Corno, o início de tudo

Olá sou novo no site e vim relatar o que vem acontecendo por algum tempo em nossas vidas. Sou casado a algum tempo com Márcia, morena, cabelos preto até meio das costas, meio gordinha uma delícia, seios fartos, enfim, sempre tive vocação pra corno desde as primeiras namoradas, porém hj posso dizer com certeza, até tomei alguns chifres isso conto depois, vamos lá, a algum tempo as coisas vem mudando em nossas vidas sempre tivemos uma vida muito corrida, apesar das preocupações que a vida nos cobram sempre nos demos muito bem na cama, porém ultimamente as coisas esfriaram, já não transamos muito, Márcia trabalhando muito, sem tempo pra nós. Eu tentando de varias maneiras entender o que estava acontecendo, porém Márcia sempre distante, não desgrudava do celular, muitas vezes dei uma incerta e olhei o celular dela, porém nunca achei nada, foi passando os dias e fui

Sexshop

acostumando com isso até que teve um evento na empresa onde ela trabalha, só para funcionários, multi nacional, gigantesca, fiquei preocupado pois dias antes ela não desgrudava do celular, acordei certa vez as 3:00 da manhã ela estava na sala com o celular na mao, quando me viu assustou , fiquei com a pulga atrás da orelha, mais fiz de desintendido, chamei ela pra deitar, esperei ela dormir e cheirei seus dedos, ela estava se masturbando certeza , porém acho que cortei o clima, tentei transar com ela essa noite e nada . Mais enfim, chegado o dia da festa ela se arrumou linda fiquei de olho pra ver as roupas que ia usar principalmente as lingeries, uma calcinha linda de renda preta não muito pequena porém muito sensual, ela foi de uber, fiquei a noite toda esperando ela, ela me mandou um áudio era umas 2:00 dizendo: Amor a festa está ótima não sei que horas eu volto…. Tentei ligar pra ela e nada, pela voz vi que tinha bebido quando foi 4:20 escuto o portão abrindo, eu não podia dar na cara fingi dormir, ela entrou conversando sozinha: Nossa, vou tomar banho, mais eu estou muito tonta. Veio e deitou do meu lado só de calcinha, bêbada, e apagou . Mexi com ela, e nada, puxei sua calcinha de lado, peguei meu celular liguei a lanterna e fui conferir, muito vermelha, coloquei dois dedos dentro ela suspirou e disse o que eu mais temia (ou não): Marcão chega eu tô com sono. Tirei os dedos e cheirei, cheiro de lubrificante de camisinha, levantei e fui para o celular dela, ela havia mudado a senha. Porém como ela estava dormindo foi fácil pegar seu dedo e desbloquear. Já tinha visto uma mensagem do tal Marcão. Com um emojis de capetinha . Ousado o cara. Na agenda estáva “Marcos TI” fui olhar a foto do cara , alto, tatuagem nos braços, magro, moreno quase negro , retornei a cara de capetinha no celular, ele mais que depressa me respondeu: tá acordada, eu respondi, sim não estou conseguindo dormir , ele , tbm não tô, essa noite foi boua eim, vc gostou? KD seu marido, apaga isso aí amanhã te ligo.. bjo… Uma coisa eu tinha certeza, fui corno, isso me deu um medo, raiva, não acreditava que isso estava acontecendo, olhei na cama ela deitada de bunda pra cima de bruços, aquela calcinha pequenina, enfiada no seu rabo. Precisava saber mais e voltei pro celular dela e chamei o Marcos denovo , pedi uma foto do seu pau , queria ver o tamanho da rola que entrou ali o cara não pensou duas vezes e mandou e disse ainda “hj vc aguentou ela toda já tá acostumada ” não esquece apaga isso ai. Aí já comecei a ficar louco, queria acordar ela e brigar, xingar tinha que desabafar o pau do cara tenha uns 20cm muito grosso , pela conversa dele não foi a primeira vez , ele já havia comido antes. Fui para o quarto e acordei ela estava muito bravo, decepcionado, porém meu pau estava muito duro, abaixei sua calcinha e ela arrebitou a bunda e disse: amor enfia tudo, até o talo igual eu gosto. Enfiei tudo. Sem dificuldade nenhuma, já estava larga tirei e coloquei na entrada do seu cuzinho, e forcei adivinha , em uma só estocada entrou tudo, ela olhou pra traz e sorriu, uma cara de vadia, me disse : safado vc sabe que meu cuzinho e virgem né . Dei um tapa na bunda dela e comecei a bombar ela só gemia tirei o pau e fui lá na cara dela , falei abre a boca , ela assustou pois nunca fiz isso, quando ela tentou negar enfiei na sua boca e gozei um rio dentro de sua boca que engoliu um pouco e caiu um pouco fora na cama, coloquei minha roupa sem dizer nada ela ficou me olhando perguntando: nossa o que foi isso, nunca vi vc assim, me assustou levantou e foi tomar banho, aproveitei e sai de casa, peguei o carro e sai… Continua ….

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.