Foda gostosa com a ex namorada

Estamos separados já há uns meses. Mas minha ex-esposa desejava muito me ver e dar pra mim… Disse que a pegaria de táxi próximo à casa da mãe dela e a levaria para um motel… E assim foi…

Sexshop

Quando a via, logo me enchi de tesão e a esperava dentro do táxi, já sentado no banco de trás… O taxista perguntou para onde íamos e falei de pronto o nome do motel famoso aqui da região… E lá fomos nós conversando amenidades…

Chegando no motel, pedimos um apartamento e entramos garagem adentro… O taxista foi embora e nós fomos direto para o quarto… Estávamos cheios de tesão… Para quem ficou casado por muitos anos, ficar sozinho, sem uma boa trepada não fica legal mesmo…

Disk Sexo

Ela tirando as roupas todas… Eu arrancando as minhas… Ela uma branca, de cabelos longos, uma cheinha sensual, com carne e cheia de molejo numa boa trepada… Eu mulato, cheio de tesão, doido para comer ela toda…

Ela se deitou na cama e logo dei meu pau para ela chupar com vontade… Ela pediu para que eu gravasse a cena… E eu gravei no celular… Ela chupava e eu conversava com ela… Safadinha que estava, chupava, olhava pra câmera e continuava falando e chupando minha rola com maestria… Ela deitada, quase que de bruços, sobre minhas pernas, fazendo um delicioso boquete… Eu dando tapinhas em sua bunda gostosa, filmando ela toda, pelos espelhos, me enchendo cada vez mais de tesão…

Ela ainda me disse que se eu quisesse ligar a tv num pornô para me motivar ainda mais, que podia… Depois ela ficou espiando o que acontecia nos filmes… De vez em quando ela me falava: “Amor, ela está dando a bundinha!”…

Deitei ela de costas… Encaixei meu pau na sua buceta quente e molhada e estoquei muito, mas muito, ouvindo ela me pedindo para comê-la mais e mais… “Mete!… Mete!…” Ela pedia e gemia ao mesmo tempo… Via meu corpo se batendo contra o dela, enfiando minha rola naquela xana maravilhosamente tesuda pelo espelho frontal… Olhava a tv, gemia, falava bobeiras… E eu metia, metia…

Pedi para ela ficar de quatro, segurei nas suas ancas, deixando aquela bunda gostosa e bonita exposta… Meti o meu pau naquela xota gostosa que já respingava de tanto prazer… Ela gemia cada vez mais alto, gritava, mandava eu estocar mais… Mandei ela rebolar (adoro!) e ela rebolou muito com meu pau dentro…

Puxei ela pra beirada da cama, mandei ela se empinar e continuei a bombar em pé naquela buceta maravilhosa… Segurava ela pelas ancas, dando tapinhas sensuais na sua bunda (amo essa bunda!)… Ela gemia… Olhava a tv e gemia mais e mais…

Aí não aguentei mais e gozei muito naquela xana, sem parar de bombar… Gozei muito, mas muito mesmo… Ela, não percebendo, deitou-se na cama e eu mandei ela me chupar mais… Ela já tinha dito várias vezes que não queria mais sentir gosto de porra na boca. Mas no momento ela chupou… Sentiu gosto de porra misturado com o melzinho vasto da buceta dela… Chupou e chupou me deixando com muito mais tesão…

Então a coloquei em pé, perto da cama e tentava meter no cuzinho dela… Ela estava doidinha pra me dar sua bundinha que tanto amo, mas disse que talvez não daria porque eu não levei o lubrificante que me permitiu comer o cuzinho dela com ela de pé na minha casa… Mas tentei… tentei… Não estava conseguindo… Não mesmo… Muita dificuldade de meter naquele cuzinho tão desejado com ela estando de pé…

Então deitamos novamente, mandei ela me chupar e falar besteiras, que desejava que eu comesse o cu dela…

E ele foi falando, meu pau foi ficando cada vez mais rígido, mais duro, mais doido par comer o cu dela e ela repetia “Come o meu cuzinho!”… Eu vim aqui pra te dar meu cuzinho!”… Sou toda sua!…”… E eu fiquei louco… Com ela de ladinho, então, consegui meter… Mesmo sem lubrificante, ela estava toda molhadinha… Entrou fácil meu pau naquela bunda mais que gostosa… Meti tudo… Fui dando umas estocadinhas… E mais… E nisso ia virando ela de bruços… Até que virei e me maravilhei comendo o cuzinho com ela de bruços… Ela empinava a bundinha e rebolava… Eu gemia, doido, louco, feliz… Até que ela falou que queria toda minha porra, todo leite no cuzinho dela… E começou a falar “Goza, vai, goza no meu cuzinho, enche minha bundinha de porra!… Dá esse leite no meu rabo!…”…

Tanto falou que eu gozei muito dentro daquele cuzinho lindo e gostoso demais… Ela me disse que agora está adorando me dar seu rabo… Ela não me dava enquanto estávamos casados… Agora ela ama me dar sua bundinha deliciosa…

Descansamos um pouco e depois fomos tomar banho para o segundo round…

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.