Minha esposa fodeu com um negrão e eu adorei

E tudo ocorreu, de um forma inesperada e rápida, quando eu já estava a perder todas as esperanças de ver a minha mulher, a foder com um preto bem dotado.
Todos os leitores e membros aqui dos contoseroticos.pt, pelos nenos aqueles já lerem os meus contos anteriores, sabem bem do meu enorme desejo-sonho, de ver a minha querida esposa a ser bem comida, por um negrão. Inclusive eu próprio já tinha conseguindo, manifestar esta minha “tara” à minha esposa Ana.
Após a nossa última cessão de sexo, um menage fabuloso, em finais de agosto, do qual eu tive o prazer de relatar aqui, no meu último conto. Tinha dito à minha mulher, que queria muito vê-la com um preto . Ana como é habitual, nada disse-me, nem nunca mais quis falar sobre o assunto.
Eu mesmo no início de Outubro passado, tomei a iniciativa de “seleccionar”, alguns contactos /machos aqui do Xsocial. Até cheguei a estabelecer um contacto directo, via telefone, com um africano, que por razões de privacidade, não posso identificar claro. Contudo quero aqui através deste meu relato, dirigi-lo um bem haja muito grande, a toda a discrição e compreensão que ele teve, até chegou a enviar-me fotos dele mais “picantes” . Contudo mostrar fotos e contactos via net, à minha esposa é muito complicado…..pois ela associa tudo a “meios” de promiscuidade e “industria de sexo”.
Bom cheguei mesmo a ponderar, em contratar um macho negro, daqueles contactos do Tgatas, pagando a ele, para fingir ser meu cliente……..mas depois reflecti bem, e conheço muito bem a minha esposa, ela podia desconfiar e seria tudo bem pior, e eu jamais, quero destruir a excelente relação, que tenho com a minha querida esposa.
Até que durante uma noite, destes últimos dias, após as festas de ano novo, a minha mulher “apanhou-me” do seguinte modo. Julgava eu que ela estava, num sono profundo, estava eu a visualizar o cukold69.com , do qual mostrava um clip de um super negrão, bem preto pele mesmo escura, a ser mamado por uma loirinha, com o maridão ao lado a filmar a bater a sua. O titulo do clip era mesmo “ esposa oferece fantasia a marido corno” Não é que a minha Ana surgiu, muito sorrateiramente, nas minhas costas e disse-me tu queres mesmo muito isto, meu corninho tarado. Bom fiquei um bocado constrangido, ainda por cima encontrava sem boxers a bater a minha…só lhe disse amor é só a minha última “tara”, que gostaria que me realizasses. Acabamos num delicioso mermelaço, vendo mais um pouco o clip, acabando a minha esposa com a minha punheta, dizendo ao ouvido, talvez vais ter a tua sorte meu corninho.
Realmente foi neste fim-de-semana passado, que tudo ocorreu. Ana quando chegou a casa na passada 5ª feira, disse-me de “rajada” que o Marco ( o amante e nosso amigo ) vinha a Lisboa e tinha convidado ele para jantar connosco no sábado. Pedi-me para preparar o apartamento, da expo, Ana até já tinha encontrado a solução para os nossos miúdos, cabendo unicamente eu “ prepara o lugar da festa” ou seja o apartamento que temos que é da minha empresa, pois ela revelou que poderia haver surpresas. Eu já andavam um pouco desconfiado, pois Ana tinha indo ao Porto, 3 fim-de-semanas desde 22 de Novembro passado, umas vezes ela tinha me dito que era, por causa da última formação, outra vez por causa da Andreia ( a ex-colega dela e que anda com o Marco )……enfim como eu gosto de ser um corno manso, morro de ciúmes, por a minha esposa dormir com ele no Porto, ela nega sempre..…mas o tesão de corno fala mais alto.
Também no fundo, eu ando a comer a irmã dela/ a minha adorável cunhada Sandra, minha esposa nem sonha. Sei muito bem que Ana me ama, e que ela só anda com ele, é unicamente por causa de sexo, e do bacamarte potente dele.
