Boquete da noiva liberada

Olá caros leitores, me chamo “noivo” (hetero), sou advogado e estou noivo de Carol (bissexual), dentista. Somos usuários de um site de relacionamento (Sexlog), caso queiram nos conhecer melhor.

Sexshop

Então, resolvi presentear vocês com uma aventura que o noivo presenciou de camarote. Aproveito para excita-los mais ainda detalhando tudo o que rolou.

Tudo se passa num motel de beira de estrada que fomos uma vez.

Disk Sexo

Partindo do início, conhecemos um casal legal e mais maduro que nós, mais precisamente na festa do tropeiro que acontece num munícipio do interior de SC, Carol estava de jeans bem chupado e colado, deixando suas coxas mais grossas ainda, uma camisa xadrez de abotoar revelando um belo decote que deixava aparecer o sutiã de renda preto, e pra fechar, ela estava de bota cano alto preta além do chapéu de cowboy. Uma gostosa que deixava os caras de boca aberta.

Na “barraca/bar “ da festa, conhecemos “Nanda e Luiz”, uma esposa loiraça com corpão, peito siliconado, bumbum grande e Luiz, um cara de meia idade boa pinta. Iniciamos um papo legal enquanto bebíamos e esperávamos o rodeio começar. A conversa foi ficando cada vez mais íntima com o tempo e as bebidas.

Iniciando o rodeio, as garotas ficaram sentadas na arquibancada na nossa frente, um lance abaixo de nós, Nanda então deixou bem visível sua calcinha rosa choque com preto, e quando ele se inclinava, deixava aparecer que era fio dental bem fininho, calcinha de sexshop, num momento desses de exibicionismo de Nanda, Luiz viu e mostrou-me, logo após o susto que tomei do marido exibindo sua esposa, ele aos sussurros revelou-me que eles eram liberais e que adorariam fazer sexo no mesmo ambiente conosco.

Achei muito legal a proposta e ao final, com Carol já bem bebinha, passei a ideia para ela, que pensou muito mas com minha insistência ela aceitou, pois disse-me que queria ver Nanda nua. Fomos até o motel mais próximo. No meu carro foi eu e Nanda e no carro de Luiz a Carol. Tudo pra atiçar nosso libido em não saber o que elas foram fazendo e também pro casal nos passar as “regras” de tudo.

No caminho Nanda explicou que eles apenas aceitavam fazer sexo com o parceiro no mesmo ambiente em que outro casal transava, e que qualquer interação extraconjugal teria que ser aprovada por todos. Enquanto ela falava isso, Nanda foi abrindo minha calça e começando a me punhetar, não entendi nada kkkk, pois ela estava fazendo o oposto do que tinha me falado, mas isso me deixou de pau duro na hora. Quando Nanda terminou de explicar tudo, ele se inclinou e iniciou um boquete bem molhado e sensual em mim. Chegando próximo ao motel, ela parou e com um sorrisinho safado falou “isso que eu fiz fica só entre nós amor, e viu só como meu Luiz é corno até quando saímos com outros?”. Aí eu entendi o nível de libidinagem daquela casada gostosa.

Bem, chegando no motel, alugamos o quarto mais top e entramos. No momento de reencontrar Carol, perguntei discretamente o que tinha rolado com Luiz durante o caminho, ela só me piscou bem safada e não respondeu kkkkk.

Dentro do quarto tivemos uma noite mágica, iniciamos com os 4 na cama, cada homem com sua mulher. Nos beijavamos e olhavamos o desempenho do casal ao lado. Quando Nanda desceu e tirou o pau de Luiz pra fora, Carol fez fez o mesmo. Como tem sempre um espelho no teto de motel, consegui ver tudo, as 2 mulheres de 4 chupando seus homens. DEu muito tesão tudo aquilo. Então, como eu queria ver a Nanda nua logo, ataquei Carol e deixei a minha noivinha nua e retribui o sexo oral, para nossa alegria, Luiz fez o mesmo.

UAU, Nanda era realmente um mulherão, típica CAVALA de 34 anos, perfeita. Eu alternava entre chupar a Carol e dedilhar sua buceta, enquanto eu dedilhava Carol, eu observava o corpo de Nanda, notei que Carol também olhava para ela.

Minutos após, colocamos nossas mulheres de 4 e empurramos tudinho em suas bucetas, as 2 gemiam bem gostosinho enquanto uma segurava a mão da outra. Em alguns momentos elas se olhavam e riam com feições de prazer. Isso tudo me deixava louco. Fizemos de tudo, 69, papais e mamãe, alta posições de pilates sexy, colocamos as cowgirls pra cavalgar em seus machos, até as duas combinarem em suas gozadas, foi épico.

Após as 2 gozarem, novamente colocamos Carol e Nanda de 4, agora uma de frente pra outra, e metemos sem dó, até eu e Luiz gozar, enquanto Carol e Nanda se encaravam, era um barulho de bate coxa que fez parar o transito em frente ao motel kkkk.

Terminada a transa, tomamos banho de banheira todos juntos e voltamos pra cama, aonde Carol quebrou o protocolo e pediu para chupar Luiz em forma de agradecimento pelo convite e pela noite. Nanda recusou, contudo. Percebi que Nanda era ciumenta e que só ela queria “trair”.

Mas Luiz a convenceu. Então Carol deitou-se ao lado de Luiz e fez um boquete de agradecimento bem demorado e sensual, até Luiz gozar em sua boca. Enquanto Carol chupava Luiz, Nanda me masturbava e eu filmava aquele momento lindo.

Trocamos contatos e nos despedimos, eu e Carol fomos embora e Luiz e Nanda ficaram em pernoite no motel.

Após a saída do motel, questionei Carol do porque ela quis tanto chupar Luiz, ela respondeu que “queria provar o pau mágico que enfeitiçou aquela puta perfeita da vaca da Nanda kkkkkkkk”.

Já tivemos algumas outras aventuras bem legais com eles, mas isso fica pra depois.

Espero que tenham gostado, para ver quem é Carol e suas cenas de sexo, procurem a Carol_noiva_liberada no Sexlog e nos curtam muito.

Beijos e partiu feriadão…

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.