Esposa do Colega de trabalho

Eu trabalhava na área de segurança patrimonial de um hospital da cidade, tinha um colega de equipe que tirava uma bela onda de comedor, afinal de contas num hospital onde 90% são mulheres isso não é difícil.
pois é, ele era casado e as vezes eu e ele saiamos pra fazer ronda pelo hospital e, algumas destas vezes encontrávamos com a esposa dele, Beth, uma baixinha, cabelos cacheados na altura dos ombros, loira, olhos azuis, magra dos seios pequenos.

Sexshop


Então, desde a primeira vez que nos vimos rolou uns olhares
nos víamos pelos corredores, refeitório e etc… e as trocas de olhares eram cada vez mais intensas.
Um belo dia(noite), logo após termos trocado olhares no refeitório no horário da janta, assim que cheguei na portaria, meu colega Tião me avisa, Chris, tem alguém querendo falar com vc, pq o telefone toca, quando eu atendo desliga,
Eu disse, uai Tião, vamos ver quem é então, né…
5 minutos depois, toca novamente o telefone da portaria, atendi e Ela disse
_Oi, sou eu, Beth
_oi Beth, joia?
_Sim, estou e vc?
_Bem também
_Olha, eu estou te ligando, pra pedir pra gente parar com isso, eu sou casada e é perigoso
Então eu respondi:
_Parar com o que? se ainda nem fizemos nada? rsrs
Ela:
_Pois é, esse é o perigo
Então perguntei pra ela:
_Vc tem muito serviço aí no seu setor?
E ela respondeu:
_Não, num tem nada aqui pra fazer, estamos todas paradas
Então dei uma cartada especial e disse:
_Então vc vai fazer o seguinte, vai pegas a escada que vai pros andares e entre o primeiro e o segundo andar, tem uma porta laranja, vc vai entrar por ela, estarei lá te esperando, ok?
Ela:
Sim, sei onde é essa porta, mais ela fica trancada
Eu:
_Quando vc for, ela estará destrancada ok?
Ela:
_Ok
Eu:
_Outra coisa Beth
_Tira a calcinha e o soutien e vai
Ela:
_O que?
Eu:
_É!
Ela:
_Ok então!
Fui pra casa de maquinas, deixei a porta destrancada e esperei, dentro de 5 minutos ela entrou, tranquei a porta e começamos a nos agarrar, com uma fome absurda
já fui desabotoando a blusa dela e me deparando com aqueles peitinhos lindos, mamilos rosados e intumescidos de tesão, cai de boca e mamei gostoso, enquanto minha mão ja entrava pela calça e chegava em sua bucetinha, que já estava babando, masturbei seu clitóris e ouvi ela gemer gostoso, meti 2 dedos dentro dela, entrou fácil demais, uma delicia…
Como o tempo era curto, não podíamos demorar muito, então já tirei meu pau pra fora e pus ela pra mamar, aaaaai
que boca deliciosa, gosta e sabe mamar muito!
Quase gozei, então tirei da boquinha dela e virei ela de costas, esfreguei o cacete naquela bucetinha mais ela é mais baixa do que eu, corri os olhos e rapidamente encontrei uma caixa, parecia que tinha sido feita para aquela situação, coloquei Beth em pé em cima dela e mandei a rola, entrou gostoso, molhadinha
ela gemendo gostoso e pedindo, mete vai, fode gostoso sua enfermeirinha que ela ta carente…
fui a loucura, segurem ela pelos cabelos da nuca e com a outra mão segurei pela cintura, soquei como se fosse a ultima buceta que eu foderia
disse no ouvido dela, toma puta safada, que porra quer? quer leitinho quer?
Ela:
_Quero, quero sim, mais num goza dentro não, goza na minha boca, quero beber toda sua porra seu safado comedor de casada, vem goza pra mim
Não deu outra, tirei de dentro, fiz ela agachar e meti na boca dela, bombei igual estava fazendo na sua bucetinha e gozei como um cavalo, fiquei bambo que tive que me segurar kkk
ela continuou chupando, bebeu toda porra, chupou mais, retirou toda porra do meu cacete, deixou limpinho, rui e disse que precisava ir, nos arrumamos e levei ela até a porta, pra depois de uns 5 minutos eu sair.
O sexo misturado com o perigo, torna tudo muito mais prazeroso, o tesão vai nas nuvem.
Depois deste dia transamos mais umas 8 ou 10 vezes, mudei de setor e acabamos nos afastando.
Espero que gostem!
Abraço!

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.