A loira da casa de Swing

Era um sábado a noite, programamos ir á casa de swing para nos divertirmos um pouco. Nunca fizemos troca de casais, mas já transamos no mesmo ambiente e eu já interagi com outras mulheres, o que realiza plenamente as fantasias de meu marido, que se delicia ao me ver trocando carinhos com outra mulher. A casa estava lotada e os casais circulavam pela pista , bares e suítes coletivas. Estávamos dançando na pista quando notei um casal a nos olhar. Ele eu confesso que não lembro como era, mas ela, nossa, ela era muito gata. Loira, alta, cabelos lisos e longos, um rosto bonito, bem maquiada, pele bronzeada, seios fartos contidos dentro de um mini vestido branco, deixando a mostra, além de um corpo escultural, um par de pernas muito bem torneadas…enfim…uma gata! Notei que ela nos olhava e comentava algo com o marido. Troquei alguns olhares com ela, mas logo eles saíram dali. Fomos dar uma circulada na casa e nas suítes coletivas assistimos muitos casais transando e realizando trocas, enquanto eu e meu marido interagíamos entre nós, numa sessão de carícias maravilhosa. Já era tarde, quando estávamos numa suíte coletiva onde a luz é bem fraca, permanecendo numa penumbra e alguns casais transavam numa cama gigante no centro do quarto, enquanto outros, inclusive nós, olhavam ao redor. Um casal se aproximou de nós e parou do nosso lado e pude sentir que algo me tocou o braço, olhei e era a loira gata do inicio da noite, ao meu lado encostando o seu braço no meu. De início achei que era pelo fato de estar apertado ali com tanta gente, mas quando olhei pra ela, ela sorriu e passou a mão na minha cintura. Meu coração acelerou, afinal ela era muito linda, então me virei de frente pra ela e sorri, foi o sinal que ela esperava…aproximou-se mais e nos beijamos….e que beijo!!! Sua boca era carnuda, igual a minha, e ela beijava muito bem. Logo nossas mãos começaram a percorrer nossos corpos por cima da roupa, tocando braços, costas, cabelos, num beijo muito gostoso e sensual. Nossos maridos perceberam que o momento era nosso e se posicionaram cada um atrás da sua esposa, e iam se deliciando com a cena e nos tocando também. O vestido branco que a loira usava tinha um zíper na frente, logo fui abrindo com calma e tocando com a ponta do dedo a pele que se descobria, até deixar a mostra um decote maravilhoso e dois seios fartos lindos, com uma marquinha de biquíni minúscula. Ela também foi procurando o meu decote, que era bem avantajado e descendo o meu vestido pelos ombros até deixá-lo cair na cintura, deixando meus seios a mostra, que não eram tão grandes quanto os seus, mas firmes e com os mamilos já enrijecidos a esta altura. Começamos a roçar nossos seios enquanto nos beijavamos e isso foi me dando um tesão tão absurdo que já podia sentir minha calcinha umedecer entre as pernas. Nossas mãos acariciavam os seios e tocavam nossa pele sem parar. Eu beijei-lhe o pescoço, senti a maciez da sua pele e um agradável aroma, fui descendo até colocar o seu seio na minha boca e lamber ele todinho. Coloquei seu mamilo na minha boca e dei chupadinhas leves, o que a levou á loucura e fez com que ela quisesse retribuir a altura, me sugando em movimentos muito sensuais. Uma onda de prazer foi tomando conta de nós e então eu senti que a mão dela procurava minhas coxas. Não demorou muito e pude sentir a mão dela sobre a minha calcinha, o que me deixou ainda mais excitada. Logo senti seu dedo colocando a calcinha de lado e me tocando com delicadeza. Fiz o mesmo, e coloquei minha mão por dentro da calcinha dela, e encontrei uma buceta enorme, com um grelo saliente, muito quente e já ensopada de prazer. Ela foi abrindo as pernas e me deixando tocá-la , enquanto nos beijávamos alucinadamente. Enquanto isso meu marido, que a essa altura já estava com o pau pra fora da calça, roçava na minha bunda e me mordia a nuca. Foi uma sensação única, uma onda de prazer inigualável, os dedos dela faziam movimentos circulares me deixando louca de prazer, ao mesmo tempo eu já estava com dois dedos enfiados na buceta dela, muito quente e molhada. Não demorou muito e nós gozamos, feito duas fêmeas no cio, com muito prazer, gritos e gemidos. Senti seu líquido escorrer na minha mão e nos abraçamos forte. Foi um gozo intenso e delicado ao mesmo tempo. Olhei ao redor e notei que vários casais assistiam á cena, excitadíssimos. Nos despedimos com um selinho e ela saiu do quarto. Meu marido estava muito excitado com a situação, então me abaixei e comecei a chupá-lo com muita vontade. Sentia que o pau dele estava quase explodindo na minha boca, foi então que fui surpreendida por uma mão nas minhas coxas, e não eram as mãos do meu marido, eram mãos femininas e vinham de uma morena que havia tomado o lugar da loira no quarto, mas essa história eu conto no próximo conto…aguardem…

 
Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.