Eu minha Madrasta e meu Marido Negão

Após ler muitos contos (eu particularmente gostava mais de ver filmes pornôs mas quando comecei a ler esses contos xv vídeos ficou no chinelo)….

LibidGel

Bom sem mais delongas vamos lá….

Eu sou filha única tenho 23 anos, meus pais são separados e ambos construíram suas vidas, meu pai tem uma namorada que mora com ele e que serve para ser sua filha. E minha mãe se casou novamente com um cara de sua idade. Eu namoro e moro junto há 3 anos com um negão de 31 anos que não aparenta tal idade. Aqui vou chamá-ló de Thiago. Eu e minha madrasta nunca nos demos bem! Ela sempre gostava de puxar papo comigo quando estava bêbada e sempre com a mesma conversinha… perdão, vamos ficar de boa etc… nunca fui com que fachada dela apesar de um pouco mais velha que eu era muito criança e eu que nao sou nenhum pouco idiota sabia no fundo porque estava com meu pai (interesse, porque o que uma garota que serve para ser filha do meu pai estava fazendo com ele. E meu pai é empresário muito bem de vida). Bom eu evitava ao máximo ir em locais onde ela estava, mas um dia acabamos indo em um lugar em comum e minha cunhada acabou nos aproximando e de lá pra cá todos os finais de semana saíamos juntos. Meu pai como sempre com espírito de velho ou preferia fazer trilha de moto, reclamava que os locais que íamos fazia muito barulho.

Eu e meu marido tínhamos um fetiche e eu sempre quis experimentar sexo com uma outra mulher até então eu nunca tinha beijado uma boca feminina… nosso fetiche era fazer um ménage meu marido não me aceitava com outro cara porém nos 2 e mais uma mulher seria o cenário ideal pra ele… entrei em varios bate papo, tinder e nunca conseguimos ninguém. Eu tinha medo de pagar alguma garota de programa. Por fim desistimos dessa ideia maluca… depois de muito tentar cansamos e nem falavamos mais sobre isso…

Sexshop

Num belo final de semana eu Thiago e minha madrasta resolvemos ir a um pesqueiro em uma cidade vizinha pois fazia muito calor! Levamos carne para fazer um churrasco, cerveja e refrigerante (pois eu não bebo). Meu marido estava bebendo e minha madrasta tbm. Vi que Thiago não estava bêbado mas percebi numa dada hora que seu pau estava explodindo dentro de sua sunga e chamei ele no canto e falei susurando em seu ouvido porque ele estava desse jeito (pq ele nao era de ficar assim e últimamente nossa vida sexual estava num marasmo) ele disse que não sabia o que estava acotecendo…. Numa determinada hora ele me chamou num canto e disse o que eu achava de nós 3 …. eu apenas sorri e disse ue se ela aceitar ! Na hora esqueci completamente que se tratava da mulher do meu pai… Enfim ela começou a perceber que o membro do meu marido estava um tanto excitado e ele foi logo a convidando ela sorriu e consentiu na hora mas ficou me perguntando e indagando eu não tô acreditando você é muito ciumenta você nao vai concordar na hora … e eu falei nada ver se eu me sentir mal na hora eu falo pra parar… não estavamos ali a muito tempo mas ficamos tão animados que fomos juntando as coisas. Eu falei que tinha que ser em um motel e ela disse que nunca tinha ido em um, apesar de um pouco mais velha que eu! Falei então é hoje e vamos no que tem banheira! Durante o caminho para o motel ela só ficava repetindo tem certeza disso Juh? Você nao vai aguentar me ver com ele.. e eu sóbria falando vamos lá tentar ué eu quero isso !

