Professor Particular

Desde que eu me lembre, sempre moramos sozinho, eu meu pai. Por problemas de grana,tivemos que muda para um ap menor proximo ao Jabaquara.. Estudava num colégio grande e agora passei a estudar numa escola bem pequena onde quase todos se conhecem e o pessoal da escola conhece todos pelo nome.
Por ser escola pequena, atividades de educação física são realizadas com união de 2 turmas de séries diferentes.
Pela janela da minha sala, sempre observava as turmas dos 2º e 3º jogando na pequena quadra e um cara chamado Guilherme chamava atenção por ser o destaque da rapaziada em todas modalidades de esportes.
O tempo foi passando e fui me adaptando a nova vida mas com grandes dificuldades em acompanhar matérias de várias disciplinas…..

Sexshop


Não deu outra, logo que recebi as médias vi que tinha me ferrado feio. Quando meu pai viu, pintou sermão e a começou a ladainha que eu deveria estudar mais, que não fazia nada o dia inteiro, que deveria estudar. Claro que eu sabia do discurso mas, além de falta de vontade para estudar, não tinha como aprender sozinho um montão de coisas. Conversei com meu pai  que entrou em contato com o colégio para ver o que poderia ser feito e indicaram um prof particular, pai de um aluno do colégio, para me ajudar.a me recuperar.Meu pai entrou em contato com o prof particular e acertaram o acompanhamento.  Meu pai disse que eu deveria ir para ap desse prof após aulas e lá ele iria me orientar. Pois bem, peguei o endereço e fiz conforme o combinado.
O prof morava próximo de casa o que me facilitava ir p casa depois das aulas, comer alguma coisa, trocar de roupa e ir para casa  do prof. No terceiro dia que estava na casa do prof estudando na sala, a  porta abre e Guilherme entra no ap.  Eu não sabia que o Guilherme era filho do prof particular mas o prof sabia que eu e Guilherme estudávamos na mesma escola. Comentou comigo : Vc já deve conhecer meu filho Guilherme, vcs estudam na mesma escola.
Respondi que o conhecia de vista, que sempre o via praticando esportes pela janela da sala de aula…..
O pai dele sorriu e perguntou o que eu achava dele. Respondi que Guilherme era o destaque nos esportes….. Ele deu risada e respondeu : Tal pai, tal filho……
Perguntei se ele era bom em atividade física e respondeu que sim, em todas as modalidades…..
Deixei o assunto morrer e retornamos aos estudos. Depois de um tempo Guilherme entra na sala dó de bermuda,se senta ao meu lado e fala para o pai que tinha duvida num exercício.  O pai dele pede para ele trazer o caderno que ele iria explicar…. Eu já estava quase terminando a aula do dia e disse que poderíamos parar. O prof particular pediu para eu continuar a fazer a tarefa e terminar tudo. Guilherme retorna, senta novamente do meu lado e passa o caderno para o pai ver o exercício…..
Nessa de passar o caderno, a perna dele ficou encostada em mim  e, enquanto o pai explicava o que ele deveria fazer, ele ficava balançando a perna esquerda na minha perna direita.  Aquele contato e aquelas balançadas, me deixaram no tesão e fiquei de pau duro….
Eu já tinha terminado tudo mas agora não podia levantar senão eles iriam me ver no tesão….. Dei uma disfarçada como se estivesse prestando atenção no que eles estavam falando mas facilitava o contato entre nossas pernas. Quando Guilherme terminou exercício, passou caderno para o pai ver, colocou a mão na minha coxa e perguntou se eu estava melhorando. Respondi que estava, que o pai dele sabia explicar bem. Ele deu um apertão na minha perna e disse que o pai era excelente professor….
Pai do Guilherme devolveu o caderno e disse para ele que estava certo para ele fazer os outros exercícios e disse que eu já poderia ir…..
Juntei minhas coisas, levantei e tentei disfarçar o tesão. Despedi e fui embora com pau babando de tesão por aquele cara gostoso….
Desse dia em diante,tornou-se rotina. Eu estava estudando, Guilherme sempre chegava tarde, se trocava e sentava ao meu lado e já encostava  a perna em mim sem a menor cerimônia…….. Nossos papos foram se ampliando,eles já sabiam que eu morava sozinho com meu pai e não demorou muito, Guilherme terminava lição e pedia para eu esperar que iríamos sair juntos…… Nas primeiras vezes, saimos, fomos batendo papo e ele foi até o prédio onde eu morava….
Numa dessas vezes, ao chegarmos ele disse que se poderia entrar comigo para dar um mijão…..
Respondi que não teria problemas e subimos para eu ap.   Entramos e mostrei o wc. Ele continuou a conversar comigo, colocou o pau para fora e começou a mijar….
