Aprendendo a ser enrabada

Assim que eu virei menininha além de adorar me arrumar todinha, eu adorava seduzir os menininhos, levar eles pra um cantinho e sentar, sentar, sentar e mamar kkkkkkk
O problema é que nem sempre eu pegava um menininho que sabia como é que se colocava o pintinho na minha cucetinha! Tinha que ensinar muitos garotos, já que a primeira mulher deles era eu.
Mas vou contar aqui como um desses meninos acabou me apresentado o irmão que foi o cara que me ensinou como é que uma menina puta deve dar o rabinho.
Cheguei na frente da casa e tinha um monte de meninos brincando de pipa. Olhei e lá estava o Nem. Ele não podia me ver que já dizia “vamos”. Eu sabia quando ele falava que era pra passar para um quintal do lado da minha casa e ficar esperando ele entre um muro e uma casinha abandonada e fechada. Tinha um beco que já tinha um papelão no chão esperando a gente.

LibidGel

Como ele não me viu de cara, entrei de novo em casa. Botei outra calcinha bem safadinha, e voltei só de calcinha pro portão. Ele viu e já falou “vai lá!”. Rapidinho fui para o outro quintal e já achei ele de pauzinho durão me esperando sentado. Nem falei nada, afastei a calcinha e encaixei nele. Ele sempre tentava me enrabar, mas era meio sem jeito, inexperiente e logo que a pica entrava no meu rabo ele socava umas cinco vezes e o leite já vinha!
– Você goza muito rápido! Deixa eu mamar pra vc botar de novo!

– Agora não! Minha mãe vai me chamar! Eu falei que tô te comendo pro Jessé ele ficou todo animado! Mas o piru dele é grande demais pra você né?
– Eu disse pra vc não falar!!!!
Eu fingi que não tinha gostado dele ter falado, mas a curiosidade de saber como era a vara do irmão mais velho dele era forte na putinha kkkkkkkk
O Jessé era um cara peludão que era casado com uma menina bem nova e que morava no mesmo quintal do pai do Nem.

No dia seguinte, o Nem falou que o irmão queria que eu fosse na casa dele, que ele ia mostrar para o Nem como é que fazia para comer bem o meu rabinho. Perguntei se o Jessé ia também me enrabar e o garoto, entendendo que eu estava com medo da vara grande do irmão, me tranquilizou dizendo que o irmão tinha mulher e que era só para ele aprender. Fiz de conta que acreditei nisso e perguntei que horas era pra ir. Ele foi na casa do irmão e de lá me chamou. Mandei ele esperar um pouco, entrei em casa, tomei banho, me perfumei e coloquei a calcinha branca que eu adorava. Depois fui e entrei na casa.

Sexshop

O Jessé estava só de short e o irmãozinho dele me pegou pela mão e me levou pro quarto. Olhei a cama de casal e fiquei um pouco assustada. O Jessé entrou e falou:
– Posso ensinar o Nem como se come um cu?
– Pode, né… como vc quer que eu fique?
– Tu tira a roupa e fica de 4 na cama, vai!!!
Tirei a camisa grandona e já apareci só de calcinha e com os peitinhos começando a crecer
– Nossa!!!!!!!! Que rabinha gostosa Nem!!!!
Ele falou isso e ajeitou a vara que estava grande dentro do short.
– Tu tá virando menininha mesmo! Bota a calcinha de lado pra gente ver o seu cuzinho!
Obedeci e virei de costas pra eles, dei uma curvada e afastei a calcinha me abrindo um pouco.
– Puta merda! Eu adoro um cu, mas a mulher não libera pra mim!!!!!

Fiz de conta que nem tava ouvindo e só fui pra cama de calcinha afastada e fiquei de 4.
O Jessé chegou perto, botou a mãozona na bunda e depois só afastou mais a calcinha até deixar meu rabinho todo exposto. Botou o dedo dentro e começou a invadir minha cuceta:
– Aiiiiiiiiiiiii!!!!!!! Mete devagar!!!! Dói!!!!! Uiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!
– Cacete!!!!!! O cu é apertadinho!!!!!!! Bota o pau pra fora aí e vem aqui!! Pega aquele óleo ali pra gente botar no cu pra entrar mais fácil nesse rabinho!!!!!
O Nem obedeceu e eu senti o óleo escorrer na minha bunda e entrar no meu cu. Depois senti o cacetinho entrando rápido. Era a primeira vez que o Nem me enrabava de 4 direito!!!
– Faz assim, bota a cabeça na porta do cu e empurra tudo dentro e segura aqui na cintura dela. Isso garoto!!!!! Agora mete, fode o rabo da vadia!!! Fode tudo!!!! Caralho!!!!!!!!!!!!!!

O Jessé ia mandando e o pau dele cada vez ficava mais visível no short. Não deu outra: acabou botando pra fora e começando a tocar uma punha.
Quando eu vi aquela vara não me fiz de rogada:
– Quer botar aqui pra eu lamber e mamar?
Nem tinha acabado de falar e o poste entrou na minha boca. Nem prestei mais a atenção no pauzinho atolado no cu. A única coisa que me interessava era a vara grande e peluda na boca!!!!
Lambi igual cadela, engoli tudo bem gostoso mamando e depois pedi toda femeazinha:
– Depois que o Nem leitar tu me pega no colinho!
– Pego, menina! Claro que pego! Vai mamar bem assim na casa do caralho!!
Comecei a rebolar e foder o pau do garotinho e logo depois ele gozou. Saí da posição de 4 e sentei no colo do macho de verdade. Antes tirei a calcinha pra encaixar melhor.

A vara quente e enorme encheu meu rego todo! Me mexia toda esfregando o cu na cabeça da pica peluda. Fiquei naquele roça roça enquanto o Nem assistia assustado aquilo com o pauzinho crescendo de novo. Não aguentando mais o Jessé deu uma levantada na minha bunda e me abriu toda antes de me fazer sentar de verdade na vara:
– Ai!!!!!!!! Ai!!!!!!!! É Muito grande esse piru!!!!!!!!!! Vai me matar!!!!!!!!!
– Vai nada!!!!!! Vou botar devagar a cabeça, tá bom????
– Será que o cu vai aguentar seu pau??? Ela é novinha!!!
– Novinha é melhor de comer!!! Isso quenta tudoooooooooo!!!!!

Ele respondeu o irmão botando mais óleo na minha bunda e terminando de me sentar na piroca toda:
– Uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Entrou tudo no meu cu!!!! Socorrooooo! Tá me matando!!!!!!!
– Tô nada!!! Sobe e desce vai!!
Obedeci e subi e desci na piroca. Tava bom e o Nem já estava na punha doido pra meter de novo:
– Me bota de 4 e deixa eu mamar seu irmão vai!!!
Ele me botou de 4 e eu chamei o piru do Nem pra dentro da boca. Engoli tudo enquanto o irmão mais velho me socava o piru todo no rabinho apertado:
– Soca, soca, soca gostosooooooo!!!!!!! Fodeeeeeeee muito o meu cu!!!!!!!!
Fodemos um tempão até eu beber a porra dos dois bem gostoso!!!
Como é bom ser fêmea!!!!!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.