Enlouquecendo um homem casado

Meu nome é Mônica e desde que me entendo por gente sempre gostei de provocar os homens. Quanto mais sério ele for melhor… se for casado ainda nem se fala. Foi e que aconteceu no ultimo carnaval. Estava no sítio de uma amiga, em Fundão no Espírito Santo, quando conheci Márcio. A primeira vez que o vi ele estava sentado num canto da varanda lendo uma revista. Tipo calado, não muito atraente. Tinha cabelos meio loiros e olhos verdes. Se não fosse só isso eu não ficaria interessada, mas conversando com minha amiga descobri que ele era carioca, casado e que sua esposa estava grávida . Eu verdadeiro desafio pensei. Foi assim … estava decidido levaria aquele homem pra cama antes do carnaval terminar, só por diversão. Minhas primeiras tentativas foi boicotadas pelo sol que não apareceu um dia se quer. Começamos a conversar sobre trabalho família e tudo mais para ganhar a confiança da vitima. Marcamos uma caminhada ao redor do sítio para conhecer a região. Oportunidade perfeita pensei. Depois do almoço no meu quarto comecei a escolher a roupa do crime. Tenho 1,6m sou morena com cabelo liso tenho o seios e bumbum durinhos, sabia que com isso ele não tinha a menor chance. Começamos a caminhar e quando achei o lugar ideal dei o bote. Fingi que tinha tropeçado e machucado a perna. Sem demora ele fez questão de me ajudar. Quando ele começou a passar a mão na minha perna meu corpo todo gelou. Meu coração disparava enquanto eu me controlava. Esta doendo muito não posso colocar o pé no chão disse. Foi quando ele me pôs no colo mandei um beijo na boca dele, daquele bem demorados bem melado. No inicio ele relutou um pouco tentando desviar mais como ainda me segurava no colo não teve chance. Espantado e sem entender nada Márcio me olhava esquisito enquanto me colocava no chão. Aproveitando que ele ainda estava meio tonto com o beijo agarrei ele e coloquei a mão dele na dentro do meu short. Quando ele toucou minha xaninha foi nas nuvens. Ele entendeu mais que depreca e começou a tirar a roupa. Parecíamos dois adolescentes. Sem demora abri suas calça e cai de doca naquela pica. Lambia, chupava, mordia fazia de tudo para deixar aquele homem louco. Cada vez que eu enfiava bem fundo na minha boca parecia que ele ia gozar. Chupei ele satisfazer minha vontade. Como sabia que ele não transava com a esposa há muito tempo não tive pena. Jogue ele de costas no chão e montei em cima dele. Cavalgava pulava rebolava sem parar enquanto Marcio gemia. Por instinto ele agarrava meus peitos e puxava me dando cada vez mais tezão Com todo esse rítimo Marcio não agüentou muito tempo e gozou antes de mim. Enquanto ele parecia meio acabado deitado no chão eu ataque de novo. Comecei a me esfregar nele e passar sua mão no meu corpo. Não foi preciso muito tempo para ele se animar novamente. Foi quanto deu meu golpe de mestre fique de quatro pra ele e disse com a carinha mais safada que tenho Vem … Aquele homem ficou louco parecia que nunca tinha comido um cusinho antes. Agarrou minha cintura e sem aviso meteu tudo. A dor foi enorme mais a satisfação era maior. Ficamos ali grudado feito cães enquanto ele me estocava. Cada vez que ele entrava em mim parecia que ia mais fundo. Eu estou sendo rasgada ao meio pensei. Me fode … me fode gostoso. Marcio bufava e urrava enquanto me segurava cada vez mais forte peça cintura. Quando ele diminuía o rítimo das estocada eu rebolava mais um pouco. Depois de um tempo não teve jeito ele gozou de novo, é mais uma vez eu nada. Esperei ele se recompor sentindo o leitinho quente dele no meu rabo. Extenuado Marcio ainda não tinha dito nada. Deixe ele se recompor antes do ataque final. Olhando para ele com uma cara de vadia falei. Cadê sua força ? Vai ficar assim sem eu gozar. Eu realmente me surpreendi ele levantou e me atirou compra o chão. Eu ainda tentava me a agietar quando ele colocou meus tornozelos nos seus ombros e começou a bombar dentro de mim. Marcio estava pode dentro de mim senti seu saco batendo contra meu anus. Cada vez mais ele me arrombava eu gemia me contorcia querendo sair da posição mais ele não deixava. Sentia o tezão crescendo dentro de mim. Meu coração disparava eu estava completamente aflita sabia que eu explodir de prazer. Foi quando aconteceu meu corpo começou toda a treme que ter espasmos eu quicava no chão com Márcio em cima de mim. Foi o melhor orgamos da minha vida. Depois que gozei Márcio me deixou de lado me recompondo. Já era tarde quando terminamos. Nos vestimos e voltamos sem dizer uma palavra cada um com seu sorriso nos lábios.

LibidGel

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.