Claro que não tinha como olhar. Reparei que a cabeça do pau dele era achatada e bem maior que o pau dele, que era de tamanho médio e torto para baixo.
Como o pau dele estava meio duro, mijou para fora da privada. Deu risada e comentou que andava no maior tesão e que era dificil mijar assim….
Respondi que não tinha problema, que depois eu enxugava o chão. Quando terminou de mijar, começou a dar uma balançada no pau e vi  uma baba escorrendo.
Ele pegou um pedaço de papel para enxugar e ficou com pedaços de papel grudado no pau.
Guilherme : – Que merda, grudou papel no meu pau. Preciso passar uma água para limpar.
Respondi que poderia usar a mangueira do box. Na hora ele tirou bermuda, cueca e camiseta e entrou no box
Levei maior susto, pensei que só fosse lavar o pau mas lá estava ele pelado dentro do box. Meu tesão, que já estava grande, aumentou….
Foi quando ele perguntou : Tudo bem se eu tomar uma ducha ?
Respondi que não tinha problema. Visão maravilhosa em ver aquele cara debaixo d’água se lavando. Ele passou sabonete nos cabelos e enquanto a enxaguava a cabeça, ensaboava o peito, depois foi para o pau e ensaboou muito. e comentava que a baba parecia cola e que o papel ficava muito grudado….
Eu dava risada para disfarçar o tesão, disse para ele terminar banho que eu iria esperar na sala.
Ele pediu para eu ficar que já iria terminar. Se enxaguou e pediu uma toalha. Respondi que iria buscar mas ele disseque não precisava. Para eu dar a minha toalha para ele. Peguei a minha toalha,entreguei e ele começou a se enxugar.Pediu para eu pegar chinelo dele. Se enrolou na toalha,pegou as roupas e perguntou se poderia acabar de se enxugar no meu quarto.  Respondi que sim e fui na frente. Ele entrou, deu outra enxugada, sentou na cama pelado e começou a enxugar cada um dos dedos dos pés. Dizia que precisava deixar sequinho para não pegar micose. Ver aquele tesão pelado, sentado na minha cama, me deixou maluco.
Quando ele terminou de se enxugar, colocou a toalha sobre o travesseiro e deitou na minha cama. A visão agora era fantástica. Foi quando ele comentou : Cara,dá para sentir seu cheiro aqui na cama. Dei risada e perguntei se ele conhecia meu cheiro. Respondeu que sim, que adora sentar do meu lado para fazer lição pois via que eu ficava no tesão e adorava sentir aquele cheiro.
Guilherme : – O mesmo cheiro que estou sentindo agora…… vem aqui pertinho de mim
Me aproximei  da cabeceira da cama. Ele se levantou, sentou na beirada da cama, me puxou e começou a cheira minha bermuda firmando o rosto onde estava meu pau.
Guilherme : Cara,adoro esse seu cheiro. Cheiro de tesão de cara virgem……
Ele me cheirava e alisava as mãos pelas minhas pernas. Começou a mordiscar meu pau por cima da cueca e dizia que dava para sentir o gosto da minha baba. Lentamente  foi abaixando minha bermuda e cueca. Quando viu meu pau todo babado, dize: Que delicia, vou limpar tudo isso.
Começou a lamber meu pau que não parava de babar. Não demorou e ele estava engolindo todo meu pau.
Guilherme : Bebe, que delicia  Vou abusar muito de você
Me deixou peladinho, me deitou na cama,começou a lamber meu pescoço, chupar meu mamilos,lamber minha barriga e ir para o pau/saco
Guilherme: Caralho, como vc é gostoso. Tem cheirinho de bebezinho.
Não demorou,me virou de bruços e começou a morder ninha bunda e linguar meu cú.
Guilherme : Caralho,que cuzinho lindo. Tem todas pregas.Que delicia
Colocou um travesseiro embaixo de mim e com minha bunda levantada,chupava meu cú enfiando deliciosamente a língua. Cuspia no meu cu e chupava deliciosamente
Guilherme : Caralho bebezinho,seu cuzinho não para de piscar.Tá louquinho para levar vara
Na verdade eu estava na maior vontade mesmo. Guilherme começou a passar a vara dele no meu cu e voltava a me chupar
Eu estava morrendo de tesão, tinha maior vontade que ele começasse a me fuder mas foi quando ele se deitou na cama e pediu para eu mamar o pau dele.
Eu nunca tinha mamado mas meu tesão era tanto que ele nem precisou pedir duas vezes e cai de boca no pau dele.
Guilherme : – Calma bebe, não é assim. Lambe a cabeça do meu pau,depois  abre bem e boca,sem deixar dentes encostar no meu pau, tenta engolir o máximo que conseguir. Depois suga bem forte como se tivesse tomando um suco com canudinho….
