Uma safada a gente nunca esquece

Bom vou dar nomes fictícios pois ou casado e não posso ser descoberto.
Sou mestiço japonês 1,75 e moreno, recentemente encontrei minha ex namorado dos tempos de colégio, nossa ela era uma delicia deixei ela bem safada pois não sabia muita coisa era meio travada mas enfim.
Passaram-se 10 anos desde que terminamos seguimos rumos diferentes porem pelo destino acabei encontrado ela no supermercado conversamos sobre o rumo de nossas vidas ela estava cheiro e gostosinha como sempre um pouco acima do peso mas uma delicia, notei que ela falava e sempre olhava pro meu pau eu que não sou bobo nem nada dei aquela ajeitada na mala e mordeu os lábios. Fomos andando e conversando ela dizendo que o noivo não a desejava tanto eu que não macaco velho disse como pode ele não desejar lembro que o sexo com você era maravilhoso que você fazia tudo que um homem gosta ela, e ela retrucou: Continue Lendo…