Corno pela primeira vez

Somos um casal bonito, moramos em franca interior de são paulo, cuido da saude, faço exercicios regularmente, ela também, siliconada, uma bunda que deixa os machos doidos, sou 15 anos mais velho do que ela. Bem vamos ao conto. Começamos a fantasiar um cara comendo ela nas transas, com o passar do tempo ela já me chamava de corno o tempo todo durante o sexo, falava que ia me colocar embaixo dela e eu ia ficar chupando pau do seu macho enquanto ele comia a putinha, ficava doido com isso. Sempre falava pra ela arranjar um amante e chegar cheia de porra em casa. Um certo dia fomos a uberlandia resolver uma coisas e iriamos dormir por lá. Já com segundas intençoes pedi pra ela levar uma roupa bem sexy, pq quem sabe iriamos realizar nossa fantasia. Fomos para o hotel, banhamos e ela foi se produzir, meu deus ficou gata, um salto alto uma mini saia , um decote de matar, pegamos um uber e formos pra um barzinho. Chegando lá começamos a tomar e ela a ficar animadinha, dai ela me fala, dia bom pra vc virar um corno hein, fiquei doido, falei , está liberada como sempre sonhamos, ela falou, deixa comigo e saiu pra fumar um cigarro, haaa ela adora fumar bem sexy, e na hora da transa também, ela fala que se sente uma putinha. Passado um tempo ela volta e comenta, olha conheci um gato ali bem novinho (ela em 30), posso trazer ele aqui na mesa ?
– Claro meu amor.
Ela sai e volta com o rapaz, bonito , alto , ela sentou ao lado dele tomando e toda animada, ficava colocando a mão na perna dele e toda hora dava um jeito de passar a mão no pau do cara.
Foi passando o tempo eles se pareciam um casal já, beijava na minha frente, se esfregavam, eu fiquei louco de tesão com a cena. dai ela disse
– corninho, paga a conta e vamos pra um motel. o rapaz tinha carro.
Chegando no carro ele diz
– vai dirigindo corno que vou atrás curtindo sua putinha safada.
E lá fomos nós.
No caminho ela acendeu um cigado, desses capri fininho e já tirou o pau do cara pra fora e eu olhando pelo retrovisor, que cena linda um pau de uns 22 cm grosso, ela começou a chupar e vinha no banco da frente e me beijava, dai falou.
– sente o gosto corno, daqui a pouco vc vai colocar ele tudo na boca e deixar molhadinho pra sua putinha.
Ela dava um trago no cigarro e chupava o cara.
Chegando no motel ela disse.
– corno pega uma que tenha piscina que quero ficar dando lá dentro e vc servindo a mim e ao meu macho, além de tudo vc quem vai pagar mesmo, pq corno é assim.
– Claro minha putinha, estou adorando tudo isso.
Tiraram as roupas e ficaram se pegando, beijando.
– Corninho vai lá pega um cigarro pra sua puta que quero ficar de quatro dando e fumando bem putinha.
Assim fiz. Dai ela de quatro ele chegou atrás dela e começou a enfiar.
– hummm que pau grande, grosso, desse corno não chega nem perto (tenho 15 cm), enfia tudo.
Ela solta um grito
– Aiiiiiiiiiiiii que delícia isso, vou querer sempre pau grande corno.
Ela ficou dando e fumando igual uma putinha.
– Corno vem matar sua vontade vem, entra aqui embaixo e chupa tudo.
Entrei debaixo dela, que cena linda um pau gigante entrando na xaninha dela (toda depilada por sinal), dai começo a passar a lingua na seu clitoris e no pau do cara, ela vira e fala.
– Amor, tira o pau e enfia na boca desse corno pra ver quem manda aqui.
Assim ele fez, tirava o pau, colocava na minha boca e eu mamava até (adorei).
Ficaram uns 10 minutos ele fodendo ela.
– Quando for gozar tira a camisinha e goza na boca dele viu.
Quando ela falou isso sentia que isso não teria mais volta.
Assim ele fez, veio e encheu minha boca de porra.
– Limpa tudo corninho pra comer sua putinha novamente.
Hummmm que delicia que foi limpar aquele pau
– O corninho gosta de pau né, dizia ela.
– huhum, gosto respondia.
Dai foram pra piscina , ficaram se beijando, namorando.
– Corno pega um cigarro pra putinha que daqui a pouco quero dar meu rabinho pra ele, e você quem vai segurar.
Sairam da piscina e ela ficou novamente de quatro na cama.
– Corno vem chupar o pau do meu macho pra deixar ele bem duro pra comer sua putinha.
Agachei e comecei novamente a chupar (adorando).
– Olha como esse corno chupa, acho que ele gosta de pau também hein disse ele.
– Se ele quiser um pau que vá procurar , esse seu é só meu e deu uma risada.
Agora coloca a camisinha nele corno e vem me ajudar a dar o rabo
Coloquei e segurei no pau dele e fui ajudando a entrar no rabo da minha esposa.
– Aiiiiiiiiiii, é grande, está doendo… molha mais o pau dele corno, chupa com vontade.
Dai com o tempo ela foi rebolando (e fumando igual puta) e foi entrando tudo.
– Hummmmmmmmmmmmm que delicia, tudinho dentro de mim, e rebolava sem parar, gozou com o pau no cu
Dai ele anunciou que iria gozar novamente
– Tira a camisinha e goza de novo nesse corno chupador de pau, só que eu quero dividir a porra.
Ficamos nós dois chupando , dai ele anuncia o gozo. Encheu nossa boca de porra.
Dai minha esposa vem perto de mim, da uma tragada no cigarro e um beijo pra dividir e porra e diz
– Amoooo você corninho chupador de pau.
Espero que gostem, vou publicar mais

LibidGel

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.