A vizinha safada

Meu nome é Bernardo, tenho 21 anos e a história que vou contar se passou uns meses atrás.
Sempre morei nesse bairro e uns anos atrás se mudou pra perto aqui de casa uma família que tinha uma filha, Paola, com o passar dos anos, vi Paola desenvolver e se tornar uma daquelas novinhas de pirar qualquer marmanjo.
Até que um dia Paola bateu na porta de casa, ela tinha deixado uma roupa pra minha mãe arrumar (minha mãe é costureira), porém minha mãe não estava em casa, então mandei Paola entrar e disse que ia precisar dela pra identificar a roupa de sua mãe. Paola tava com blusa de alcinha e um shortinho que dava pra ver a poupa de sua bundinha branca, sério que tesão de menina!

 


Ela estava na pontinha dos pés procurando a roupa de sua mãe no armário e eu não resisti e comecei a encoxar Paola e beijar seu pescoço, ela resistiu, disse que namorava, mas eu não quis nem saber tava morrendo de tesão, quanto mais ela resistia, mais eu a agarrava. Até que eu a botei de joelhos pra chupar meu pau, ela começou um pouco tímida, mas com o tempo foi melhorando até que eu gozei em sua boquinha. Então deitei Paola na cama e comecei a tirar sua roupa, quando passei a mão na sua bucetinha, tava bem molhada, comecei a chupá-la e sério, tava muito bom lamber e morder aquela bucetinha rosa.
Depois de uns 20 fui enfiando meu pau naquela buceta virgem, Paola deu um grito mas não tirei o pé do acelerador, ela era muito apertada, foi a melhor buceta que já comi, ela gritava e gemia muito, mas com o passar do tempo tivemos um orgasmo quase que simultâneo, e a partir daquele dia, Paola virou minha putinha

Sexo por Telefone

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.