Fodendo a Amanda Francine

Após um período de viagens e mais uma vez no estaleiro, em tratamento, pude reencontrar a querida e deliciosa Amanda Francine. Falar da qualidade de seu atendimento é ser repetitivo, mas ela sempre me reserva uma surpresa, cada vez mais prazerosa. Desta vez foram anéis penianos que ela havia pedido que eu trouxesse. Como sempre foi pontual e ao entrar na suíte, aquela alegria. Sorriso largo, brilho nos olhos, aquela voz suave e sexy, o beijão de língua e o suave contato com seu corpo, me deu a certeza que seria mais uma tarde memorável. Conversamos, rimos e carinhos. Havia levado rosas amarelas e vermelhas que ela adorou, seu chocolate preferido e umas cervejas, que só eu tomei e brindamos com água de coco, rss. Eu já havia tomado banho e ela então

 

falou, deita aí, me aguarde e se prepare, pois estou com muito tesão. Ligou a TV em um filme pornô e foi ao banho. Voltou, deitou-se a meu lado e começamos a nos beijar, abraçar e passar as mãos. Nestes momentos Amandinha dá uns gemidinhos que só aumentam a excitação. Deitou-se e comecei a beijar e lamber seu corpo e percebi que estava se arrepiando todinha. Chupei aqueles peitões deliciosos e sentia que os biquinhos iam ficando durinhos, até que pediu que fosse até sua bucetinha lisinha e cheirosa, o que fiz com o máximo prazer e comecei a lamber e chupar. Sentia que seu grelinho e os lábios iam ficando entumecidos até que gozou gostoso em minha boca. Disse que ficou molinha e pediu que eu deitasse e a aguardasse. Super excitado ansiava por seu oral fantástico, único, até que senti seus lábios e boca chupando, lambendo e punhetando meu pau e bolas. Aí pegou os anéis penianos colocou um na base do pau e outro envolvendo meu saco. Engolia minhas bolas, lambia, dava um leve apertozinho com os lábios e foi me levando à loucura. Alternava beijos gregos e um fio terra fantástico. Disse que estava prestes a explodir e aí ela pediu com a voz mais meiga e gostosa que já ouvi: não goza ainda que eu quero, que eu quero meter. Encapou e deitou-se. Comecei a penetrar e fui até minhas últimas forças alternando movimentos leves e estocadas mais fortes. Até que gozamos de modo intenso. Eu estava tão eufórico que desta vez tenho certeza que as paredes do velho Hotel Lido estremeceram, rss. Retirou a camisinha e começou a brincar com a cabeça do pau, literalmente me levando ao delírio. Ofegante me esparramei na cama e abraçado a ela, senti que sua temperatura havia subido, rss. Ela diz que ainda queria gozar mais, mas infelizmente não pude, apesar da minha vontade gigantesca, por absoluta falta de condições físicas. Começou a passar os peitos nas minhas coxas, barriga e nos beijamos. Até que falou: fica quietinho que vou fazer uma massagem para relaxar. Não poderia haver melhor final. Conversamos mais um pouco e como o horário estava para terminar, disse a ela que gostaria que ficasse mais uma hora, acrescentando o valor desta hora a seu cachê, mas como já havia agendado outro cliente, não seria possível. Super profissional. Foi ao banho e veio se despedir com aquele super beijo e abraço e já deixamos agendado mais uma tarde na próxima semana. Espero que seja suficiente para me “restabelecer fisicamente” e poder desfrutar mais uma vez da companhia da Amandinha. Resolvi acrescentar o valor de uma hora a seu cachê, pela imensa satisfação que me proporcionou. Valeu cada momento. Repeteco forever.

 

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.