Tentei fazer o que ele me ensinou mas quando tentava engolir o pau dele,eu me engasgava e sentia vontade de vomitar
Guilherme : – Vai com calma que vc aprende….
Depois de um tempo, ele mandou eu sentar na beirada da cama. Ele se levantou, mandou eu abrir bem a boca e começou a fuder minha boca com aquele pau torto delicioso. Não demorou e ele começou a gemer, segurou firme minha cabeça : Bebe, vou gozar, toma o leitinho do seu macho….
Começou a encher minha boca de porra. Eu estava engasgado, tentava tirar a boca do pau dele mas ele pedia para eu tomar tudo o que pudesse.
Engoli um pouco daquela porra mas deixei cair a maior parte para fora. Ele me levantou, me abraçou e me beijou muito gostoso…
Guilherme : Bebe,adorei. Vou cuidar muito bem de vc. Quero estourar as pregas desse seu cuzinho  lindo mas agora tenho que ir embora.
Aquela sensação daquele cara gostoso me abraçando, me beijando, me  deixou maluco e não resisti. Dei maior gozada que molhou as pernas dele.
Fiquei meio sem jeito e disse para ele tomar outro banho. Ele deu risada e disse que não. Para eu limpar com a toalha que ele queria ir embora sentindo meu cheiro.
Limpei as pernas dela com a toalha, ele se vestiu e foi embora.
Nesse dia bati 2 punhetas pensando nele.
Nos dias seguintes, as coisas se repetiam. Eu ia para casa dele, estudava. Depois saiamos juntos. Ele vinha comigo para minha casa e já íamos direto para meu quarto trepar. Um dia ele trouxe um gel e disse que agora iria começar e comer meu cu…….
Era o que eu esperava e não coloquei resistencia alguma….
Brincamos bastante, eu mamava o pau dele com a bunda virada para o rosto dele para ele chupar meu cu e nesse dia ele começou a passar gel no meu cu,massageava e enfiava o dedo. Era um pouco incomodo mas ele dizia que precisava me preparar para levar vara…
O jeito que falava e domínio que tinha sobre mim, aumentava meu tesão e queria muito que me fudesse. Depois de lubrificar bem meu cu, encheu o pau dele de gel, pediu para eu ficar de bruços e disse : Bebe, hoje vou te fuder gostoso. No começo vai doer um pouco. Vou colocar devagarinho.Mesmo doendo, vc tem que aguentar que logo a dor irá passar e voce vai sentir maior tesão em levar vara.
Eu estava na maior vontade de levar vara e respondi que queria muito. Ele começou a colocar a cabeça do pau na entrada do meu cú e dar uma forçada para entrar.
Conforme ele forçava, eu sentia dor  e dizia que estava doendo.Ele pedia para u relaxar, passava mais gel e mandava eu forçar o cú como se estivesse cagando.
Seguia as orientações mas toda vez que ele forçava o pau,eu sentia dor e travava o cu dificultando ele me fuder.
Ele insistia, mandava eu relaxar e abrir o cu… Não tinha jeito, mas ele forçava aquela cabeça grande do pau dele na entrada do meu cú, eu sentia dor e travava.
De repente ele ficou bravo e disse : Caralho Bebe, abre essa merda desse cu. Vou te fuder de qualquer jeito…… Ou vc relaxa e aproveita ou vou te estourar todinho….Vc esta louco para levar vara.Perde esse medo e me dá logo essa merda desse cu
Levei um puta susto com a forma que ele falou e vi que ele estava muito bravo comigo mas determinado a me fuder mesmo. Tentei relaxar e pedi para ele ir devagarinho… Ele começou a bombar com força e senti aquela cabeçona do pau dele estourando entrada do meu cu. Comecei a chorar e implorar para ele tirar a vara de mim.Ele nemse importava e mandava eu ficar quieto que agora o pior já tinha passado. Intensificou as bombadas e eu senti aquela vara tortona me rasgando entrando todinha dentro de mim. Sentia muita dor e não via a hora de terminar tudo aquilo
Foi quando ele jogou o corpo inteiro sobre mim e disse : Pronto,já entrou tudo. Relaxa que a dor já vai passar….
Depois de um tempo, começou a bombar devagarinho e perguntou bem doce : – Bebe, ainda tá doendo ?
Respondi que a dor estava passando
Guilherme : Isso,bebe, relaxa, agora vai ser só tesão……
Continuou a bombar e intensificava movimentos : Pronto, agora já esta abertinho…… Caralho, foi o cuzinho mais apertado que já arrebentei….
