Sexo por Telefone

Transei com meu chefe do estágio

Olá gente, esse é meu primeiro conto aqui. Meu nome é Suellen, tenho 20 anos, o fato aconteceu ano passado quando eu tinha 19. Eu sou o tipo de menina que atrai o olhar da maioria dos homens, rosto angelical, e um corpo perfeito com muita safadeza, é a combinação perfeita pra deixar qualquer um louco. Sou baixinha, bunda e seios grandes, cabelo preto bem longo, enfim…

 

Tudo começou quando consegui um estágio num escritório, meus chefes eram muito simpáticos e os colegas de trabalho também. No dia da entrevista fui com uma roupa bem recatada, falei pouco pois faço o tipo tímida, os dias foram passando e um dos meus chefes, o Matheus, começou a dar umas investidas, eu já tinha notado os olhares de todos pra mim, e tava esperando qual deles ia investir primeiro. Comecei a ir com umas roupas mais sexy, mostrando a barriga, os peitos pulando pra fora, calças apertadas marcando a bunda, fazia questão de desfilar pra ele, sempre que ele me chamava na sala dele eu deitava na mesa pra ele ver meu decote. Ele tava ficando louco, dava em cima de mim sem pudor nenhum, na frente de todo mundo. Um dia, sem intenção alguma pedi pra ele me dar uma carona já que ele teria que fazer uma visita técnica e passaria pelo caminho da minha casa, ele aceitou, quando estávamos próximos à minha casa ele pediu pra eu ir com ele na visita e ajudá-lo com umas anotações, e depois me deixaria em casa, eu aceitei, ele começou a fazer perguntas, disse que eu era linda demais, e perguntou se eu ficaria com ele, eu respondi que não pois ele era casado. Chegamos ao local, entramos, fizemos o trabalho e nos beijamos, depois fiquei calada pra ele pensar que eu tava me sentindo mal. Ele já não me pedia pra fazer nada no estágio, só queria que eu ficasse indo na sala dele pra ele ficar dando em cima de mim. Dois dias depois tivemos que entregar uns projetos no centro da cidade, fomos, ele ficou louco com os caras mexendo comigo na rua, quando acabamos ele disse que me levaria pra almoçar num lugar legal, me levou pra um motel. O lugar era lindo, o melhor da cidade, começamos a nos beijar na garagem e fomos subindo as escadas, ele arrancou minha roupa e já veio pra cima, pincelando o pau na minha bocetinha depilada, eu tava muito molhada, ele foi metendo devagar até entrar tudo, fizemos o melhor papai e mamãe, até ele gozar. Depois fomos pro chuveiro, tomamos banho, ele sentou num banco que tinha ao lado numa varandinha, e eu sentei em cima, galopei muito gostoso naquele pau, fomos pra hidromassagem, peguei aquele pau e coloquei todo dentro de mim e ficamos namorando e transando lento na água, seguramos os orgamos e ele me chupou toda, até eu gozar, chupei ele também, voltamos pra cama e ele me comeu de 4 me dando tapas, puxando meu cabelo até gozar e eu gritava muito alto, e isso tudo sem camisinha pq é assim que putinha faz, passamos a tarde toda no motel, depois fomos entregar mais um projeto e nos despedimos. A outra vez foi na casa dele, a esposa dele tinha viajado com a filha, eu fui lá e acabei com ele, fodemos em todos os cantos da casa da corninha, que diz que o ama e que ele é fiel, é fiel comendo minha boceta todo dia, ele disse que nem chupar ela sabe, pois eu faço o trabalho direitinho pro meu macho, ele tá apaixonado por mim e pela minha foda, eu sinto um tesão enorme em ser a outra.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.