Meu padrasto é meu homem

Oi meu apelido é Mila tenho 21 anos,sou magrinha e 1,50 de alt.Quando minha mãe se casou pela 2 vez eu era muito pequena, e meu padrasto é um homem muito carinhoso e atencioso comigo mas nunca tentou nada comigo,quando eu tinha 15 anos acabei um namoro muito conturbado e confidenciei a meu padrasto q me aconselhou,o tempo se passou e a cada dia mas aumentava a confiança q eu tinha nele mas ele nunca me desrespeitou.Um determinado dia cheguei do trabalho ele estava no quarto se trocando pra ir tocar pq ele é musico e ao passar em frente ao quarto com a porta entre aberta o vi de costa vestindo a

 

cueca,parei e fiquei nedtesiada por um instante vendo aquele monumento,meio sem querer bati na porta ele se virou e vi o tamanho do seu pau,foi q ele meio q constrangido acabou de vestir a cueca e me perguntou se eu estava precisando de alguma coisa eu disse q não. Ele se arrumou e saiu,mas aquela visão não saia de minha cabeça. Quando ele chegou minha mãe estava dormindo percebi q ele.passou pro WC pra tomar banho,me levantei e com muito cuidado abri a porta do meu quarto e fiquei esperando ele sair do wc, quando ele saiu me fiz q ia tomar água eu estava com uma langerri vermelha bem transparente com um fio dental lindo ele parou e aproveitou a geladeira aberta e pegou o suco pra ele tomar foi q eu tomei a iniciativa e passei colado nele senti sua respiração em meu pescoço. Comecei a conversar um pouco com ele e disse q fazia algum tempo q eu não beijava ninguém,ele olhou dentro dos meus olhos não resisti e o beijei.Ele percebeu q eu estava cheia de tesão pra falar a verdade eu nunca tinha beijado um cara tao gostoso e cheiroso enquanto nos beijavamos senti um volume aumentar por dentro do seu roupão passei a mão e senti aquele pau gostoso me ajoelhei e comecei a chupar minha bucetinha estava toda molhada emplorando aquele pau mas como eu ia fazer se eu ainda era virgem o chamei pra dentro do meu quarto e começamos a fazer amor ele desceu e começou a chupar minha bucetinha eu estava delirando de prazer pedi pra ele penetrar em mim mas q colocasse devagar pois eu era virgem ele fez com muita calma sem eu perceber ele colocou doeu mas como eu estava pertinho de gozar com a penetração teve uma mistura deliciosa de dor com prazer,não podia ser outra pessoa pra tirar minha virgindade se não meu padrasto. Daquele dia em diante me tranformei em sua amante.

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.