Chegando no motel eu fui logo tirando minha roupa que já estava toda molhada do biquini que usava por baixo, fiquei apenas de biquini meu marido tirou sua bernuda e ficou apenas de sunga e a minha madrasta ficou só com a parte de cima e de short jeans… meu marido foi me beijando loucamente passando a mão em mim e minha madrasta meio sem jeito veio até nós beijou ele tbm depois me beijou depois demos beijo triplo meu Deus que tesão que já estava apenas beijando, nisso deitei meu marido naquela cama e coloquei seu mastro negro que estava feito pedra desde o pesqueiro aquele pau não abaixava por nada nunca tinha visto ele daquela forma logo coloquei o cacete dele na minha boca e fui chupando ele na hora que minha madrasta viu aquele pauzão negro acho que se assutou um pouco …. logo ele puxou ela que estava deitada ao lado dele para seu pau começamos a chupar ele ao mesmo tempo encontrando nossas bocas e acabavamos nos beijando no meio do boquete chupava as bolas dele e ele ia a loucura!!! Num dado momento eu não aguentava mais e implorei pela pica do meu marido ele chupou minha buceta e logo colocou seu mastro negro dentro da minha buceta que nessas alturas já estava mais do que molhada enquanto Thiago me fodia minha madrasta estava intacta ao meu lado ainda com a parte de cima do biquini e de shorts meu marido tirou o peitinho dela pra fora e começou a mamar ele… ele me fodendo na posição papai e mamãe e mamando minha madrasta logo ela tirou a parte de cima e a de baixo nisso meu marido parou de me foder e foi meter agora seu pau nela ! Lambeu um pouco sua boceta e ela tbm na posição de papai e mamãe ele começou a penetrar ela devagar e logo em meio a um gemido disse: não cabe… eu falei assim é lógico que cabe sim jajá você se acostuma e assim logo aquele caralho preto já estava em sua bucetinha que parecia apertada (pois o pau do meu pai não deve se comparar ao pau de um negão né) ele fodeu ela e ela gemia baixinho parecia adorar…. logo depois meu esposo quis que eu cavalgasse eu obedeci prontamente e estava morta de calor… a banheira já estava enchendo e eu queria era aproveitar a banheira por conta do calor desci do meu cavalo negro e disse que tomaria uma ducha para entrar na banheira e deixei ela cavalgando nele… seu pau novamente demorou pra entrar e alargar aquela vadia da minha madrasta que parecia com medo da pica preta…. eu tomei a ducha o mais rápido (pois nao queria ficar sem ver o que rolava …. e comecei a chamar venham tomar ducha pra irmos pra banheira e nada deles passei uma água rapida na xota (pq já havia gozado) e fui pra banheira …. da banheira dava pra eu ter o controle de tudo que estava acontecendo… e ambos até este momento nao tinham gozado!!! Acho que meu marido nunca aguentou por tanto tempo… fiquei chamando os dois que não paravam de cavalgar. Nessa hora acho que o ciúme por um momento me abalou… acho que eles perceberam e meu marido foi tomar a ducha pra se juntar a mim, minha madrasta esperou ele sair do banheiro e ele entrou na banheira finalmente comigo sentei em cima do colo dele e o beijei logo procurei sua pica preta que estava misturada com as espumas sentei nele… meu Deus que delícia que é foder na água nisso minha madrasta saiu do banheiro e tbm quis experimentar…. logo depois meu marido colocou ela de lado e fudeu ela na água tbm… depois começamos a chupar o pau dele o procurando no meio das espumas… estava tão bom… logo depois ficamos um tempo apenas relaxando na banheira!!!! Olhamos o relógio e estava na hora de ir… antes de sairmos do motel minha madrasta recebeu uma ligação do meu pai!!! E deu desculpa que estava na minha casa… nessa hora gelei pensando que meu pai pudesse ter passado em frente minha casa e não ter visto o carro do meu marido! Logo fomos embora pra minha casa e lá rolou mais algumas penetrações e beijos ela e meu marido não gozaram eu já tinha gozado diversas vezes ….
Realmente nesse dia meu marido foi muito forte de madrugada depois que levamos ela embora eu o procurei porque o queria ver gozar e terminar aquele dia com chave de ouro!

Neste dia eu e minha madrasta apenas nos beijamos e tocamos o seio uma da outra e mamamos uma na outra tbm….

O dia em que esperimentamos a xota uma da outra já é outro conto…

Desculpem o textão mas tentei ser o mais breve possível espero que esse conto excite vocês porque sempre que lembro desse dia fico excitada e as vezes até toco uma siririca pensando nesse fato! enquanto eu escrevia estava no trabalho e tive que parar pra gozar!!!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.