Traindo meu namorado com Homem casado

Meu namoro já não era o dos melhores, e sim um dos piores, e como meu primeiro namorado eu ia ao delírio por ele, fazia tudo e de tudo por ele.
Quando saímos pela primeira vez, já transamos, confesso que não foi tudo aquilo não, ele um loiro dos olhos verdes, 1,75 de altura, um corpo proporcional ao seu tamanho. Eu morena, de cabelos castanhos escuro, olhos castanhos claro, 1,45 de altura, confesso que por muitos elogios me convenci que sou uma mulher atraente, com um corpo e bunda invejado.
Eu e meu namorado passávamos todos fins de semana juntos, transávamos à bessa, mas pra mim aquilo era pouco… ele não era ruim, mas também não me satisfazia em nenhuma transa, eu queria mais, muitos mais.
Até que um dia, fui a lanchonete próxima onde trabalhávamos, ali fui atendida pelo dono, que por sinal, ao olhar em seus olhos me chamou atenção, me despertou interesse, mas não levei a diante meu interesse… Até que eu percebi que a partir daquele dia passei a notar que estávamos trocando olhares, ele mexia comigo, olhar ele me dava um tesão, os olhares dele me convidava pra conhecer seu corpo, seus lábios, ele não era aquele cara que qualquer outra mulher olhasse era desejado, ele tinha um rosto gordinho, uns lábios médios desenhado, olhos escuros, era baixo e barrigudinho, tinha seus 34 anos, e era casado, quando soube aí que desencanei de vez, mas nós víamos todos os dias, trabalhávamos no mesmo espaço, até eu comecei a frequentar sua lanchonete, e então ele se tomou liberdade de me convidar pra sair, elogiar, e eu recusava, meu namorado já desconfiado, até que eu já namorava a 7 meses era a mesma rola, era um sexo com fogo mas não me dava prazer algum sem sal sem açúcar , ele me traia pra caralho e eu o perdoava, até que um dia O cara da lanchonete pediu meu número, e eu passei, esperei mensagem dele, mas nada, até que passo alguns dias ele me mandou mensagem, me convidado pra sair, eu coloquei obstáculos para não ocorrer esse encontro, até que ele me disse..

– Eu estou louco por você, você me desperta desejos, seu olhar me provoca, sua boca me convida pra provar de seus lábios , estou louco, louco, estou sonhando com você, me ajude por favor.

E então eu resisti, disse que não queria (mas por dentro estava louca pra conhecer esse homem). Até que chegou um dia que meu namorado me humilhou tanto, que eu vim pra casa, me arrumei, e marquei um encontro com ele na lanchonete. Cheguei cedo tomei umas geladas lá, e o esperei fechar, ele fechou entrei pra dentro e enfim.. Finalmente sozinhos, eu não estava acreditando que aquilo estava acontecendo, passava pela minha cabeça que pra mim aquilo estava errado, o que eu estava fazendo..
Mas com os olhares dele, foi me convidando a conhecer aquele homem misterioso, até que ele me puxou pela cintura, olhou no fundo dos meus olhos, e me beijou, foi quente e saboroso, nossas línguas se tocavam e se encontravam que são inexplicável, ele me apertava, beijava meu pescoço e a todo momento dizia que estava louco por mim..
Me virou e me deixou de costas pra ele, beijando meu pescoço, e sem me provar, já me dizia o quanto eu era gostosa, que ele queria me ter de qualquer jeito, eu senti o volume de seu pau duro e grande em minha bunda, estávamos de calças jeans, ele me virou e começou a tirar minha camisa, tirou meu sutiã, e devorou meus seios como um cachorrinho recém-nascido cheio de fome, enquanto eu com minhas mãos segurava seu cabelo, ele começou desabotoar minha calça, e em seguida já tirou a sua também… Eu estava de fio dental preta, imediatamente ele começou descer com suas mãos até minha virilha, e começou acariciar meus lábios vaginais, eu estava toda molhada de tesão, não via a hora de senti-lo dentro de mim, tirei sua cueca e então ali vi que seu pênis estava latejando de tesão.. ele me beijava dos lábios ao pescoço e colocava seus dois dedos dentro da minha buceta, eu pegava em seu pênis grosso e grande, me deliciava só com a mãos, apertava e fazia aquele vai e vem, até que ele me disse.
Ele :
– Deixe eu colocar ele em você, Deixe, tô louco pra sentir você gostosa
Eu disse :
– Coloca logo, estou com tanto tesão, me come, mata a minha e sua vontade…

