Contratei um macho para ela

Após mais de 10 anos de casamento, o relacionamento esfria, isso é um fato, não perdemos o tesão completamente, mas as relações foram diminuindo e a frequência já não era a mesma, transávamos no máximo 4 vezes ao mês, até eu passar a ler relatos em um site, percebi que os relatos que mais me excitavam, eram aqueles em que os maridos deixavam suas esposas transarem com outro homem, ao imaginar minha mulher no lugar delas, percebi que minha rola ficava dura na hora, ou seja, eu imaginava minha mulher sendo fudida por outro homem e isso me deixava louco de tesão, nesses dias em que eu lia os contos, era certo eu transar com minha mulher, e durante a transa eu imaginava ela sendo possuída por outro, a frequência do sexo melhorou e transávamos duas a três vezes por semana, isso quando ela deixava, porque eu queria quase que todo dia, ela até estranhou e perguntou se eu estava tomando algum remédio, eu neguei é claro, até porque não tomava nada mesmo, certa vez, eu deixei escapar sem querer a seguinte frase: Isso, fode ela, isso, enfia tudo nessa buceta gostosa, ela esboçou dar uma parada mas a foda estava tão gostosa que ela continuou, porém quando terminamos ela me perguntou o que foi aquilo, fingi não entender e desconversei, mas ela insistiu, não sou mas criança, e nem ela, já passamos dos 40 anos então não tinha porque esconder, afinal nossa relação sempre foi baseada na verdade, decidi me abrir e contei toda a verdade para ela, sua reação imediata foi de negação, achou aquilo um absurdo, ela não entendia de jeito nenhum, acredito que ela estava levando para o lado do amor, de cara associou isso ao sentimento, achando que eu não mas à amava, mas na verdade eu amava e amo, como explicar que era só tesão, ficamos um bom tempo sem nos falarmos direito, e o sexo esfriou novamente, até um dia que ela percebendo que não íamos bem, decidiu me chamar para conversar, conversamos, expliquei para ela tudo que eu imaginava e sentia e ela concordou dizendo que se fosse somente uma fantasia ela concordava, e assim aconteceu, voltamos as boas, porém não demorou muito e percebi que minha atuação começou a cair novamente, não sei, acho que o proibido, o escondido, se lá o quê, nos excita mais, mais, e agora eu já não me satisfazia com a fantasia, eu até dizia para ela que queria ver ela dando para outro na minha frente e ela concordava, até dizia que um outro a estava penetrando, isso melhorava a brincadeira, mas não era o suficiente, bolei um plano, e em nossas transas eu sempre dizia que tinha contratado um garoto de programa para comer ela e ela concordava, simulávamos a chegada dele, fantasiávamos o que ele faria e tudo mais, fui trabalhando sua mente até que eu não precisava mais fazer isso, ela mesma fantasiava essa situação, então eu decidi que tinha chegado a hora.
Como não temos filhos, viajamos com frequência, conhecemos vários estados, porém São Paulo era o Estado ideal para a realização dessa fantasia, lá existe a facilidade de homens de programa, então convidei minha mulher para passarmos um final de semana no interior de São Paulo como já tínhamos feito outras vezes, ela concordou, porém disse que teria de ser um lugar diferente, sendo assim, acertamos que seria em Campos do Jordão onde ainda não conhecíamos, achei o lugar ideal, gosto do frio, podemos nos produzir melhor, as vestes são melhores, a sensação de despir uma mulher toda e bem vestida é sensacional, eu poderia desfrutar de um ambiente propicio e adequado, para minha sorte, na semana seguinte seria feriado na sexta feira, feriado nacional 7 setembro, tudo conspirando a meu favor, aluguei um chalé para os três dias, em seguida contatei o rapaz que eu já tinha escolhido a tempos, acertei todos os detalhes, com local, hora e tudo mais, ele sabia de tudo, e caso não funcionasse eu pagaria da mesma forma é claro.
