Rapidinha na Estrada

Pararam num bar desses pé sujo de posto de gasolina: além de não ter o que procuramos, o calor era infernal, a música ruim…Mas poderiam fazer o ambiente ficar muito melhor, muito mais interessante. Ela entra com um vestido branco justíssimo, sexy, curto e transparente evidenciando as curvas, sandálias altas, cabelos loiros soltos ao vento… Ele acompanha lindamente vestido por camisa, gravata e calça, olhar altivo. Belíssimos e contrastam com o local.
Silêncio total no recinto, ela entra e senta em uma banqueta perto do balcão, pede uma caipirinha e encara todos do bar, olha com altivez e sabe que TODOS os olhares são pra ela, devem pensar: “quem é essa puta, vagabunda que nos excita e deixa com o pau duro? E ele? Quem é ele que permite a ela se exibir assim?”
O clima é de lasciva louca, não existe mais nada no centro do universo além dela. Ele está sentado de frente a ela. Agora ela tira uma sandália deixando ver a calcinha minúscula, percebe-se que foi intencional. Tira a segunda sandália e abre aí mais as pernas, sentando de frente para o DONO ela abre as pernas escancaradamente e ele pergunta:
“- Porque minha MENINA ainda está vestida?”
Imediatamente ela passa a descer a calcinha por baixo do vestido e a deixa cair até os pés, quando ele termina de tirar a pequena peça e após sentir o cheiro de SUA fêmea no cio, guarda no bolso.
Ele desce da banqueta e a ampara para que desça, caminham ao redor da mesa de bilhar sob olhares curiosos e tesos, ela para e inclinada para pegar uma bola no centro da mesa deixa a bunda à mostra, brinca um pouco e dá uma ultima olhada e pensa: “Olhem com os olhos e lambam com a testa, pois aqui quem come e lambe é MEU SENHOR!”
Se retiram e assim como acontece onde passam, deixam o tesão pelo ar…
Agora ela precisa ser fodida com força, o tesão toma conta de ambos e ela passa a fazer um boquete ali mesmo no carro, precisa parar o carro e dar vazão aos instintos mais selvagens.
Carro estacionado…
Ela será currada ali a beira de estrada, como PUTA de beira de estrada, enquanto carros passam dão sinal de luz e buzinam…
“Fodam-se!”
Ela é retirada do carro e recostada contra a lateral do carro…
Ele a olha e dá um tapa na face, ela levanta o rosto e olha com olhar fulminante, ele vibra num misto de tesão e erotismo.
Força o corpo dela contra a lata fria e se enfia na BUCETA quente e molhada dela de uma só vez, ela geme e grita e ele mete com fúria, ela pede mais, porém ele quer que a MENINA goze apenas quando SEU SENHOR permitir.
Mete naquela BUCETA suculenta com força e rápido pois sabe que isso a leva ao delírio e sabe que o gozo dela se aproxima e diz;
“- MINHA cadela só vai gozar quando SEU SENHOR permitir, caso contrário será castigada.”
Ela geme e concorda.
Ele dá outro tapa em sua face e puxa o vestido com força deixando os seios de fora, passa a mordiscar e apertar os mamilos com força, ela grita e ele fode a xota com força.
Ele a põe de joelhos e enfia o pau molhado pelo liquido dela com o cheiro deles na boca, pois sabe que isso a deixa louca de tesão e fode bem no fundo de sua garganta…Bela visão!
Levanta a MENINA e a leva para o capô do carro, arreganha as pernas e deixa sua bunda empinada, braços estendidos e face colada ao carro.
Coloca-se atrás dela e passa o PAU DURO na entrada da BUCETA e enfia de vez, enfiando e tirando, para e passa na entrada do rabo dela, sente que seu corpo treme, como está com o PAU molhado pois acaba de foder a BUCETA e enfia de uma vez naquele CÚ APERTADO apertado e quente, sente que está difícil para entrar e ela urra de dor, tenta sair mas ele a impede, passa saliva no pau e cospe no cu dela e sente que agora entra deliciosamente, ela implora que ele pare mas ele não quer, ele não pode, não é mais DONO de si, é puro instinto.
Ela se rende e agora está postada à SUA frente, corpo entregue e ALMA FELIZ…Não há dor…APENAS prazer absoluto. Ele mete forte naquele rabo, forçando mais o corpo dela contra o carro, ela rebola… Estão unidos, ÚNICOS!!
Ele passa a foder com força e ela rebolava e pedia mais, ele aumenta os movimentos e agora diz que a MENINA pode gozar com SEU SENHOR, ele goza enchendo aquele cu de porra, ela rebola e goza loucamente, continuam essa dança de sedução e prazer até ficarem exaustos, corpos largados no capô do carro.
Desejo, vontade, tesão exposto, vontade de um beijo molhado, pernas trançadas, gemidos safados…Os cabelos da MENINA são SUAS rédeas, ele cavalga em seu corpo, naquele esconderijo que ele conhece cada milímetro, a fêmea no cio mexe e se prende a ele, êxtase absurdo.
Retornam ao carro e ela recosta o rosto em SEU ombro ! Lágrimas escorrem de seus olhos, corpos moles em êxtase ainda, tremem por inteiro, a proximidade dos corpos, o cheiro, o calor, o colo do DONO é o local mais seguro e esperado do mundo.
Ela diz ao SENHOR;
“- Grata MEU AMOR por fazer de mim a MULHER mais FELIZ do Cosmos!!”

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.