Perdidas e sem roupas na cachoeira

Pessoal, meu nome é Paula, tenho 27 anos, casada, 1 filho, moro em Brasília e vou relatar aqui um caso verídico que aconteceu comigo qdo tinha 14 anos. Leio contos há mto tempo e agora tomei coragem pra contar, nem meu marido sabe disso.
Morava no interior de MG e quase todo domingo eu e minha prima de 16 anos iamos pra cachoeira q ficava a uns 10 km da cidade. Era umas 9 da manhã qdo ela passou lá em casa e chamou eu pra ir, olhei pro céu e disse: Renata tá meio nublado, melhor não irmos! Ela insistiu, já pus biquine, fiz mochila, arruma e vamos lá. Com a insistência dela, fomos… Passamos o dia como sempre, nadamos, bronzeamos, brincamos, comemos sanduíche, etc No final da tarde, fomos tomar o último banho bem rápido, pra limpar a areia pra ir embora pq começou a chover, e ao sair da canhoeira vimos q nossos pneus estavam muchos, e nossas roupas e toalhas haviam sumido, ficamos desesperadas pois a pé iamos ter q ir embora e chegaríamos somente a noite e de biquini! Ficamos apavoradas pq deveria ter algum tarado q havia feito isso!! Além disso, comprei meu biquini qdo tinha 12 anos e encorpei mto depois disso, tava bem indecente, minha bunda e seios mal cabiam nele!
Andamos um pouco e chegamos a um barracão e vimos 4 garotos comendo churrasco e bebendo cerveja. Eram os mesmos garotos que foram na cachoeira por volta do meio dia e ficaram observando a gente. Minha prima disse pra mim que eles deveriam ter voltado e roubado nossas roupas e muchado os pneus, porém, sem escolha pedimos ajuda.
Minha prima conhecia um tal de Pedro q era o mais velho uns 20 anos e filho do dono da loja q ela trabalhava. Ele era o único q tinha carro, ele era moreno, cabelos lisos pretos, uns 175de altura, bem forte, fazia musculação, era lindo, estilo playboy. Ela pediu carona a ele, toda envergonhada de biquini, com os outros 3 comendo a gente com os olhos. Pedro disse q iam embora so amanha, q podiamos dormir la com um ar safado. Dissemos pra ele q ia pegar mal, iamos ficar mal faladas na cidade, q era mto pequena. Imploramos pra ele dar carona pra gente. Ele deu um copo de cerveja pra cada uma de nós e chamou Renata pra falar com ele dentro da casa. Fiquei de fora e Marcos, q namorava minha colega de sala e tinha 17 anos, me disse: vc ta linda nesse biquine, fiquei vermelha de vergonha, mas disse brigada, tomei toda cerveja, nunca havia bebido antes. Tava mto envergonhada, tampava com minhas mãos minha virilha pois meus pelos apareciam no fio dental branco. Virei e percebi q os outros 2 garotos nao tiravam os olhos de minha bunda. Graças a Deus Renata voltou e me puxou e disse: Paula, temos um problema: Pedro disse q leva a gente, mas só de dermos pra eles! Eu disse pra ela apavorada, vc ta louca, sabe q sou virgem, sabe q fiz anal a poucos meses com meu namorado pra não perder a virgindade, ta maluca. Perguntei a ela se ele sabia q ela não era virgem e ela disse q ele ja sabia pq o ex dela tinha contado pra ele. Ela disse q ja tinha explicado q eu era virgem de “buceta” e ele disse q tudo bem, não iam nem encostar na minha perseguida e Ou era isso ou teríamos q dormir lá com eles e a cidade toda saberia.
No fundo, estava meio excitada com a situação e o elogio anterior do Marcos. Com isso Pedro chega e fala e ai decidiram? Renata disse, sim, vamos dar, mas ninguém pode saber, ele disse: fica tranquila Linda e puxou ela pelo braço com força pro barracão e os outros 3 entraram com ele. Eu fiquei imobilizada, depois de uns 10 minutos, olhei pela fresta da porta e vi Pedro comendo ela de 4 e os outros 3 rindo, pondo o pau na boca dela, nao lembro direito, tava apavorada e ao mesmo tempo com tesão! Por azar a porta fez barulho e Pedro disse: vem Paulinha, corri pro curral com medo, Pedro veio atrás de mim e disse: Paula já tava quase gozando e vc me atrapalhou, vamos entrar? Falei q tava com vergonha dos meninos, ele tirou o pau melado pra fora e disse: chupa aqui um pouquinho linda, so um pouco e tirou meu sutia e comecou a chupar meus seios gulosamente…Ai, como ele foi mto carinhoso, comecei a chupar o pinto dele com vontade, o dele era bem maior e mais grosso q de meu namorado da escola q tinha 15 anos. Depois de 1 minuto disse, ta bom agora leva a gente, ele puxou meu cabelo, puxou o laço de minha calcinha e disse chupa mais linda, estava completamente nua, voltei a chupar e o safado gozou na minha boca, cuspi e quase vomitei na ora, tava no chao de 4 quase vomitando. Pior q percebi q Marcos estava do lado vendo tudo, ele disse: agora chupa pra mim, disse q nao q tava dando vomito com o esperma, o safado nem esperou eu levantar e foi enfiando no meu anus, nisso chegou Renata e os outros dois, todos nus, ai foi aquele bacanal, fizeram fila pra comer a gente, minha bunda ardia de tanto levar pica, chupei mto tbém!! Foi uma mistura de medo, tesão, excitação! Qdo eram umas 21hs, levaram a gente pra cidade. Pedro me procurou várias vezes depois disso, tivemos um namorico, continuei com meu namorado, mas não tinha como não sair com Pedro, ele me levava pra loja do pai dele, após alguns meses, larguei meu namorado e perdi a virgindade com ele. Depois disso, o boato começou a espalhar pela cidade, achamos q pelos outros 3 garotos, ai comecei a faltar de aula e perdi o ano, nunca contamos isso, nem meu marido sabe, graças a Deus me mudei da cidade pouco tempo depois! Lembrei disso agora pq fomos pra essa cidade nas férias, tenho parentes lá e o dono da Pizzaria lá é o Pedro, jantamos lá e percebi q ele não tirava os olhos de mim, ele me olhava meio enciumado, deve ter pensado casou com homem rico de brasília e se deu bem! meu marido nem desconfia disso q fiz.

 
Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.