Liberada pelo marido Corno Manso

Na manhã seguinte, acordei toda manhosa, estava me sentindo uma rainha depois que levei duas picas ao mesmo tempo, estava em êxtase toda satisfeita, mas já com vontade de repetir a dose, fiquei na cama curtindo aquela preguicinha gostosa de sábado, meu maridinho veio, me beijou gostoso, acariciou minha bucetinha, abri bem as pernas e ele enfiou um dedo no meu cusinho, ele adora meu cusinho, disse que eu tinha virado uma puta ontem, mas que ele tinha amado me ver dando pra outro homem e que se eu quisesse poderíamos fazer de novo com que eu escolhesse, pensei em dar uma mas ele pediu pra me arrumar que íamos levar o João no aeroporto.
Pegamos ele no hotel e fomos ao aeroporto, na hora do chekin, ficamos sabendo que iria atrasar o voo, esperamos e depois de mais de duas horas o voo foi cancelado, só haveria um outro no dia seguinte, não tinha nenhuma outra companhia que pudesse embarcar ele, nossa cidade não tem muitas linha aéreas, então meu marido resolveu que ele iria ficar em casa até o dia seguinte.
Ao ouvir isso quase gritei viva, minha bucetinha piscou de alegria, fomos ao shoping, passeamos na cidade, e ao chegar em casa, meu marido recebeu uma chamada da empresa e teria que ir ate lá, João quis ir junto, mas ele falou que havia uma restrição de entrada depois do horário, eu imaginei que isso não era verdade, ele me deu um beijinho e falou divirta-se no meu ouvido, aquilo era uma carta branca para eu me esbaldar com seu amigo.
Estava um dia bonito de sol, disse para irmos ate o quintal, pra piscina, pedi que me esperasse lá, fui no banheiro, raspei totalmente minha buceta, deixei bem lisinha e meu cu também, pus um biquíni de lacinho, peguei minha nécessaire, deitei bem na frente dele de bruços, e pedi para ele passar o protetor em mim, soltei o lacinho da parte de cima, ele caprichou na esfregação, quando chegou na parte da bunda, ele desavergonhadamente, puxou o lacinho delicadamente e tirou a parte de baixo, fiquei peladinha com aquele homem gostoso me alisando, então ele ficou de pé, eu fui baixando sua bermuda, peguei aquele pau maravilhoso e e comecei a chupar, tentei engolir mas não foi tudo, mamei muito, beijei e depois fiquei de quatro na espreguiçadeira, ele me segurou pela cintura, encostou a cabeça do pau na portinha da minha buceta, rebolei bem gostoso e o pau foi entrando até preencher totalmente minha bucetinha.
Depois de um movimento leve de entra e sai, ele começou a fazer um movimento frenético, eu já estava gemendo de prazer, comecei a gemer alto e gozar como louca, mas sentindo que logo ele também gozaria, interrompi, pus ele deitado e cavalguei aquela pica até cansar as pernas, ai peguei um óleo lubrificante e passei bem no pau dele, abracei ele e disse “vou deixar você meter no meu cuzinho, mas agora vai por só a cabecinha e de noite você me pede pra comer ele!”, ele me agarrou e me beijou com muita vontade, me deixou de quatro, passou lubrificante no meu cu e começou a passar a rola nele, curtiu bastante o momento e começou a forçar a entrada, senti as pregas cedendo e a cabeça foi entrando, como era maior que a do meu maridinho, doeu muito mas o prazer era maior, ele ficou brincando no meu anelzinho um pouco e começou a entrar mais e eu impedi.
Vendo que ele queria gozar, tirei da bundinha e fique de joelhos na sua frente, chupei até ele começar a gozar, deixei ele jorrar na minha cara e depois mamei aquele pau gozando, tomei muita porra, limpei bem ate a ultima gota.
Logo ele já queria mais, mas disse para deixar para a noite e fui saindo, ele me agarrou forte por trás, me beijou a nuca, chupou meu pescoço, apertou meus peitos, me chamou de biscate, puta, vadia, disse que iria arrumar um serviço por semana só pra vir me comer, sentia a sua vara já dura esfregando na minha bunda, ele me apertou forte contra ele e enfiou não sei quantos dedos na minha buceta e eu gozei de novo, ai pedi para ele parar que senão ele não ia ter gás pra me comer depois e eu ia querer ele todinho na minha bundinha.

 
Sexo por Telefone

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.