Ele pegou um banco e me sentou, e então ele abriu minhas pernas e me inclinou como se eu estivesse deitada, e começou a meter e apertar meus seios
Ele :
_ É rola que você quer ? Então toma vadia, eu vou te comer até você arder… Aaaaaahh toma gostosa, toma vadia..
Eu :
– Coloca tudo, fode com vontade, empurra essa porra com força.. E só isso que você tem ? Aaaah Aaaah Eu quero mais.. Aaaaem oooooh

E então com uma mão ele segura meu pescoço pressionando a estufa e com a outra acaricia meu grelo.
Eu ainda queria mais, queria pressão na minha buceta, queria ser fodida com força, acredito que ele imaginou que devia me tratar com não tão agressividade para não machucar por ser pequena, mas eu disse…

Eu – Me come de quatro agora vaaaaaai, me fode com toda sua força, ooooh eu quero prazer idiota.
Ele – Então você é salvagem ? Aah Aah Aaaah Gosta de foder com tudo dentro, vira cachorra, vou lhe dar o que merece.

Então fiquei de quatro no chão, e ele ajoelhou, e encaixou sua rola na minha buceta, enquanto me segurava pela cintura revezava com tapas na minha bunda com uma mão, e com a outra puxava meu cabelo, e empurrava com força e pressão, eu me mordia de tesão, até que ele tirou sua rola e chupou minha buceta de 4, eu gemia de tanto de tesão com os movimentos de sua língua na minha buceta, que então gozei em sua boca e em seguida ele me beijou.

Ele disse :
– Gozou piranha ? Foi gostoso né ? Mas eu quero mais, quero te foder, geme piranha geme, ele não te dá prazer né amor, Ooooooh Aaaah mas tô aqui e vou fazer você querer mais..
Eu :
– Minha buceta quer mais desse pau gostoso, me come mais filho da puta. Aaaaaah Aaaah Aaaah

Então ele deitou no chão e eu fui por cima dele, esfregando minha buceta molhada no pau dele, me agachei e comecei subir e descer com penetração, ele já estava louco, seu pau pulsava dentro de mim, então ele rapidamente me deixa de 4 novamente e sussurra em meu ouvido…

Ele :
– Eu vou gozar, sua buceta apertadinha gostosa tá acabando comigo sua vadia, aaah aaaaah tá gostando ? Vai ter mais cachorra, sua gostosa, vou foder você com pressão pra gozar.. oooooh bucetuda aaaaah aaaaah

Então eu :
– Coloca tudo filho da puta, ela faz gostoso assim ? Não né, Aaaaaah Oooooooh Aaainh então come direito e gostoso sua putinha, fode, bate, aperta, faz o que quiser, se mata de prazer cachorro.. aproveita aaaah aaah

Ele :
– Você e muito melhor que ela, Aaah se eu não fosse casado, casava com você e te comia todo dia, aaaaah oooh porque não te conheci antes, essa buceta… Aaaah Aaaah vou gozar gostosa… empurra essa bunda com pressão vaaai… Aaaaaaainh Aaaainh Ooooooh Ooooooh, gozei…

Então sinto seu leite quente dentro de mim, e ele metendo ainda, (cara não transava assim a tempos, ele me satisfez que eu desacreditei,) então ele olha em meus olhos e diz..

Ele :
– Você volta né ? Quero te dar prazer sempre minha pequena, você é tão gostosa sabia, essa buceta, tô louco por você..

Eu :
– Mas e claro que volto, você me dá o prazer que preciso, quero você…

Então colocamos nossas roupas, enquanto eu colocava minha calça ele me admirava dos cabelos aos pés, e me dizia o quanto eu era linda e gostosa, e ele me levou até em casa, e me beijou como apaixonado, sendo assim, terminei meu namoro, que já estava farta, e continuamos saindo e fazendo aquele amor gostoso e safado….

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail