Sexo com o Personal Trainer

Eu jamais fui dessas indivíduos vidrada em cuidar da saude do corpo. Sou magrinha, tenho um otimo metabolismo, de modo algum precisei de regime e constantemente mantive meus 50 kilinhos intactos. Porém se uns meses para aqui, tenho considerado vários corpos femininos definidos e comecei a achar a minha abdômen reta e sem agradecimento feia. Conversando com minha mãe sobre este assunto ela me disse que eu poderia iniciar a exercitar na academia que ela malhada. Minha mae é coroona, porém é inchutassa! Loira como eu, olhos verdes, cabelo cacheado nas costas, seios medios, um barulho admirável e um divina cinturinha conquitada por horas na caminho. Achava atraente as pernas malhadas delas. Eu fiquei super animada, no dia posterior a nossa conversa ela me disse que havia me entendido na sua academia, Razoes do corpo na Av. marechal campos. O unico dificuldade seria o horario, já que ela tambem me matriculou em um cursinho na Reta da Fraga, entao malharia a tarde, poderia ir em seguida do curso direto porém nao malharia na acompanhador dela, uma vez que ela vai de manha e eu a tarde.

Eu aparecia super animada para iniciar a malhar e ficar com um corpo assente porém não forma “vem aberração” apenas queria ficar gostosa. Meu Personal Trainer era admirável, vamos chama-lo de Gustavo. Gustavo tinha um corpo massa! 1,90 de altura, cabelo raspadinho, acobreado claro,braços grandes, pernas definidas e um abdomem trincado. Uma sincera delicia de catedrático ! Bastante belo e simpatico me ajudou com tudo que precisava, me orientou a alimentar-se mais frutas a me hidratar. Começamos a pegar uma afeição né, e obvio eu achava ele o maior abafador e similarmente percebia seus olhares no momento em que eu chegava com macacão de malhar frente unica e especialmente os com decote Canguçu dos seios ate o abatimento. Eu amava exercitar com o Gustavo, ele é afável e agradável.

Sempre que terminava meus treinos, ele me acompanhava até a saida da academia iamos conversando e ele me falando como já notava a minha melhora, como eu estava encorpando. Sempre tambem Otavio me buscava na academia, aproveitava as 3 horas restante do meu dia para uma namorada antes de minha mãe voltar para casa. Um dia desses eu e Otavio tinhamos brigado então como ele estava morrendo de raiva não me buscaria nesse dia. Eu estava de short de correr da Addidas e um cropped colado no corpo sem mangas e com capus preto com as litras e as letras brancas da addidas. Fiz um rabo de cavalo depois uma trança nos meus cabelos.

Sexshop

Passei todo o treino desconcentrada, eu estava chateada, eu realmente gostava do Otavio e saber que ele comia outras meninas no moro quando eu não estava por la estava me tirando do serio já.
-Luá, você ta me ouvindo ?
– Aan ? Me desculpe professor…
-Tudo bem, acho que já ta bom por hoje. Sabe malhar exige uma concentração, seu corpo precisa está em sintonia com sua mente e eu não estou vendo isso hoje.
– Me perdoe, não estou tendo um dia legal…
– Então faz o seguinte, vai para o banheiro, tome um banho depois vamos tomar um suco lá do outro lado e conversar um pouco, ok ?
– Ok !
Fui para o vestiario e tomei um rapido mas merecido banho, troquei meu conjunto de malhar por uma sainha jeans e uma blusinha de alcinha e calcei uma havaiannas branca. Soltei meus cabelos e me olhei no espelho. Eu me sentia pessima, a noite mal dormida estava estampada na minha cara branquela .

Gustavo me esperava na entrada da academia, atravessamos a rua e paramos em uma pequena lanchonete ao lado do estacionamento do supermercado EPA, Eu pedi um suco de manga e ele de laranja.
-E então o que tirou sua concentração, por essa cara é algum cara, seu namorado ?
-É um cara, mas não é meu namorado. Acho que a unica coisa que eu sou pra ele é um come .
-Como assim? Que cara seria louco de não querer namorar você ?
– Um cara que tem varias aos seus pés. Aah já nem entendo ele mais, sabe rolou uma senhora quimica quando a gente se conheceu. E ainda rola, quando a gente ta junto eu sinto que ele é meu o problema e que quando eu me afasto ai ele come qualquer uma por ai.
-Você gosta bastante dele né?
– Pior que gosto, não sei se é por que ele foi o primeiro que me envolvi quando cheguei aqui.
– Sabe o que eu acho?que você é uma moça linda, super divertida e inteligente e ele um tremendo vacilão ! Isso mesmo,vacilao, deixar uma gata dessas assim dando sopa, ele ta dando você pro azar, qualquer hora passa um e vraau, te leva e ele vai ficar choramingando.
Eu comecei a rir, nossos sucos chegaram. Continuamos conversando por mais uns minutos, ele precisava voltar, tinha outra aluna. Nos despedimos e eu fui embora. A conversa com o Gustavo me fez perceber o quanto eu estava sendo inocente e dando muita moral para as graças do Otavio. Descidi dar gelo total!

A noite Otavio me ligou e eu não atendi, me mandou varias mensagens no whatsapp e eu me segurei e não respondi. No outro dia de manha vindo do curso parei para almoçar na praça de alimentação do Centro Da Praia Shopping. Meu celular começou a tocar, era o Gustavo.
– Oi Gu, eu to só terminando de almoçar e já to indo pra academia.
– Oi Lú, eu to passando ma l hoje, nao fui trabalhar mas o professor Sergio vai te orientar hoje, fique tranquila !
Confesso que fiquei muito triste, mas lhe desejei melhoras e desliguei. Fiquei passeando pelo shopping até a comida desgastar, lavei a boca no banheiro e fiquei me olhando no espelho. Como acordei de muito bom humor, optei por um macaquinho azul bebê de pano leve, fechado na frente e decotado nas costas, apenas duas alças formavam um X nas costas, as pernas do meu macaquinho eram daquele estilo rodadinho, que dava a impressao de ser um vestidinho. Fiquei olhando minha bolsa com o conjunto de malhar na mao , pensando em trocar de roupa e ir para a aula com o Sergio ou ir para casa. A verdade é que o treino sem o Gustavo não seria a mesma coisa.

Larguei as coisas e peguei meu celular, retornei para o numero que ele me ligou
– Oi, Gu!
– Oi, Lú aconteceu alguma coisa ?
– Não, mas sabe o que é ? To preocupada com você… Você ja comeu ?
– Na verdade não, eu moro sozinho, to acostumado a comer na rua, como to mal ai não da pra sair
– Nossa, você precisa comer ! Faz o seguinte, vou passar no mercado lhe comprar algo para comer. Me passa seu numero por sms .

Eu não podia deixar ele morrendo de fome e doente em casa, afinal ele me ajudou quando eu estava mal. Peguei um taxi ate o Wallmart da Reta da penha, fiz umas comprinhas basica. Comprei umas garrafas de suco, macarrão, molho, queijo, uns paes e biscoitos. Ele me enviou mensagem com o endereço. Peguei outro taxi e disse o endereço para o motorista.
– Bairro Santa Marta por favor.
Em menos de 10 minutos estava no local, procurei o numero da casa e entrei em um portaozinho, bati na porta umas 2 vezes e o Gustavo me atendeu. Nossa! Ele estava apenas de samba canção, eu ja sabia que ele tinha um super corpão mas nunca o tinha visto assim. 30 anos de puro musculo. Uma barriga cheia de gominhos , que tanquinho perfeito! Braços definidos e uma tribal que pegava todo o seu peitoral moreno sarado.
-Oi lú, entra ai !
A casa dele era pequena, um quarto, sala e cozinha mas muito arrumada e cheirosa. A cara de doente dele estava de dar dó .
-Espero que goste de macarrao com queijo, por que é a unica coisa que eu sei fazer !
Eu disse sorrindo e mostrando as sacolas para ele .
-Eu amo!
-Ama é ? Então fica quietinho ai no sofá que já já você vai papar bebezao
Nos começamos a rir. Achei as coisas na casa dele super facil. O macarrao cheirava. Fiz um molho e aprontei tudo para o Gustavo . Avisei a ele que a comida estava pronta, ele veio igual um furação
-Tô morrendo de fome !
Colocou o maior pratão e se sentou na pequena mesa da cozinha, aproveitei que ele estava comendo para lavar o que eu sujei .
– Nossa, Lú esse é o melhor macarrão que eu já comi na vida ! Tem certeza que não vai comer ?
– Ah não exagera. Eu já almocei e aposto que varias mulheres fazem comida para você !
– Você fora minha mae é a segunda que cozinha para mim, sabia ? A outra agora deve ta cozinhando para o meu ex melhor amigo…
Eu terminei de lavar as louças, enchuguei minha mao e me sentei do lado dele.
– Quer falar sobre isso ?
-Não a muito o que dizer, lú. Ela é uma vadia e ele um talarico sem vergonha! Eu me matava de trabalhar pra sustentar os luxos dela enquanto eu ralava igual um filho da puta ela se esfregava nele debaixo do meu teto !
– Que garota idiota, você é um cara massa, sinto muito .
– Nosso partido é um coração partido, né ?
-É !
Começamos a rir, me levantei e peguei a garrafa de suco de uva, coloquei um copo para ele e um para mim. Ficamos papiando enquanto ele comia. Depois de comer ele foi lavar a boca e eu me sentei no sofá. Minutos depois ele se juntou a mim e desabou do meu lado.
-Nossa, valeu mesmo ! To bem melhor agora. Uuh acho que eu estava sentindo mais fome do que dor .
– E na verdade o que tu tem ?
– Ish, acordei com a maior dor no corpo, me sentindo cansado e fraco mas, graças a você e seu macarrao eu sou um novo homem !
Começamos a rir de novo. Eu só pensava como a idiota da ex dele tinha trocado esse homem por outro,tudo bem eu não conhecia o outro mas era impossivel de imaginar alguem mais perfeito que o gustavo. Ele é tudo o que uma garota sempre quis. Alem de super lindo e charmoso, uma pessoa extremamente agradavel.

Gustavo descidiu por um filme para nós assistirmos, fizemos a maior algazarra para escolher, ele pegou os dvds e pos as maos para o alto e eu fiquei lá pulando tentando puxar da mão dele, a risada dele deveria tocar no radio de tão agradavel.
-Baixinha
Ele me mostrava a lingua e eu lá pulando. Fechei a cara pra ele e lhe dei um pisão no pé, ele pulou e largou os DVDS que cairam no chão, eu os recolhi e me sentei sorrindo no sofá
– Au lú! que maldade !
– Maldade nada, lei da selvaa aaaanw!
– Tá bom filhotinha de leão!
Eu comecei a cantar um pedaço da musica do Racionais para ele
-Sou da selva, sou leão, sou demais pro seu quintal!
Fiz uma pose de maloqueira pra ele cruzando os braços.
– Ta bom NegroMaloca, escolhe logoo filme…

Agora não me lembro o nome do filme mas ele se passava na epoca nazista da alemanha, uma moça se apaixona por um oficial da força nazista mas ela é casada e os dois começaram a ter um caso, as cenas de sexo eram totalmente explicitas. Eu quietinha com o Gustavo do meu lado, assistimos o filme atentos a cada detalhe. Em uma das cenas o carinha la come o cuzinho da amante. Confesso que aquelas cenas de sexo estavam me deixando excitada demais e ainda com aquele gostosao do lado.