Viajamos dia, 7 de setembro pela manhã, o dia foi maravilhoso, passeamos, conhecemos muitos lugares, jogamos boliche e fomos a uma discoteca, a noite minha mulher estranhou o fato deu não querer sexo, eu disse que estava cansado, e que compensaria no dia seguinte, e assim, foi, no sábado ao acordarmos, tomamos um café no chalé, almoçamos fora, e no jantar eu disse que faria uma surpresa para ela, contratei uma cozinheira local que fez uma comida Italiana para nós, a qual pedia um vinho para acompanhar, jantamos, a cozinheira foi embora e continuamos a tomar nosso vinho com uma musica suave e agradável . Já eram umas 22:10 hs. e estávamos bem relaxados, dançamos por uns 10 minutinhos e fomos tomar nosso banho, eu fui primeiro, ela depois, e quando saiu lá pelas 11:20hs. fiquei louco, aliás eu já estava louco e tenso imaginando o que poderia acontecer, confesso que um pouco nervoso também, ela estava linda, com uma lingerie branca e calcinha preta fio dental, cheirosa e maravilhosa, eu de cueca calvin Klein preta, com a rola duríssima, e ela percebendo, veio me deu um beijo na boca e segurando na minha rola disse, hoje você não vai me aguentar, virou-se rapidamente e começou a rocar sua bunda linda e empinada na minha vara, eu quase gozei, continuamos no amasso, beijos, toques, e tudo mais, até que sentei ela no sofá, e abrindo suas pernas, comecei a chupar aquela buceta suculenta e cheirosa, ela gemia, ela se contorcia, foi ai que comecei a estigar ela dizendo, já imaginou um outro aqui e agora, já imaginou você chupando a rola dele enquanto eu chupo sua buceta, só nós três, você sendo possuída por dois homens, você não gostaria, e falei mais, e mais, coisas para ela, ela já estava quase gozando, e ao perceber eu parei e disse, não, não quero que você goze ainda, vamos brincar mais, devia ser umas 11:50 hs. e eu disse, vai para o quarto que eu já vou atrás, me espere com as pernas abertas na cama que vou cair de boca na sua bucetinha gostosa, ela nem discutiu, foi e disse, não demora, quando ela entrou, eu fui na porta da frente ver se o rapaz estava lá, e estava, acertei os últimos detalhes com ele e fui direto para o quarto, enquanto isso ele foi tomar um banho , chegando no quarto, lá estava ela, deitada, e quando me viu arreganhou suas perninhas, e com suas mãos pequenas e linda, acariciou sua buceta dizendo, vem, vem amor, chupa ela que e toda sua, eu abocanhei novamente aquela buça, mas dessa vez com mais vontade, eu chupava ela toda, ela se contorcia e gemia de tesão, então eu disse, amor, tenho uma surpresa para você, mas só vai rolar se você quiser, ela no auge do tesão disse, vai, faz o que você quiser que eu topo, foi a deixa para nosso amigo entrar no quarto, ele era um profissional do sexo, já veio com o pau duro porque estava nos assistindo, e ofereceu para minha mulher chupar, ela teve aquele susto inicial, coisas de segundos, e então veio a surpresa, ela pegou no pau dele e abocanhou sem dizer mais nada, simplesmente chupava e chupava fazendo ummmm, ummmm, o resto nem consigo descrever, foi a melhor noite de sexo da minha vida, acho que nunca mais terei outra noite igual, até porque não será mais surpresa, não será única como essa foi, fizemos até uma dupla e ela aguentou tudo pedindo mais, foi a primeira e única até hoje, isso já faz 6 meses, acho que esta na hora de repetir, só que dessa vez ela vai saber de tudo, abaixo a única foto dessa noite que tirei com meu celular.
Ela chupando a pica dele, que safada, fechou os olhinhos.

Sexshop
Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.