete, como ela estava de pernas cruzadas a saia subiu um pouco, eu tirei a foto e ao mostrar pra ela brinquei dizendo:_Poderia posar pra um ensaio sensual, ela sorriu e disse: _Nossa, velha desse jeito ninguém iria querer ver! então eu disse: _Olha que tem muita gente que gosta de coroa, tem blogs na internet que o marido tira fotos sensuais da esposa para exibir! Ela falou que já tinha visto alguns blogs assim mais o marido dela nunca que ia tirar fotos dela pois ele já nem dava atenção para ela, só vivia no bar e de sábado saia de manha e só voltada no fim da tarde! Essa conversa me despertou novamente o tesão pela coroa imaginando que ela estaria sedenta a sexo e decidi perguntar se ela queria que eu tirasse algumas fotos dela, ela entusiasmada respondeu que sim, mas ninguém poderia saber, porque ela era casada e tals. Concordei e ela disse que iria trocar de roupar intimas porque a que estava usando era muito casual, e ao falar isso deu uma erguidinha na saia mostrando uma calcinha grande mais mesmo assim me deixou com muito tesão. Aguardei poucos minutos e ela voltou com uma sobretudo dizendo que estava com vergonha, e que não era pra tirar foto do rosto. Para descontrair pedi pra ela fingir que eu era um fotografo profissional e iria dar as orientações, ela concordou e aos poucos comecei a tirar as primeiras fotos, ela ainda de sobretudo mostrando apenas um vão na coxa, pedi para ela mostrar o decote e ela prontamente atendeu, puxando a parte do ombro do sobretudo deixando amarrado na cintura, aquele seios eram maravilhosos, volumosos. Minha bermuda estava muito marcada e eu reparava que a Rosa não parava de olhar para lá, então pedi para ela tirar o sobretudo, foi ai que fiquei louco, ela estava com uma calcinha branca, bem fio dental, com rendinha na frente onde dava pra ver o caminho do pelos e um leve molhado, comecei a tirar fotos bem próximas da buceta dela, pedi pra ela ficar de costas e se apoiar no sofá, reparei que a calcinha era tão pequena que quase não tapava seu cuzinho.
Com todo aquele clima, minha vizinha reparando em minha ereção perguntou se eu não queria tirar imas fotos com ela, como se fosse um casal, já que eu estava animadinho. Dei uma risadinha envergonhado e programei o temporizador do celular e apoiei o celular na estante, antes de tirar a foto ela me disse que eu deveria tirar o short e a camisa já que ela estava apenas de lingerie, eu concordei e ficou muito marcado minha ereção, ela arregalou os olhos e abriu a boca com cara de espantada e disse que o volume era grande e pra eu tomar cuidado e que estava quase saindo pra fora. Demos uma risada e começamos a tirar fotos, primeiro nós abraçamos ela na frente e eu atrás, e ao sentir o volume encostar, ela começou a dar uma reboladinha, perguntei se poderia tocar no seios dela para as fotos ficarem mais reais. Ela já no calor da situação disse que eu poderia tocar onde quisesse que seriamos um casal. Percebi que tinha carta branca, então apertei seus seios, sua bunda, e disse que poderia tirar o sutiã e eu tapava os bicos com as minhas mãos, ela pediu para eu ajudar, quando tirei seu sutiã, vi aqueles peitos lindos, tiramos algumas fotos como combinado mais a partir dai começamos a esquecer a câmera e curtimos aquele momento, fazíamos poses, comentando que ficaria bom, mais não tirávamos fotos, ao ficar por trás e apertar os peitos dela, ela inclinou a cabeça e deu uma leve gemida empurrando sua bunda no meu pau, em seguida apertou meu pau e disse que ficaria uma boa foto ela mordendo ele, e já foi abaixando e dando um mordidinha por cima da cueca, ela me pediu para pegar a câmera e tirar uma foto dela olhando pra mim daquele jeito, que seria uma foto pede recordação, então peguei a câmera e falei que era poderia abaixar a cueca para tirar a foto, ela deu um sorriso e quando abaixou, emu pau pulou para fora e apontou para cima de tanto tesão que eu estava, ela falo que era uma delicia e foi logo abocanhando meu pau e em seguida fazendo uma espanhola, pediu para eu tirar mais umas fotos desse momento, e disse que agora ela que iria tirar fotos, eu fazendo oral nela, ela deitou no sofá e pediu para eu tirar sua calcinha, quando fui tirando ela já estava toda babada, vi aquela buceta mesmo sem muito usa, ainda bem cuidada, parecia que já estava me esperando, foi ai que cai de boca, e a Rosa gemendo, largou a câmera e foi puxando meu cabelo, pedindo para eu não parar, que estava louca de tesão. Continuei ali por mais uns 5 minutos, quando senti ela me puxando pra cima, como já estávamos sem roupa, já fui para um papai e mamãe, ela me pediu pra ir devagar, que minha rola era mais grossa que a do marido dela e fazia tempo que ele não comparecia, entendi o recado e fui aos poucos estocando a cabeça do meu pau, ela gemendo de tesão pedia para eu continuar, em pouco tempo eu pau já estava dentro de minha vizinha, começamos um sexo gostoso, com um vai e vem cada vez mais rápido, ela dizia: _Fode, isso, me fode gostoso! Aiiiii que saudade de uma rola, fode vaai… ela continuava gemendo, coloquei ela de quatro no sofá e continuei enfiando minha rola em sua buceta, estávamos em um ritmo muito acelerado, ela como estava um tempo sem sexo, disse: _Aiii continua que eu vou gozar, vai vai, não para, issoooo! ai que gostoso, to gozando…
Senti sua perna amolecer, ela com um ar de satisfação, gozou e me agradeceu por aquele momento, e como eu ainda não tinha gozado ela disse que iria me chupar até ela recuperar o folego e depois iria mostrar como era bom transar com uma mulher madura. Me chupou, deixando meu pau limpinho, e em seguida sentou encima de mim e começou a cavalgar de uma forma que nunca tinha presenciado antes, ela sabia o que estava fazendo, sentava e quicava de uma forma que era nítido que nos dois estava sentindo prazer, rebolava enquanto eu chupava seus seios, ficamos ali um bom tempo até que eu disse que iria gozar, ela começou a acelerar os movimentos e disse que iriamos gozar juntos, nos dois estávamos no se entregando o máximo, gemendo muito, sem se importar com nada. e enfim gozamos ao mesmo tempo, o liquido começou escorrer e rimos pois era muito gozo misturado. Nos limpamos, ainda com alguns amaço, e eu disse que ainda queria comer seu cu, ela sorriu e disse que tinha que se preparar pois ninguém nunca comeu seu cú, e estava com medo de seu marido chegar, ficamos de marcar um dia e fui embora para minha casa. Quem sabe conto como foi o anal.
As fotos foram apagadas, porque ela estava com medo de descobrirem.
Obg e até a próxima

LibidGel

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.