O filme acabou e nos permanecemos em silenco, percebi um volumão na samba canção do Gustavo e aquilo me deixou ainda mais molhada. Ele me olhou e percebeu que eu estava olhando para a ereçao dele , ele ficou todo sem graça, puxou uma almofada para tapar a ereçao

-Me desculpa, lú
-Desculpar o que ?
– Você viu que eu to de barraca armada é que esse filme com cenas de sexo e faz uns 3 meses que eu não como ninguem. To morrendo de vergonha, me desculpe !
Eu sorri para ele.
-Relaxa! Pode tirar a almofada. Eu gostei do volume que vi.
Eu puxei a almofada do colo dele, Gustavo estava sem graça mas a cara dele não negava o que ele queria.
Eu comecei a acareciar o pau dele sobre a samba cançao, ele gemia baixinho. Ele me olhava e eu mordia meu labio enquanto massageava seu pau. Puxei aquele pau enorme, marom, veiudo e grosso uma cabeçona vermelha. Comecei a punhetar ele devagar, ele me puxou para um beijo, e que beijo! Nossas bocas se encaixavam perfeitamente a gente se beijava com toda luxuria enquanto eu punhetava seu cacete. Desci beijando o peito dele, a barriga dele ainda punhetando seu pau. Ele gruniu quando dei um beijo molhado na cabeçona do pau dele.

Continuei punhetando ele enquanto chupava apenas a cabeça e ele gemia. Passei a lingua por todo aquele pau enorme, chupei suas bolas com maestria e depois enfiei o pau dele todo na boca, comecei a sugar aquele cacete gostoso
– Aaah Lú, que boquinha maravilhosa, nossa ! Isso huum chupaa tudo quero gozar nessa boquinha !
Eu mamava com gosto naquela pirocona, aguava de desejo com ela toda na minha boca, ja sentia minha xotinha pulsar de tesão! Guh empurava minha cabeça, fodendo bem forte minha boca, fazia barulho o pau dele todo babado entrando e saindo da minha boca. Ele apertou minha cabeça para baixo com mais força, eu sabia que ele ia gozar. Ele urrou e dei um soco no sofá, senti seu gozo quente e grosso na minha garganta. E eu danada que sou enjoli tudo .
– Porra lú que mamada sensacional !
Eu me levantei e tirei meu macacão, ficando apenas com minha calcinha fio dental rosinha. Me sentei no colo dele e fiquei esfregando minha calcinha molhada no pau dele. Guh começou a apertar meu peitinhos que cabiam dentro de suas maos e a passar a lingua nos meus biquinhos, chupando eles com vontade. Eu gemia gostoso e rebolava no colo dele .

