Vem meu filho, eu te quero todo na minha bucetinha

– Vem meu filho, eu te quero todo na minha bucetinha
No conto anterior meu filho,me flagrou com meu chefe que tudo fez para fuder comigo ,não imaginava que sua esposa tb participaria mas,enfim aconteceu .

Desde então ,meu filho não deu mais sossego sempre
que chegava em casa ele me tratava com o maior carinho e resolvi ceder a seus encantos

Em casa,nunca tivemos segredos uns para os outros, sempre fomos uma família muita aberta, dormimos e tomamos banho com as portas abertas, nunca houve problema algum.

Em uma dessas noites bem quentes, ao entrar no banho meu filho estava lá cantando no chuveiro e com um pau de fazer inveja a muitos homens

senti uma sensação esquisita uma vontade louca de pegar naquele pau, me esfregar, chupar enfim sentir aquilo tudo dentro de mim, era uma sensação que fazia tempo não sentia, mas me contive sai devagarzinho fui à cozinha tomar água e voltei para o quarto,

lá chegando um fogo subiu
pelas minhas entranhas, eu só pensava no que tinha visto,
não tive duvidas abaixei a calcinha e comecei a brincar com meu clitóris, quanto mais eu pensava naquilo tudo mas o tesão aumentava, fui aumentando o movimento circular, minha xoxota ficou molhadinha e gozei,

satisfeita pude dormir.
mas quando cochilei senti alguém mamando nos meus seios ,fingi dormir mas era meu filho safadinho louco
para me fuder gostosinho.

Estava dando-me um banho de lingua na minha xota que ja molhava muito,fui fazendo movimentos e já
imaginando,que aquele pintudo

poderia me proporcionar muito prazer,eu rebolava e me contorcia tinha orgasmos deliciosos em sua boca.
Fiquei fingindo que estava dormindo e prestando atenção, de repente

num lance rapido agarrei-o pelo pescoço e o beijei loucamente enquanto gozava ainda e queria mais disse:
-era isso que vc queria,então venha me fuder de fato
-vem comer …..a buceta de sua mãe….

ela é toda sua ,seu safadinho vem me fode com tudo
Ele respirava forte e logo quando pego em sua rola , grande fina mas deliciosa

fiquei colada nele sentindo seu cheiro e com meus peitos que a essa altura já estavam com os bicos durinhos roçando nas costas dele, já estava quase gozando, quando ele virou e disse

-nossa mamãe que delicia vc é , sua buceta quente e molhada me dá um tesão danado.

e me beijava levemente, coloquei a mão em seu peito, senti sua respiração aumentar, senti aquele fogo novamente, chequei mais perto encostando meus peitos e a xoxota nele, ele largou a minha mão e colocou sua mão em minha perna, eu senti a xoxota queimar

ele colocou a mão em minha perna, desci mais e passei a mão por cima de seu pau que a essa altura já estava duro, ele suspirou, e levou a mão entre minhas pernas deve ter encontrado minha xoxota já bem molhadinha,

eu já suspirava me apertando junto ao corpo dele, enquanto massageava o seu pau ele passava o dedo em minha xoxota, era uma sensação gostosa demais, então segurei aquele caralho delicioso que já estava bem duro,

comecei a masturbá-lo, ele gemia,fui virando o corpo e comecei a chupar aquele mastro, coloquei todinho na boca e chupei gostoso, ele já molhava era gostoso, ele virou-se e começou a chupar meus peitos ,

os bicos durinhos, ao mesmo tempo em que a outra mão badalava meu clitóris, eu o chupava com toda a força, ele então virou e enfiou a cabeça entre minhas pernas fazendo um sessenta e nove, não aguentei sentindo o mastro pulsar

fui por cima e o cavalguei comecei devagar e fui aumentando o ritmo ele segurou-me pelas nádegas e puxou para junto dele, aquele mastro garboso desapareceu dentro de minha xoxota,

uma sensação de felicidade e fui inundada como a tempos eu não sentia, ficamos abraçados uns minutos e recomeçamos tudo de novo, foi o paraíso, gozamos juntos num gozo prolongado e delirante.

Nem uma palavra foi trocada nos abraçamos e dormimos o resto da noite.

De manhã quando acordei,lá estava ele de pé na porta do quarto com a bandeja do café para eu tomar, fui até ele dei-lhe um beijo de língua que foi retribuído, senti o volume de seu pau crescer quando o abracei

, começamos a nos esfregar, fui abaixando lambendo seu peito depois seu umbigo e então enfiei a mão dentro da cueca puxei o pau dele para fora e abaconhei todinho,

ele gemia me segurando pelos cabelos, tirei um pouco da boca para poder respirar e vi que meu filho quão
grande e bonito era, ele então se abaixou pegou-me pelo

braço colocou-me na cama puxou a toalha e começou a chupar meus peitos com a mão entre as minhas pernas, eu já estava louca querendo aquilo tudo dentro de mim, pedi então
– Vem meu filho, eu te quero todo, ele veio e enterrou de uma só vez aquele pintão delicioso……
e com movimentos de vai vem, que eu retribuía com todas as minhas energias, os movimentos meus e dele foram aumentando e gozamos pela segunda vez .

Abraçados ficamos um tempo enorme, foi então que ele disse
– O que fizemos.

Olhei bem em seus olhos e disse – Eu te amo, me faça feliz e eu te farei feliz. Ele chegou-se abraçou-me pela cintura e disse.

– Eu também te amo e te quero muito mamãe!
e desde então nunca mais nos separamos ,meu marido fugiu com a secretaria dele para outra capital e meu filhinho virou meu amante e eu continuo ganhando um um bom salário com meu chefinho!

beijos Laureen

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.