Enrabando a Vizinha da bunda grande

Este conto aconteceu no predio que morava a 3 anos atras eu sou branco olhos e cabelos castanhos casado e 2 filhos e gordinho e ela Julia vizinha da bunda grande do andar com 28 anos casada com os peitos pequeno e bem magrinha gostosa.

Eu chegava todo dia cedo do serviço pois entrava cedo no trabalha w sempre encontrava julia no elevador ou no parque brincando com sua bebe e sempre a comprimentava com boa tarde , até que com o tempo pegava o elevador e brincava com a bebe e conversava um pouco até nosso andar e com o passar do tempo sempre olhava ela quando saia do elevador dava uma medida nela pelas costas já imaginando, até que um dia conversando descobri que seu marido saia cedo e chegava muito tarde e entao disse se precisar de algo pode me chamar minha esposa chega sóas 19 hrs.

Ela riu e disse precisar pra que eu disse sei lá é sóum modo de falar e ser prestativo e ela riu e disse, ai vcs homens fiquei morrendo de vergonha e passou e sempre dizia nossa hoje esta linda e ela falou para que nem meu marido fala isso todo dia ou melhor nunca e sua esposa deve adorar seus elogios eu disse gosta de falar a verdade e se ela esta linda elogio tb. Nisso pegamos amizade e comecei a reparar que estava todo dia neste horario no elevador até que um dia disse fiz um bolo se quiser tomar um café eu ri e disse melhor não ne e ela falou porque não entendi e disse homem não acredita em amizade , eu apenas ri.

Depois de alguns dias cheguei e a encontrei e ela me disse pode ver meu aquecedor não esta esquentando e preciso dar banho na nenem . Eu então me troquei com uma bermuda e camiseta e fui ao apto de julia, ao tocar a campainha ela abriu e estava de roupão e disse nossa estava demorando tomei banho gelado e a nenem dormiu, então entrei e fui ver o chuveiro e estava normal fui ao aquecedor e estava fora da tomada e disse é a tomada e ela riu e disse será entao disse toma um cafe eu entao sentei na cadeira e ela de roupão sentou na banqueta e ficamos conversando e meu pau estourando a bermuda e ela olhou para o meu pau e disse tudo bem eu ri e falei pode melhorar , entao me lavantei e encostei meu pau enquato eu lhe abraçava e logo soltei seu roupao e vi que estava sóde calcinha e comecei a chupar seis peitos e me sentei na cadeira e ela estava na banqueta alta e coloquei a calcinha de lado e meti a boca e ela enlouqueceu gemendo alto e falando como queria isso, pois o corno nao gosta de chupar e nem me comer, chupei e rapido ela não aguentou e gozou em minha boca e disse agora minha vez e começou em uma chupeta alucinante e melando ele bem e quando nao aguentava mais ela ficou de 4 e direcionou meu pau em seu rabo e disse faz o que o corno não gosta mas eu amo e sem pensar fui forçando devagar e entrando bem gostoso em seu cue ela gemia como louca comecei a enrabar gostoso com vai e vem com pressão e nisso ela gritava e pediu para arrombar aquela puta e ensinar o corno a comer assim e pra minha surpresa rapidamente ela começou a gritar que ia gozar novamente e queria leite no boca e nisso ela gozou que chegou a escorrer e pingar no chão, e não aguentei de tesão e ver aquilo e tirei rapido e direcionei a sua boca que abocanhou e não deixou escapar uma gota , ela olhou pra mim e disse viu querer toda semana se prepare e quero dar a buceta e para nossa sorte ou azar a nenem acordou mas já tínhamos gozado, fui para meu apto acabado e comia ela sempre até se mudar , pois o apto dela era alugado.

Se gostou e tiver afim de uma fantasia ou uma escapadinha sou de sp e-mail vopaulo950@gmail.com. , aguardo vcs mulheres

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail