FIZ MÉNAGE COM O MEU TIO E COM O MEU PRIMO

Era tarde de um sábado quando o meu telefone tocou e eu ao atender vi que era o meu tio que chamarei de Marcos e com quem eu já vinha transando em segredo fazia uns seis meses já que ele era casado na época, me chamando para ir até a casa dele que ele queria me fazer uma surpresa, mas que eu fosse como se fosse fazê-los uma visita, mas já sabendo que a minha tia (irmã do meu pai) não estaria em casa já que havia viajado com uma amiga e vizinha deles. Disse a ele que já tinha um compromisso para logo mais a noite e realmente tinha, era um aniversário de uma amiga, mas ele insistiu e acabei cedendo e indo ao encontro dele sem saber o que me esperava. Por volta das sete da noite cheguei à casa dele e mal entrei na casa ele já veio com tudo para cima de mim dizendo que estava com muitas saudades e que teríamos a noite toda para tirarmos o atraso já que fazia mais de um mês que não transávamos. Nisso já foi tirando o short que usava e deitando-se na poltrona me oferecendo o cacete que já estava duro e apontando para o teto para que eu o chupasse. Agarrei aquele cacete e enfiei-o na boca chupando com muito prazer como sempre fazia e arrancando-lhe gemidos e elogios de quanto eu chupava bem. Logo em seguida foi a vez dele retribuir me chupando a buceta tão logo eu me livrei da roupa que eu usava. Minha xota logo ficou encharcada com as linguadas que ele me dava percorrendo toda minha rachinha e enfiando vez ou outra a língua e às vezes um dedo dentro dela me proporcionando vários espasmos. Ficamos nos revezando no oral por quase meia hora e quando eu já me ajeitava na poltrona para que ele me penetrasse, eis que a campainha toca e tivemos de parar para que ele fosse atender dado a insistência. Continuei ali mesma deitada totalmente nua a esperar que ele voltasse o que fez logo em seguida e para minha surpresa, voltou acompanhado do meu primo Robson, com quem eu já havia transado também. Rapidamente busquei cobrir minhas partes íntimas com minhas mãos e foi ai que o meu tio disse que era esta (a presença do meu primo) a surpresa de que havia me falado. Disse a ele que não estava entendendo a surpresa e ele disse que numa certa vez que transávamos eu no auge do prazer disse (muito excitada que eu estava) que eu um dia queria experimentar ele (meu tio) e um outro homem dentro da minha rachinha e do meu buraquinho ao mesmo tempo e como ele sabia já fazia um bom tempo que eu já tinha transado algumas vezes com o meu primo, ele achou que aquele era o momento para realizar a minha vontade que confesso nem me lembrava de ter dito o que ele falou, mas como eu já transara realmente com o primo e como quem esta na chuva é para se molhar, disse-lhes: ‘O que estão esperando para me foderem juntos, estou com minha xota em chama e encharcada1. Como eles ficaram ali em pé sem reação, perguntei-os: ‘Vão ou não vão me fazer gozar?’ e assim o meu primo rapidamente se livrou das roupas que usava e junto com o meu tio vieram com tudo para cima de mim, passando a se revezarem na minha boca e na minha buceta. Ora eu chupava o primo enquanto meu tio metia na minha buça, ora vice versa com o meu primo metendo na minha buceta e eu chupando o meu tio. Depois que me fuderam bastante na buceta e na minha boca, disseram que chegara a hora de me fuderem o cu também e assim o meu primo que tem o cacete um pouco menor que o do meu tio, foi o primeiro a penetrar no meu buraquinho enquanto minha boca se mantinha ocupada com a pica do meu tio dentro dela. Depois de uns dez minutos naquela posição, eles se revezaram e eu pude sentir a pica do meu tio, maior e mais grossa me adentrando o cu e me alargando mais. Metemos naquela posição nem sei por quanto tempo, comigo tendo vários espasmos até que não resisti e aos berros disse que estava gozando gostoso. Neste instante eles também aceleraram os movimentos de entra e sai no meu cu e na minha boca e em segundos pediram pra que me deitasse na poltrona e jorraram jatos e mais jatos de porra sobre o meu rosto e na minha boca enchendo-a. Logo fiz questão de mostra-los e engoli tudo, voltando a suga-los na pica até que não restasse mais uma gotinha sequer daqueles leitinhos maravilhosos que eu já havia provado e me deliciado outras vezes anteriormente. Em seguida fomos para o banheiro tomar banho e lá me fizeram de sanduíche, ficaram novamente excitados e com a água do chuveiro caindo sobre nossos corpos, ali mesmo de pé após fecharem o registro, meu tio me ergueu pela cintura e enterrou a pica na minha buceta, deixando meu cusinho para que o meu primo o penetrasse o que de imediato ele fez. Depois inverteram de posição e meu tio meteu no meu cu enquanto o meu primo metia na minha buceta. Foi uma dupla penetração maravilhosa que até então eu não tinha experimentado naquela posição. Logo os dois disseram que iam gozar e me fazendo ficar ajoelhada na frente deles, jorraram suas porras novamente sobre o meu rosto e minha boca, me fazendo engolir novamente. Terminamos nosso banho e antes de voltarmos a brincar já que a noite prometia, pausa para nos recuperar bebendo algumas cervejas e comendo uns tira gosto que meu tio preparara. Depois fomos todos pra cama, metemos, gozamos e acabamos por dormir comigo entre eles servindo de sanduíche. Pela manhã ao despertarmos, mais uma vez os dois me foderam gostoso até gozarmos todos juntos. Por volta das nove da manhã disse a eles que iria embora, pois tinha de dar uma ajeitada na minha casa já que trabalharia nos dias seguintes e não teria tempo. Quando ia me despedir deles para me dirigir ao ponto de ônibus, meu primo disse que estava de carro e me levaria até minha casa. Lógico que não recusei a carona e lá chegando convidei-o para entrar um pouco e acabamos transando de novo, para em seguida ele tomar um banho e ir embora para casa dele, mas prometendo voltar no fim de semana seguinte para brincarmos se eu quisesse é claro. Disse a ele que iria pensar no assunto e que se decidisse pelo sim ligaria para marcarmos. Ele então deu-me um beijo na boca e se foi, me deixando exausta e extasiada de tanto que gozei desde a noite anterior com ele e com o meu tio. Ah, nem preciso dizer que meu cusinho e minha bucetinha ficaram arregaçados e minha boca dormente e dolorida de tanto que eu os chupei, mas valeu a pena cada segundo junto deles e depois na minha casa somente com o meu primo, que além de ser uma gatão e ter uma bela pica, fode gostoso pacas. Espero que votem e comentem se gostarem realmente, que eu retribuirei da mesma forma, priorizando os que comentarem os meus contos (verídicos por sinal), pois eu adoro ler e escrever ficando bastante excitada e com minha buceta meladinha de tanto melzinho que produzo e começo a soltar pela minha racha a fora. Beijos em todos.

Sexshop
Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.