Eu, minha esposa e minha cunhadinha

Ola pessoal, meu nome é Joao, tenh. 1,84m moreno claro olhos castanhos claro, sou casado e minha esposa esta gravida.
Hà algum tempo nos nao transavamos, eu pensava que era porcausa da gravidez mais nao era. Entao fiquei desconfiado que estava sendo traido. Mas tbm nao era, bom mais ou menos, ela acordava de madrugada e ia dormir no sofa, ela disia que era pq ela nao se sentia bem. em uma noite dessas acordei e em silencio a espiei, ela estava mechendo no celular, quando foi de manha ela voltou pra cama e eu levantei, fui ver o que ela estava fazendo no celular, para a minha surpresa ela estava lendo contos eroticos, de lesbicas. Nao ia falar nada mais de lesbicas. Me senti um inutiu por ser trocado por mulheres, nos brigamos e feio.
Foi ai entao que liguei um ponto com outro, ela dormia na casa da sua mae quando eu nao estava em casa, ai eu perguntei a ela se ela gostava mesmo de mulher foi entao que ela falou que nao mais ja tinha feto varias brincadeiras com sua irmã (16 anos). Entao perguntei se ela queria a irmã dela, se ela queria que eu saisse de casa para elas poderem ficar mais a vontade. Dai ela me disse que a sua irmã era louca por mim que queria que eu participasse da brincadeira delas, mais tinha um porem ela era virgem, disse que era so sexo oral com a sua irmã.
Eu disse que tudo bem. Na outra noite. A irmã da minha esposa foi dormir la em casa.
Eu deixei as duas a vontade, elas começaram a se tocar enquanto eu estava na sala, quando ouvi uns gemidos mais forte eu nao aguente e fui para o quarto e elsa estavam em um 69 lindo, meu pau endureceu na hora , minha esposa me puchou e falou ” vc nao quer participar da festa” enquanto eu acariciava os grandes peitos da minha esposa a minha cunha estava de costa pa mim e com sua bucetinha rosinha na boca da minha mulher, foi quando eu decidi descer pelo corpo da minha mulher ate chegar naquela xaninha molhadina de tesao, chupava e tocava ela com o dedo ate que ela gemeu bem forte e contaiu a xaninha e gritava com orgasmo.
A minha cunhadinha perguntou quando ia ser a vez dela.
Elas se sentarao uma de frente pra a outra intrelaçando as pernas e começarao a se beijar, e sentei atraz a minha cunhadinha e comecei a pegar em seus lindos peitnhos, eram tao durinhos e cabiam certinho nas minhas maos e comecei a beijar seu pescoço e morder sua orelha, logo minha mao escorregou pelo seu corpinho saradinho chegando em sua bucetinha, toda molhadinha e quente, no começo ela fico um pouco com medo pois era a primeira vez que eu iria tocar nela mais logo ela relachou. Eu passava o dedo em formato de circulo sem fazer penetraçao, ela ficou louca e logo pegou no meu pesco e gemia no meu ouvido enqunto minha eaposa começou a chupar aqueles belos seios, ja chei de tesao virei minha cunhadinha e cai de boca naquela bucetinha linda, minha mulher colocou a sua xaninha em cima do rosto da minha cunhada, e ela começo a chupa-la, mais o tesao dela era tanto que nao conceguia fazer duas coisas a mesmo tempo, ela gemia tanto, o tesao dela era tanto que chegou a gozar, gozou tudo na minha cara, ela ficou com vergonha pois isso nunca tinha acontecid, eu disse que tudo bem e que tinha gostado ate pq nao todas as mulheres que consegue gozar. Ai entao elas resolverao fazer um complo contra mim, as duas começarao a chupar meu pau, nossa que delicioso boquete a minha cunhada faz, parece que nasceu pra isso, quando uma parava a outra começaba, a minha esposa sabe bem com eu gosto, chupava e dava aquela lambida. Resolvi entao fazer uma coisa com a minha cunhada que a minha mulher gosta muito, comecei a masturbar a minha cunhadinha com a minha rola, esfregava pra cima e pra baixo e ainda dava umas batidinha bem de levinho, nossa ela gimai tao gostoso, que seu gritos estao na minha cabeça ate hoje, quando ainda estava esfregando a minha pica em sua bucetinha ela mi agarrou, apertando meu pau contra sua xaninha quentinha, falou bem baixinho no meu ouvido que estava pronta, que queria que ser penetrada,nossa fui loco logo colocando com tudo cuidado pra dentro, quando minha esposa interviu e falou que eu nao podia, mas minha cunhada louca de tesao implorou pra minha esposa que deixasse ate que ela cedeu. Na mesma posiçao que esvamos, ela deitana cama e eu de pé apoiado com um dos braços na cama e com o outro segurando meu pau duro eque batia em sua bucetinha, comecei a penetra-la novamente ate que ela gritou de dor e me agarrou fazendo com que entrasse totalmente eu sua pequena e apertadinha bucetinha, ela cravou suas unha em minhas costa, gritando de dor pediu que eu tirasse pq tava doendo, depois de algum tempo fomos mais uma vez, mais desta vez estavamos no sofa, eu sentei e ela montou em cima de mim para que pudesse controlar a penetraçao, logo ela se acostumou e ja estava cavalgando, estava quase la, falei que ia gozar, ela saiu rapidamente de cima de mim e eu disse a ela que era minha vez de gozar, ela entendeu mais disse que nao sabia como iria reagir pq nao sabia o gosto, gozei muito, ela fez cara feia e disse que era azedo ai minha esposa disse que ela iria se acostumar e beijoua e limpou todo aquele rostinho cheio de porra com a lingua. Tivemos muitas outas noite mais vamos deixar pra outro dia. Viva o sexo oral

Sexo por Telefone

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.