Ele se levantou comigo no colo e me levou ate o quarto, me deitou em sua cama e voltou a me beijar, beijando minha boca, meu pescoço, chupou meus peitinhos e desceu mordendo minha barriguinha
– Ai Guuuh, chupa minha bucetinha vai !
Ele não perdeu tempo, tirou minha calcinha e abriu bem minhas pernas, ficou olhando minha xotinha rosinha toda melada.
-Des de que comecei a te treinar, via a laicra marcando essa bucetinha e pensava se um dia ia comer. Agora você ta aqui toda arreganhada pra mim, que delicia !
Ele se abaixou e caiu de boca na minha xotinha, começou chupando devagar explorando com a lingua cada cantinho da minha bucetinha, chupava com carinho meu grelinho e eu ja gemia sem parar
– Isso chupa vai, chupa sua aluninha!você não imaginava que ia me comer então chupa!
Ele colocou um travesseiro em baixo da minha bunda para ficar numa posição mais confortavel e voltou a me chupar. Como eu estava meio que num frango assado, ele conseguia tambem ter uma visão do meu rabinho, ele atrevido passou a lingua no meu cuzinho, eu gemi e ele percebeu que eu gostava entao começou a beijar e lamber meu cúzinho. Eu me retorcia de tesão. Ele chupava meu cuzinho enquanto metia dois dedos na minha xota e eu delirava. Não demorou muito para eu gozar. Ele limpou toda a minha xerequinha com a lingua. Levantou e começou a passar o corpo do seu pau na minha bucetinha molhada. Ainda em frango assado ele forçou a entrada da minha xotinha. A cabeçona entrou e eu dei o maior grito e ele urrou
– Huuuuuuuuum… Sempre imaginei que tu era apertadinha, nossa! Bucetinha fechadinha, vou arrombar agora !
Ele foi enfiando todo seu cacete grosso em mim e eu gemia e gritava. Abri as pernas e ele caiu por cima de mim ja com o pau todo dentro da minha bucetinha. Começamos a nos beijar e ele a socar com força na minha buceta. Eu gemia enquanto ele mordia meus labios. O barrulho do pau dele socando minha bucetinha, entrando e saindo bem forte estava me enlouquecendo. Cravei minhas unhas nas costas dele enquando ele me fodia e me beijava. Senti meu utero se contrair
-Ai vou gozar !
Ele começou a almenta o ritmo e a profundidade das estocadas na minha bucetinha que ja estava inchada com aquele piruzao entrando e saindo
Socando quase ate as bolas pra dentro de mim.
-Goza no meu pau vai ! Aaaai que buceta apertadinha gostosa, ui huuuum ai que delicia de bucetinha de ninfetinha. Anda safadinha goza no meu pau vai !
Eu virei minha cabeça pra traz. Enchi meu pulmao de ar e a gozei maravilhosamente , nossa ! Fiquei exausta mas o pau dele ainda estava lá duro feito pedra. Ele se deitou na cama e eu fui pra cima. Peguei meus dedos e passei na minha buceta rosada, esfreguei os dedos melados lubrificando meu cúzinho. Fiquei de costas para ele e encaixei o pau dele na portinha do meu cúzinho, ele ficou doido quando viu que eu ia libeirar o rabinho. Fui sentando devagar, abrindo caminho no meu cuzinho para o cacetao dele entrar, doia mas eu gostava. Sentei devagar de costas para ele lhe dando uma visao privilegiada do seu pau entrando e saindo do meu rabinho, comecei a quicar meu cuzinho no pau dele eu gemia igual uma cadelinha e ele urrava de tesao no meu cu apertadinho. Eu pulava forte, quicava com força. Ele segurou minha cintura por pras e eu la rebolando, quicando, pulando. A cama tremia e fazia barrulho parecia que ia quebrar e eu lá cavalgando meu cu no pauzao daquele moreno malhado e gostoso. Inclinei meu corpo para frente apoiando a maos maos na cama e comecei a subir e descer minha bunda no pau dele enquanto ele batia nas bandas do meu bumbum.
– isso isso isso! Nossa que cuzinho gostoso, quica mais que eu vou encher esse tabinho de porra. Huuum… Que vadiazinha gostosa que você é . adora sentar a bundinha na piroca.

Com uma das maos começei a esfregar meu grelinho enquanto rebolava meu cuzinho no pau dele, senti o pau dele se contrair no meu cuzinho. Comecei a morder o pau dele com meu rabinho, prendendo como se sugasse aquela torra. Ele começou a granir e eu a gemer cada vez mais alto, ele me apertou forte pela cintura travando meu rabinho no pau dele e encheu meu rabinho de porra. Quando ele gozou esfreguei mais forte meu grelinho e gozei tambem. Cai exausta do lado dele. Gustavo me colocou em cima do peito dele e acabamos pegando no sono. Acordei em cima da hora de ir embora, eu não quis acordar ele, então me arrumei e fui embora, lhe mandei uma msg depois. Agora todo dia ele me da um cansaço na academia e depois na cama !

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.