Agora ele já tirava o pau todinho para fora e enfiava de uma vez no meu cu  mas eu sempre sentia aquela cabeçona enorme do pau dele me rasgando mas estava adorando. Não demorou, senti aquele pau torto dele crescer dentro do meu cu, ele ficar ofegante dizendo que iria me encher de leite….
Enquanto gozava, ele gemia muito e dizia que tinha estourado todas minhas pregas……Senti aquela porra quente invadindo meu cu e forçava minha bunda em direção ao corpo dele.
Guilherme : Isso Bebe, sente a vara do seu macho dentro do seu cuzinho, Rebola essa bunda para seu macho….
Sentia maior tesão em ele me falar putarias e me chamar de Bebezinho dele.
Quando ele saiu de cima de mim,abriu meu cu e passou o dedo:  – Caralho Bebezinho,fiz estrago aqui.   Ta todo cheio de sangue…..
Fomos para o wc,sentei na privada para tirar a porra dele do meu cú.   Quando fui  me limpar, vi que o papel ficou sujo de sangue.Perguntei para ele o que deveria fazer. Ele respondeu que eu deveria lavar direitinho com sabão.Que iria doer um pouco mas que em alguns dias eu estaria recuperado e iria querer levar mais vara.
Depois que ele foi embora, tornei a bater punheta mesmo sentindo cu ardendo.
Nos dias seguintes, depois que terminava a lição no ap dele, ele não ia mais comigo para casa….
No inicio pensei que era em função do que ele havia dito que eu não deveria mais levar vara por uns 3 dias  mas já tinham se passado uns 10 dias e nada dele aparecer em casa;
Uma tarde,depois que eu já estava em casa, ele apareceu e disse que tinha vindo me fuder.
Fiz cara de bravo e disse que não estava a fim, que ele tinha sumido.
Ele respondeu que tudo bem, se eu não quissesse levar vara, ele iria pegar outro cara e disse que então iria embora.
Disse para ele que eu queria mas estava bravo porque ele tinha sumido, nem a lição fazia mais comigo na casa dele.
Guilherme : Bebezinho, se quiser levar vara, vem cuidar de seu macho. Se não estiver a fim, tchau !
Pensei rapidamente e falei que queria sim….
Ele já foi para meu quarto, ficou pelado e mandou eu cuidar dele
Mamei gostoso o pau dele e perguntei se agora ele ira voltar a me ver sempre
Guilherme : Bebe, venho quando quiser. Se gostar vai ser assim. Se não gostar, vamos parar por aqui
Eu não queria perder aquele cara gostoso e disse que tudo bem, seria como ele queria.
Nesse dia ele me fudeu rápido, sem dó e disse que meu cú já estava se acostumando com a vara dele.
Todo aquelas preliminares das primeiras vezes não aconteciam mais.
Isso se repetiu nas poucas outras vezes que ele apareceu em casa.
Um dia comentei com ele que ele aparecia muito pouco e que eu ficava sempre na vontade e foi quando ele respondeu: Caralho Bebe, ainda não percebeu  que tenho vários viadinhos como vc? Vc já viu que todos aqueles lekes que jogam comigo são loucos por mim. Me dão o cú quando quero
Agora a ficha começava a cair. Ele não era tanto destaque nos esportes como eu imaginava, na verdade, ele comia tudo o que era cara do colégio. Eu tinha sido a carne nova dele mas agora eu “já era”.
Disse que achava ele um tesão e que sempre ele poderia aparecer. Ele deu risada e disse que sabia disso. Foi quando ele perguntou se eu toparia trepar com algum amigo que ele trouxesse no meu ap. Respondi que dependia dele, se ele quissesse, eu toparia.
Ele deu risada e disse que ira trazer alguém muito especial. Queira saber quem seria mas ele disse que eu só saberia no dia que ele trouxesse
Depois de umas 2 semanas,ele toca o interfone  e quando eu atendo ele me diz :Bebe, abra a porta,trouxe um amigo comigo.
Eu já sabia que seria para treparmos e abri a porta do prédio e fui para o corredor esperar elevador chegar
Quando ele sai do elevador ele diz :Bebe,nem preciso te apresentar, vc já conhece bem.
Foi quando vi o pai dele sair do elevador. Fiquei pasmo com a situação.
Ele deu risada,mandou eu entrar no ap. Entramos, ele trancou a porta comentou :Bebe, hoje vc vai ter mais aulas com esse professor maravilhoso….
Nem respondi e o pai dele me abraçou e disse : Meu filhinho aprendeu bem a lição ? Hoje vai ter aula com profissional…..
Bom, isso é outra história mas pai do Guilherme é muito mais gostoso na cama
Atualmente Guilherme quase não aparece mais em casa e pai dele agora passou a me dar aulas em casa…. de todas as disciplinas….

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.