Me pegou e me fudeu deliciosamente no carro

Oi, eu sou uma mulher com 32 anos, tenho 1,55 e peso em torno de 50 kg, o tenho seios pequenos, mas bem durinhos, e o que chama atenção é minha bunda, tanto que já ouvi apelidos se referindo a minha pessoa como formiga. Sou morena, tenho cabelos castanhos bem claros e olhos escuros. Eu havia tido um relacionamento de uns 8 meses como um carinha, um tesão, e eu que tinha medo de fazer anal com ele fiz, e só com ele, ele meteu devagarzinho, soube esperar passar a dor e foi tudo de bom, mas por ele ser muito galinha acabamos nos afastando, depois disso acabei indo morar com um cara, mas não deu muito certo,muito possessivo e fazíamos pouco sexo, então falei com meus ex marido se poderia voltar a morar com ele, não maritalmente, mas como ele é bem mais velho que eu, quase 30 anos, eu poderia cuidar dele e ele ficaria perto dos filhos e então fazem 4 meses que “voltei para casa”, e voltei também ao meu trabalho como profissional liberal trabalhando com minha ex professora.

 

Em uma quarta-feira por volta das 18 e 30 estou eu voltando no meu carro para a praia onde moro, são 12 km até em casa, e vinha eu com tesão, louca para chegar em casa, entrar no banho e me masturbar gostoso, desde que havia voltado a morar com o ex marido eu andava saindo pouco e não havia transado, quando para ao meu lado na pista dupla um carro, buzina, eu olho, ele abre o vidro do carona, e noto que é o carinha que eu adorava transar, e logo ele passa por mim e segue em frente, confesso que se eu estava com tesão, ao vê-lo só aumentou o meu desejo, e no resto do caminho fui lembrando nossas trepadas, eu de 4, chupando a pica dele, tomando leitinho na xaninha e tudo mais e foi entrar em casa já avisei que iria para o banho e masturbei gostoso imaginando,lembrando daquele caralho de 19 cm sumindo nas minhas entranhas.
Na quinta-feira quis muito encontrá-lo na estrada, mas nada de avistar o carro dele, e rapidamente cheguei em casa, tomei um banho, coloquei um vestido preto básico tomara que caia e curto,deixando boa parte de minha coxas a mostra, uma calcinha pequenina branca e nada de sutiã, mas subi em uma sandália de salto, e avisei que iria ao lançamento de um novo produto e que pegaria minha ex professora e agora colega de trabalho e que deveria voltar em torno de umas 23 horas. Quando larguei minha colega em casa e venho voltando para casa olho na minha frente o carro dele, agora fui eu que emparelhei o carro no dele, abri o vidro e dei um oi e segui alguns km mais tarde ele passa de carro por mim, começa a dirigir bem devagar, coloca o pisca alerta e depois da o sinal para o lado direito e entra na Rua do Clube Caixeral, eu sem pensar muito e tomada de vontade de falar com ele entro junto, ele anda uma quadra para o carro, paro atrás e ele desce do carro e vem em direção ao meu carro de calção e camiseta de futebol, noto que esta suado, abaixo o vidro e pergunto o que ele quer, e sem dizer nada me pega pela nuca, e me beija, eu tento resistir mas ele é insistente e abro minha boca e recebo aquela língua gostosa que tanto gostava e começamos em um beijo alucinante,nervoso e cheio de tesão, até que ele safadamente coloca a mão nas minha coxas, eu puxo meu vestido curto pra baixo e rapidamente ele puxa meu vestido tomara que caia e desnuda meus seios, e tento cobrir, mas ele afaga um e continua me beijando, meus seios estão intumescidos, com os bicos durinhos e ele segura com força meus cabelos e cai de boca nos meus seios, chupa com vontade,suga até quase doer, e eu peço que pare, mas ele é a cada segundo mais atrevido e me beija gostoso,o que eu de pronto respondo, e enfia a mão no meio das minhas pernas e toca minha buceta por cima da calcinha branca, e sente que estou completamente molhada, arreda a calcinha pro lado e enfia,soca um dedinho,depois dois dedinhos e eu pedindo para parar que se continuar assim vou me acabar, mas ele não me ouve, e enquanto me masturba segue chupando meus seios, e me deixando doida, até que ele tira os dedos da minha vagina e chupa-os, e enfia de novo e da para eu chupar, eu acabo por chupar e senti o gostinho do meu mel, e foi ai que eu consegui me desvencilhar dele, e pedi para conversar, ele quis entrar no meu carro,mas eu disse que não e quando se afastou do carro pude perceber o pau extremamente duro por dentro do calção de futebol