Antes de irmos para o restaurante, passamos no apartamento da expo, Ana quis mudar de roupa e produzir-se……… a safada da minha mulher, colocou umas calças de cabedal pretas, bem justas e pretas, destas que agora vê-se muito, as senhoras e gajas, que usam normalmente sempre ficam, muito bem e dão um tesão descomunal. A minha esposa tem 3 pares, ela tem umas em tom castanho, que muitas vezes, Ana leva para o Hospital, ela fica um tesão de mulher…. Bom voltando à selecção da roupa, que Ana quis levar para o jantar, escolheu uma blusa de lã em tons de bege, com brilhantes a condizer com uns sapatos altos, cor de mel de tacão alto e muito fino. Claro a minha mulher esticou o cabelo, e pintou os lábios assim como os olhos, toda perfumada……..oh meu Deus, não é por ser minha esposa, mas Ana estava uma verdadeira fêmea. Por cima Ana usou o seu casaco de pele, podem ver nas fotos, que coloquei da minha esposa, aqui na secção das galerias – o casaco. Ana nem sonha que eu lhe tirei, umas fotos, sem ela se a perceber, quando ela estava fazer umas compras num supermercado.
Bom chegamos ao restaurante, o empregado veio recebermos, e confirmou com a minha mulher, “ Dona Ana sua mesa para 4” fiquei curioso mesa para 4? Sentamos ajudei a tirar o casaco à minha esposa, e questionei Ana ….querida não me digas que a Andreia ( a namorada de Marco ) vem? Já estava a pensar num swing. Ana só sorriu e disse-me calma amor, acho que vais adorar. Já tinha passado cerca de 15 ‘, quando verifico na zona de recepção o Marco….. e meu Deus vejo ele acompanhado, por um negro alto e muito bem parecido. Ao chegarem à nossa mesa, automaticamente Ana levantou-se e cumprimentou de beijo na cara o Marco, seguindo o Alex, seu nome, e foi a minha esposa que apresentou o cabrão do preto, alto bem constituído de pele bem escura. Bom iniciou-se umas conversas de circunstâncias, tipo a viagem foi boa etc…… Pedimos a comida, eu escolhi um vinho reserva, do mais alto gabarito, que eles se fartaram de elogiar……. E eu pensado para comigo próprio, porrra uma pomada caríssima, para estes dois sacanas, que irão comer a minha esposa todinha. Já estava a começar, e a sentir dificuldades em me concentrar no jantar propriamente dito…eles os 3 só falavam nos temas do ginásio, pois o Alex era t/b monitor de aulas de ginásio, e era um convidado de Marco, para umas demonstrações/novidades lá no ginásio dele. Alex era t/b muito próximo de Marco, pois eles tinham se conhecido em cuba, durante uma acções de formação em fitness. Alex ( natural de São Paulo ) um pouco mais jovem, do que Marco, disse que já tinha 33 anos, solteiro e ainda não tinha q/q compromisso.
Já perto do fim do jantar, Ana quis ir ao WC , quando se levantou da mesa, a minha esposa de uma forma discreta, ajustou um pouco as calças, notando-se muito bem, as marcas/vincos das cuecas nas nádegas. A safada foi muito lentamente, caminhado para o WC, com todos os olhares de homens, e não só, a não resistirem em fixarem-se no corpo da minha mulher, mesmo nós os 3 t/b comemos Ana com os olhos. Eu aproveitei a situação, e como só estava nós os 3 homens na mesa, foi directo para eles, mais concretamente para Alex,….enchendo-me de coragem, o vinho ajuda…então Alex já comeste a minha mulher? O sacana não teve meias medidas, e respondeu-me “ainda não…. a não ser que não deixes, mas estou com muita vontade, a tua esposa é muito gostosa.” Marco entrou na conversa, dizendo Rui tu tens uma mulher espectacular, ela só fala de ti, dos teus desejos e fantasias…..e revelou-me, neste momento já estávamos a ver o regresso da minha mulher á mesa, entre o Alex a tua esposa só houve sexo oral, pois ela quis fazer umas recolhas. Ana sentou na mesa e mudamos logo de conversa. Pedi café e levantei-me da mesa, dei um beijo na boca de Ana, e disse, olhando nos olhos do Alex, até já, e espero por vocês, mais ou menos daqui a 30’ Estava no Balcão do restaurante para pagar a conta, e vejo a minha esposa a vir ter comigo, eles querem pagar a conta, mas eu como bom cornudo e manso, insisti e disse não, eu é que pago, dá mais tesão ao cornudo, fazer ao papel todo……..aproveitando a minha mulher por perto, disse-lhe ao ouvido, já lhe fizeste um broche amorzinho….ela só me respondeu-me, como é que querias, que eu fizesse a recolha? Ana já caminhava para perto deles, mas puxei por um braço, enchendo-me de coragem, o vinho sempre ajuda muito, amor quero provar o esperma de Alex na tua boca……. Ana só deu-me mais um beijo e disse, até já.
