Médico de Família

estes dias precisei visitar um médico para consultar sobre umas fisgadas que estava sentindo na virilha, nada preocupante, mas que estava me incomodando a algum tempo. Chegando no consultório particular, a secretária me encaminhou até o plantonista, dr. Marcelo. Ele um jovem médico de semblante bastante sério, altura mediana, topete no cabelo bem cortado e barba bem feita, bem apessoado. Ele começou a consulta bem seco, fez várias perguntas sobre o que eu estava sentido e pediu para que eu descesse a bermuda para examinar a região dolorida. Não sei o que aconteceu comigo, mas quando o Dr. começou

Sexshop

me examinar, a passar a mão na minha virilha, apalpando e perguntando se estava doendo, meu pau deu sinal de vida e foi endurecendo dentro da cueca até ficar uma pedra e a cabeça sair para fora DA cueca, na verdade meio pau ficou para fora , ele tem 18 cm e bem grosso com bastante veias ressaltadas, é uma cobra que hipnotiza a mulherada, o dr. Marcelo , antes sério, ficou surpreso, seus olhos brilharam, acho que ficou encantado tb, e para quebrar o silêncio fez uma brincadeira perguntando se eu estava a perigo , e eu respondi na lata que não, que aquela situação nunca tinha acontecido num exame médico e que eu estava constrangido, ele continuou o exame como se nada estivesse acontecendo, eu olhando aquilo, ele examinando minha virilha, passando a mão perto da cabeça da minha pistola, estava cada vez com mais tesão, aí brinquei com ele dizendo que quando ele ficava assim só um boquete o acalmava. O dr Marcelo, ficou sem reação e ficou até encabulado, estava encarando a cabeça do meu pau que estava a centimetros da sua boca, senti que ele queria pegar e por na boca, estava salivando, mas exitou, fechou a fisionomia e rebateu na hora: tá me estranhando rapaz e fez o movimento para levantar da cadeira e sair de perto, rapidamente eu respondi : – Não Dr. de jeito nenhum, não estou estranhando não, eu estou é reconhecendo e num ato reflexo, sem dar chance de reação, pequei sua mão e coloquei em cima da cabeça do meu cacete que estava fora da cueca e falei com ele: acalma ele Dr. pode ser que com um carinho ou com um boquete voce que sabe, ai, fui sentando na maca com ele sentado na cadeira na altura da minha pica, com sua mão em cima do meu pau apertei para ele segurar firme meu cacete e com a outra mão puxei seu rosto para mais pertinho do meu cacete, forcei a sua mão bater uma punheta, e encostei sua boca na cabeça do meu pau e disse: dr. você está doido para dar uma chupadinha, aproveita, somos só nós dois, ninguem vai ficar sabendo, chupa que hoje ele é todinho seu!
O Dr Marcelo estava perturbado, estava transtornado, parecia numa luta interna de consciência, tentando resistir, mas começou a fazer um movimento leve de punheta sozinho e encostou seus lábios na ponta do cacete, timidamente foi abrindo a boca e eu aproveitando sua fraqueza fui empurrando o pau para dentro até sentir que ele estava engolindo toda, sua lingua começou a trabalhar, mais e mais e como quem tivesse experimentando um sorvete de sabor bem doce, chupou com vontade de quem estava gostando, logo, logo ele colocou tudo na boca , lambeu, beijou, chupou, babou, parecia uma puta experiente, enquanto chupava e lambia meu saco, ele batia uma punheta gostosa, estava uma delícia, mas eu queria ver meu cacete enterrado todo em sua boca, então puxei sua cabeça com as duas mãos , e terminei de enterrar ate o Marcelo engasgar, e eu falava: vem dr chupa ele gostoso, engole tudo! O dr já estava gostando da brincadeira engolia tudo e tirava, engolia e tirava que boquete maravilhoso, molhadinho, macio, , com uma das mãos ela ajudava batendo uma punheta e com a outra segurava , alisava e fazia carinho no meu saco, o tesão foi crescendo e na hora que senti que ia gozar, puxei a cabeça do dr pelo topete com certa forca e esporrei em seu rosto inteiro, sujando sua barba, bigode, olhos, bochecha, foram tres jatos bem dados. ainda estava terminando de gozar passando minha pica na sua boca deixando ela bem gozadinha quando a secretária bateu na porta chamando o dr marcelo, foi a hora que ele caiu em si, rapidamente ele se levantou , pediu para ela esperar um pouquinho e foi se limpar no banheiro e sem olhar para tras me pediu para sair. eu antes de sair agradeci e disse: dr. você tem uma boca de veludo e perguntei: quando posso marcar a nova consulta com o sr? ele só respondeu que iria ver a agenda. Nunca remarcou, depois deste dia, nunca mais vi o dr Marcelo boca de veludo!

Disk Sexo
Sexo por Telefone
Tags:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.