Meu cunhado novinho me fudeu

Olá, sou a Alicia, casada a mais de 10 anos, tenho 35 anos, com corpinho e carinha de 25, cabelos lisos e nos ombros, loirinha platinada, tenho 1,68 altura, peso 56 kl bem distribuídos, aliás com maior parte desses 56 kl em minha bunda, peitinho durinho, corpo bem natural, firme e tentador.
Tenho uma vida sexual bem movimentada, adoro sexo, muito sexo, dizem que cheiro a sexo kkk. Sou totalmente infiel, assim como meu marido, já curtimos muitas juntos, swing, troca, sexo em mesmo ambiente, inversão, entre traições e deliciosas infidelidades, consentidas e não consentidas, nos damos super bem.
Bom, hoje quero falar da infidelidade não consentida mais recente e tentadora deste ano, kkk, dei pra meu concunhado, noivo da Irmã mais nova dele. Tudo começou, quando Contratei um pintor para reformar meu quarto semana passada, o pintor deveria vir 3 dias para concluir o trabalho, mas, acabou deixando o serviço pela metade, pegou um trabalho maior. Devido a isso, chamei meu cunhado que está de férias para me ajudar, ele é moreno, estilo pagodeiro, 21 anos, sempre deu em cima de mim, em todas as festinhas ou reuniões de família, sempre se insinuava com caras e bocas, me fazendo perceber o tamanho do desejo dele em me fuder.
Já tivemos inúmeras oportunidades de ficarmos sozinhos, mas, não rolava. Nesse dia, exatamente 1 semana atrás, ele topou vir terminar a pintura do meu quarto e eu fui ajudá-lo, coloquei uma calcinha fio dental branquinha, um shortinho jeans bem curtinho enfiadinho no meu grande cuzinho e na parte de cima uma regatinha Branca, sem sutiã claro.
Ele chegou e já foi me olhando dos pés à cabeça e mordendo os lábios, como estava com visitas em casa (meus 3 sobrinhos 9,11 e 13 anos), os pedi para ficarem no quarto jogando Xbox enquanto terminávamos a pintura do quarto, liguei o som da sala bem alto, abri uma cerveja e vim com ele para o meu quarto. Fiquei curtindo o pau dele crescer na bermuda, enquanto ele mexia a tinta e eu preparava o rolo para começarmos a pintura. Depois de algumas pinceladas dele na parede, eu fiquei com a parte do acabamento, passando o pincel nos cantinhos, então abaixava e minha bunda ficava com o shortinho bem atoladinho, ao mesmo tempo que minha regatinha folgadinha mostrava todos os meus seios, comecei a ficar com muito calor, moro no Nordeste, então, como meu quarto é uma suíte e meu banheiro a porta é de vidro, disse a ele que tomaria um banho. Ele ficou surpreso, depois relaxou, ficou me vendo, se tocando e lambendo os lábios, ele sabia que meu marido logo chegaria para almoçar, então, não tentou nada, me pediu uma toalha e foi para o banheiro social. Assim que ele entrou no outro banheiro meu marido chegou (depois ele confessou que bateu uma pra mim). Meu marido almoçou e foi embora, ele também almoçou, descansou um pouco e foi voltando logo pra o meu quarto, então liguei o ar condicionado pra sentir menos calor, voltamos a pintar com um tesão de doer a cada troca de olhares, ele fixava os olhos em meus seios durinhos e eu direcionava meus olhos querendo sugar aquele pau moreno e enorme, queria a cada segundo mais e mais sentir ele dentro de mim. Então, fomos tentando nos controlar e fracassando a cada novo olhar. Já havia terminado todo o rodapé restava subir na escada e fazer o rodateto, e foi o que fiz, depois do banho não havia colocado calcinha, só o shortinho com a regatinha, então, ele perguntou, que cor é sua calcinha? Não vejo daqui. Eu queria apenas uma oportunidade, então, desci 2 degraus e abri o zíper e pedi para ele tentar achar com os dedos, ele colocou os dedos e eu fui conduzindo a mão dele, para que me masturbasse, desci da escada, o puxei pra junto de mim segurei em seu pau, já totalmente duro e perguntei no ouvido dele: a quanto tempo você me quer? Ele Respondeu: desde que te conheci, há 3 anos atrás. Então, o beijei gostoso e ajoelhei, abaixei sua bermuda e a cueca e comecei a sugar aquele pau delicioso, enorme, grosso, duro e cheio de tesao. Chupei por alguns minutos, enquanto olhava ele estremecer de tesao, puxando meus cabelos e metendo em minha boca, delirando e me pedindo chupa, chupa, chupa sua gostosa, chupa sua vadia, chupa meu pau que já gozou várias vezes pra você, querendo sentir você todinha, sou tarado no seu rabo, vem gostosa vem… Fique de pé, virei de costas e me ofereci inteira pra ele, abrindo minha bunda com as 2 mãos, com minha cabeça apoiada na parede que tínhamos acabado de pintar, nas pontas do pés, toda empinadinha, louca de vontade. Ele segurou em meus cabelos com uma mão, com a outra conduziu seu pau pra dentro de minha bucetinha rosinha, apertadinha e linda, deu uma estocada tão firme que senti arder, entrou rasgando minha bucetinha molhadinha, deu um gritinho abafado de dor, enquanto ele segurava firme meu quadril e puxava meus cabelos e repetia freneticamente: toma, toma, toma gostosa, aí que tesão como eu queria comer você, delícia. Quando a dorzinha da primeira metida daquele pau grosso passou,comecei a rebolar e a pedir mais: mete, me come, fode gostoso, arromba minha bucetinha rosinha e apertadinha vaiiiiiii… Não consegui segurar, gozei rebolando minha buceta no pau dele, Ele não resistiu e gozou em cima de minha bunda, enquanto repetia: gostosa é minha puta agora. E acertou, sou mesmo! Hoje estou totalmente viciada no pau dele! Até a próxima

Sexshop
Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.