Chegando ao apartamento, foi preparar o “terreno” para a cessão de sexo, tinha a piça que nem chumbo, já estava a pensar qual seria a lingerie que Ana tinha vestido, enfim estava a “transbordar de tusa” luzes no mínimo, música calma, abri um champanhe – marca vértice, que Ana adora, mesa do centro da sala, desviada para um canto, foi buscar o gel lubrificante, encontrei 2 preservativos na mesinha de cabeceira, da minha esposa. Toca a campainha, só tinha passado cerca de 20’ que tesão que estava sentido, t/b agora mesmo descrevendo este relato, sinto um forte tesão, eram eles… Abri a porta, Ana vinha de mão dada, com Marco Alex mais a atrás, servi-lhes aos 3 copos com o champanhe, Ana depois de beber, disse que ia ao quarto, ficamos os 3 machos calados na sala, só a beber…até que apareceu na sala a minha Ana, de botas altas, em tom de cinzento/mel, que eu adoro e escolhi/comprei para ela usar em momentos quentes podem ver na minha galeria…(selecção de esposa ). com o casaco de pele, e atirou-se a Marco, dançando e iniciando um marmelaço, senti uma mistura de ciúmes e desejo de corno que é difícil explicar, Alex sentou-se no sofá a apreciar, Marco tirou o casaco de Ana muito lentamente, porra a minha mulher estava demais, que boazona Ana tina escolhido o conjunto que eu adoro, rosa tipo salmão e preto, com meias cor de mel, ligadas ao cinto de ligas, deste conjunto que adoro ver. Caros leitores e amigos podem visualizar, na minha galeria…o conjunto…………. Ana fica mesmo a “matar” Bom Ana t/b começou a roçar, nas calças de Marco, abrindo os botões, desapertando o cinto das calças, tudo muito lentamente, e dando fortes linguados no sacana……. Eu já estava na minha cadeira, a bater a minha fabulosa punheta, que visão meu Deus…a música combinava e tudo…..até que Ana acaba por despir as calças e camisa de Marco, ficando aquele bacamarte todo disponível……. Ana sentou Marco num sofá, e ajoelhou-se aos seus pés, olhou-me na cara, e iniciou uma mamada divinal, começando por toques de língua, na cabeçorra, depois abriu a boca e colocou literalmente a o caralho de Marco na boca. Cuspiu bastante saliva, para cima do cacete dele, alguma foi cuspida, sem ela querer na barriga e conchas das pernas, mas Ana foi buscar esta mesma saliva, com as mãos, para depositar em todo o redor do cacete dele, para fazer um autentico gelado de limão/tipo Calipo. Claro que Alex, já se encontrava sem calças nem cuecas, e a apalpar a minha Ana. Então Ana deixou agora o seu amante – Marco, afastou as pernas de Alex, e começou a brincar com o pauzão de Alex. Nas mãos da minha Ana, o cacetão de Alex, começou a crescer mais e ficar mais “visível”. Ana voltou-me a olhar na cara, agora com mais pormenor, notava-se que este cacetão de Alex, ser mais comprido, do que Marco ( Ana uma vez tinha me dito que Marco tinha 21 cm ) portanto Alex de certeza que seria para ai uns 23 cm, mas mais fino, muito escuro, todo o corpo de Alex, é mesmo preto escuro, tal como eu sonhava, só a ponta da piça, notava-se um vermelhaço. Pedi a Ana “amor molha bem este pauzão” e Ana assim o fez, olhando de novo para a minha cara, que tusa meu Deus. A visão/expressão do rosto lindo da minha esposa, a abrir os lábios e engolir aquele pauzão preto, todo molhado nem tem palavras, foi das melhores visões que a minha querida mulher me ofereceu. Ana mamou e bem, foi até aos tomates do sacana, ela mamou um por um, Alex só gemia e dizia que tusuda, que mama tão bem.
De seguida a minha mulher, foi se colocar em cima da mesa da sala, e Marco não teve cerimonias, começou a foder Ana forte e feio na cona, na posição de frango assado, com Ana a gemer bem, Ana pedi-me os preservativos e entreguei-lhe, ela quis colocar nos dois sacanas, que tesão ver a minha esposa, de joelhos a colocar camisinhas, em dois machos bem dotados, Ana já estava no tapete da sala, eu já calculava ela já estava “doida” por piça no cú. Ana coloca-se de gatas, e diz em voz alta, o meu marido cornudo é que manda a partir da agora, adoro quando a minha mulher, trata-me por cornudo na presença de outros machos ……que tesão ver eles os dois em pé, a transpirarem de tusa, com as pilas nas não,” à espera das minhas ordens” Então foi buscar o gel lubrificante, e pedi ao Alex , lubrifica bem o ânus dela e todas as nádegas, e tu Marco vais por a pila na boca da minha mulher. Quero ver um vaivém bem mexido, neste esfíncter…… meu Deus parecia uma sala de filmes pornográficos, em que as estrelas principais eram o Alex e a minha Ana.