que ele vestia, e foi em direção ao seu carro, liguei o meu carro para ir embora e quando ele abre a porta do carro dele eu em um impulso insano paro ao lado e peço para ele entrar no meu carro, ele entra,e já vem me beijando e enfiando os dedo na minha buceta, eu continuo com os seios para fora do vestido e peço para estacionar o carro que esta em fila dupla,ao lado do dele, e ele deixa eu andar uma quadra e quando estaciono e olho para ele a piça dura esta pra fora do calção, e não me faço de rogada e fico de quatro no banco e pego com a mão aquele caralho o qual não consigo nem fechar a mão no entorno dele, e olho aquele cabeção vermelho e pulsante e passo a língua na cabeça e início uma punheta e logo, logo estou chupando com gosto aquele caralhão, lambo ele todinho, e quando chego na cabeça enfio o possível na boca, ele me vendo de quatro levanta meu vestido deixando meu rabão gostoso que ele tanto gosta de meter a mostra,coberto ela fina tirinha da calcinha que teima em esconder meu buraquinho, sinto que a piça reage na minha boca quando ele vê meu rabão, sinto ela endurecer ainda mais e pulsar freneticamente, e chupo com mais gosto ainda, as vezes paro e punheteio aquele pica e fico olhando para safado, mas nisso ele puxa minha calcinha até os joelhos, e fala que meu rabo é maravilhoso, e vai enfiando os dedos na minha buceta melada,melecada e começo a rebolar, e digo que ele é um tesão, que a pica dele é maravilhosa, e sinto ele massageando meu grelo, até que me puxa pelos cabelos com força,gosto disso, e me força a sentar no seu colo, sento e começo a beijar novamente já querendo pica, e começo a esfregar o caralho entre meus lábios vaginais, e pergunto se ele tem camisinha e neste momento ele se mexe e sinto a cabeça da pica invadir minha buceta e invadir, ultrapassar os lábios da bucetinha , eu insisto com a camisinha e o pau vai me invadindo,vai se acomodando todo até trancar no meu útero, reclamo de dor, mas ele esta surdo e começa a socar, socar toda a picona inteirinha dentro de mim, eu me encosto no corpo dele e baixo todo o banco, e começo a rebolar, me afasto dele e acho uma maneira de ver o caralho entrar e sair de dentro e quando esta todo dentro forçando meu útero eu rebolo com gosto, até que ele pede para eu chupar o dedo, eu chupo como se fosse uma piça e o safado pega o dedo melado e começa a forçar meu buraquinho anal, mas eu mexo muito e ele me puxa para perto dele expondo meu cue um dedinho vence minhas preguinhas e ai sim, fudeu, eu aviso que vou gozar, ele me fala que vem também, eu peço que goze fora,que goze fora, até digo que tomo o leitinho,mas o safado começa a acabar,sinto o jato de porra quente dentro da minha buceta, ele soca dois dedos no meu cue sentindo a buceta melada de porra e com os dedos massageando meu cueu me acabo e começo a ter espasmos de tesão, minha buceta apertadinha esta toda arrombada e grito que ele é um tesão e que adoro a porra dele,nisso me abraço a ele e ficamos ali mudos, me dou conta do lugar e da hora e saio de cima, ele levanta o banco e digo que preciso ir, ele me fala que quer mais,sento no banco,puxo a calcinha para cima, o vestido eu ajeito como dá e dirigo até onde esta o carro dele, peço que saia, ele diz que só saí se eu me virar e mostrar o cupara ele, fico de quatro agora virada para a porta do carro, ele levanta meu vestido,coloca a calcinha pro lado e chupa meu cú,nossa aquilo me da arrepios, e começo a rebolar, e quando olho pra trás ele esta de pau duro de novo, fico de quatro virada para ele e começo a punhetar,chupar,lamber aquele caralho até que peço porra na boca, ele quer fuder meu cú, então eu acelero a masturbação e quando vejo o primeiro jato de porra abocanho e todo tudo, agora sim ele para quieto e sem uma palavra saí do meu carro, eu estou atordoada e me arrumo para chegar em casa, ele espera eu arrancar com o carro e depois sai.
Chego em casa e já vem o ex marido me perguntando se tinha acontecido algo, que eu havia me atrasado, falei apenas que tinha perdido a hora, e fui para o meu quarto, quando tiro a calcinha é que vejo o estrago, tinha porra e sangue na minha calcinha, não tive dúvidas em tirar uma foto da calcinha para enviar, resolvi não enviar na noite, e sim quando eu tivesse certeza que ele estava no trabalho, e tive que ir ao banho

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.