Que tesão ver aquelas mãos pretas e grandes, de Alex a espalharem o gel na peída, da minha esposa, o sacana de Marco não quis perder esta cena, o inicio da penetração de Alex no cú da minha esposa, ficando mesmo ao lado do preto. Não foi muito difícil, pois Ana estava bem lubrificada, e com muita tusa, e foi um tal bombear, vi mesmo o sacana do Alex, a dar boas estocadas no cú de Ana, fiquei mesmo perto deles, pude ver toda a extensão daquele caralho a percorrer todo o esfíncter da minha mulher, quando ele chegava ao fundo, ouvia-se o som dos corpos a tocarem, um no outro, devido t/b à acção do gel, ouvia-se perfeitamente a voz da minha mulher afogante/rouca, mesmo já com o caralho de Marco na boca Foi um dos momentos mais delirantes que eu já tive com a minha querida esposa. Pedi a Alex, dá-lhe umas palmadazinhas nas nádegas, e esticões nos elásticos do cinto de ligas, e assim ele fez, com uma mestria e cuidado…..que tesão..…já apertava o meu caralho para ainda não me vir. Até que o sacana do Marco deu uma sugestão, Rui queres ver a tua mulher a levar com 3 piças ao mesmo tempo? Eu que estava “mergulhado naquele mar de tesão” respondi como assim? Então o sacana reposicionou-se, mudando todos de posições. Ele Marco ficou deitado no tapete, virado para cima, pediu a Ana para se colocar em cima dele, comecei logo a ver no que ia dar, que espectáculo pensei estou nas nuvens, desta forma Marco começou a foder a minha esposa na cona, Alex voltou comer o cú, ficando eu para por piça na boca da minha querida. Ana estava bem excitada, notava-se a maneira como Ana baloiçava a cabeça, perdida de prazer, fiquei por alguns minutos, a ver com pormenor, a piça de Marco a entrar e sair da cona, com Alex a martelar literalmente no cú de Ana, mais uma vez que visão fabulosa, ver aquelas duas picas, majestosas sendo uma delas preta e escura a entrar e sair de dentro do cú de Ana. Bom acabei por dar um pouco de mamar à minha querida adorável esposa, vendo assim deste modo, Ana bem preenchida por 3 caralhos. Reparei na cara de Ana, os olhos pareciam trocados, a minha mulher apresentava uma expressão, de uma verdadeira “putinha consolada”
Bom só faltava o banho de esporra, estava para breve. Alex já anunciava, que não aguentava mais e queria se vir, Marco estava ao ritmo de Ana, ela é que cavalgava em cima dele. Então pedi a Ana, ao ouvido, amorzinho coloca-te de joelhos, quero ver um banho de esporra, para cima de ti…e Ana ficou de joelhos, tipo estrela porno, pedi a Alex para se aguentar o máximo possível, e disse a Marco, vamos dar os primeiros esguichos para cima da minha mulher, Marco esguichou bem forte para cima de Ana, molhando a testa e cabelo e escorrendo algum pelas faces. Eu que estava a delirar. t/b dei um forte esguicho, certinho num dos olhos de Ana, ela teve que remover com as suas mãos. Por último Alex já a bufar, por tudo que era lado, gemendo e dizendo coisa linda, gostosa veio-se com “menos pressão” ou seja o sacana não deu esguichos, tive mesmo que pedir a Ana, para pegar na piçarrona dele, e colocar sobre a cara, para a porra não ir para o tapete, e enchendo de coragem, mais de vergonha t/b, pedi a Ana abre a boca e coloca o esperma na língua, que quero fazer um linguado contigo, e ajoelhei-me fazendo um forte linguado com a minha esposa, olhando no canto dos olhos para os dois machos, que tinham acabando de comer a minha querida esposa. Senti o gosto finalmente de um preto, e na boca de Ana, foi demais, é por isso que amo cada vez mais a minha adorável esposa Foi uma gangbang fabulosa e brutal, de sonho. Uma situação que se eu pensar há cerca de 15 anos atrás, esta aventura nunca seria possível realizar, jamais poderia pensar que a minha esposa, alinhava numa situação destas. Por isso tudo, a minha querida adorável esposa – Ana, é a melhor coisa que tenho, neste mundo. O forte prazer sexual, que Ana me proporciona, não tem palavras. Termino escrevendo AMO CADA VEZ MAIS A MINHA MULHER.
aguardo comentários para [email protected]

 
Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.